VMware vCenter Converter – Como Converter Uma Imagem do Acronis Numa Máquina Virtual

30 04 2010

VMware vCenter Converter é uma aplicação da VMware que tem por função converter uma máquina real, ou uma imagem de um disco, numa máquina virtual. Tem ainda capacidade de converter máquinas virtuais do Microsoft VirtualPC e Parallels para os formatos nativos da VMware.

Esta aplicação vem permitir minimizar custos de implementação, migração e suporte, em organizações que tenham uma infra-estrutura de virtualização baseada em VMware.

 

image

 

No entanto, para quem trabalha em administração de sistemas, suporte-técnico, desenvolvedores de software ou mesmo para o utilizador final, a utilização do VMware vCenter Converter pode trazer muitas vantagens em algumas necessidades especificas.

 

111Uma das situações muito comuns no dia-a-dia de um administrador de sistemas e do utilizador final é a reinstalação do sistema operativo. Este processo, quando efectuado numa máquina com dados a manter, exige passar por várias fases antes e depois de instalar o sistema operativo. Antes da instalação, na fase de efectuar cópias de segurança é muito comum a utilização de aplicações que criam uma cópia integral de todos os dados do disco, como o Acronis True Image ou Norton Ghost ou outras equivalentes.

 

 

O que estas aplicações fazem é criar um único ficheiro, que para alem de conter todos os ficheiros do sistema e do utilizador, permitir, caso necessário, voltar a colocar tudo, conforme estava, antes de reinstalado o sistema operativo. Isto permite uma segurança total da informação, na medida em que se o utilizador verificar à posteriori que faltou fazer alguma cópia de segurança de alguma aplicação, poderá repor essa imagem do disco, e tudo fica como originalmente. Esta é uma situação muito frequente uma vez que em muitas aplicações, para fazer uma cópia de segurança não basta copiar uma pasta ou ficheiro, e repor na nova instalação do Windows. É necessário gerar um ficheiro especial para efeitos backup/restore.

 

O VMware vCenter Converter entra precisamente nesta fase em que permite, para alem de outras fontes, criar uma máquina virtual com base numa imagem de disco criada com o Acronis ou Norton Ghost. Essa máquina virtual poderá obviamente ser executada com qualquer uma das aplicações de virtualização da VMware como o Player, Workstation, Fusion, ESX, Server, etc.

 

 

 

Sistemas operativos compatíveis:

  • Windows: NT SP4; 2000; XP; 2003; 2008
  • Linix: RHEL; SUSE; UBUNTU

 

Aplicações de criação de imagens de disco/backups compatíveis:

  • Symantec Backup Exec System Recovery
  • Norton Ghost
  • Acronis
  • StorageCraft

 

Capacidade de converter máquinas virtuais:

  • Microsoft Virtual Server
  • Parallels Desktop

 

 

 

Alguns cenários em que a utilização das aplicações Acronis, Converter, Player, poderá ser útil:

  • Facilita o suporte e minimiza o down-time: imagine que tem um problema com uma aplicação critica num servidor, e o fabricante dessa aplicação necessita de analisar e simular o problema calmamente, nas suas instalações, e proceder a testes que podem demorar horas ou dias. Com o VMware vCenter poderá converter a máquina real, numa máquina virtual, sem que seja sequer necessário reiniciar ou parar o servidor. Poderá posteriormente enviar essa máquina virtual para o suporte técnico, sem por em risco o servidor de produção.
  • Portabilidade: o Windows quando instalado cria um elo de ligação com toda a camada de hardware da máquina, o que impossibilita na maior parte das vezes o seu funcionamento quando executado num hardware diferente do sistema onde foi instalado. Com uma máquina virtual isso deixa de ser um problema.
  • Actualização de sistemas operativos: Imagine que vai actualizar o seu computador do Windows XP, para o Windows 7, no entanto tem conhecimento que uma das aplicações que utiliza não é compatível com a nova versão do SO, e para agravar a questão, já não existe suporte, ou o mesmo é pago, para uma posterior instalação dessa aplicação numa máquina virtual criada de raiz para o efeito. Com o VMware vCenter Converter poderá antes de tudo, converter a máquina física para uma virtual, para que posteriormente, depois de instado o Windows 7, possa correr em paralelo o Windows XP.
  • Criar uma politica de backups e disaster recovery mais eficaz: nada melhor e mais rápido do que uma imagem de disco pronta a ser utilizada assim que necessário, com todos os dados, aplicações e configurações. Reduz o tempo necessário, para uma recuperação rápida e eficaz de dados em caso de algum incidente que possa provocar perda de dados e continuidade do negócio.

 

 

 
Como fazer?

 

Para este exemplo utilizei as seguintes aplicações:

  • Acronis True Image Echo Enterprise Server – Criar imagem de um disco. (pago) OBS: Não necessário para converter uma máquina física em virtual.
  • VMware vCenter Converter  – Converter a imagem de disco criada com o Acronis, numa máquina virtual. (gratuito)
  • VMware Player. (gratuito)

 

 

 

Após instalar e executar o VMware vCenter Converter, irá deparar-se com o assistente

 30-04-2010 10-05-42

 

 

 

No 1º passo é necessário indicar a origem da máquina virtual: uma máquina real, uma máquina virtual de outro fabricante, ou um ficheiro de imagem.

30-04-2010 10-06-03

 

 

 

2º Passo: Especificar o destino, indicando o produto no qual deseja abrir a máquina virtual, e a respectiva versão. Poderá ainda especificar o nome e a pasta de destino.

30-04-2010 10-07-11

Optar por uma pasta de destino que não se encontre no mesmo disco ou partição que vão ser convertidos pode reduzir o tempo necessário para concluir o processo.

 

 

 

Passo 3: Poderá rever e alterar todas as opções disponíveis como quantidade de memória alocada para  a máquina virtual, as partições  e discos a converter, os dispositivos, etc.

30-04-2010 10-09-00

Por exemplo, se a máquina real tem 5 partições, mas apenas a primeira tem o sistema operativo e todas as aplicações instaladas, poderá caso entenda excluir partições que contenham dados do utilizador.

 

 

 

Confirme todos os detalhes, feche todas as aplicações abertas e evite trabalhar no computador enquanto o processo não estiver concluído.

30-04-2010 10-09-50

 

 

 

Em End time poderá consultar o tempo restantes estimado. Neste exemplo, o previsto eram certa de 7 horas, mas todo o processo foi concluído em cerca de uma hora e meia.

30-04-2010 10-11-21

 

 

 

Aguarde até que na coluna status seja mostrado: Completed.

30-04-2010 11-34-18

 

 

 

Esta é a primeira fase, que fica agora concluída. Necessita agora de instalar o VMware Player (free) que poderá descarregar aqui, ou outra aplicação da VMware que possa executar máquinas virtuais. Depois da instalação, poderá através do assistente indicar a pasta onde se encontra a máquina virtual criada anteriormente, e arrancar com a mesma.

30-04-2010 11-46-12

 

 

 

Na primeira vez que a máquina virtual for executada, poderá notar que irão ser instalados os drivers relativos ao hardware virtual. Poderá ser necessário reiniciar várias vezes até completar a instalação.

 30-04-2010 12-02-22

É recomendado que instale também o pacote VMware Tools que vai trazer mais funcionalidades no que respeita à rapidez e integração da máquina virtual com a máquina física. Algumas das funcionalidades são a possibilidade de fazer copy/past entre as duas máquinas, integração directa do rato para que não seja mais necessário fazer uma combinação de teclas para retirar o cursor do  rato de dentro da máquina virtual.

 

 

 

Neste exemplo, a máquina virtual não tinha conexão com a rede e internet, por não ter placa de rede instalada. Através das opções situadas no menu VM na barra superior é possível adicionar quer adaptadores de rede como outro hardware.

30-04-2010 11-46-53

 

 

 

Dos 3 tipos de rede disponíveis, deverá escolher NAT, que permite partilhar e utilizar ao mesmo tempo a Internet na maquina virtual e na maquina física.

30-04-2010 11-47-10

 

 

 

Resultado final:

 Sem título2

Dentro da máquina virtual: Windows VISTA antes de reinstalado o SO.

Máquina real: instalação limpa do Windows VISTA.

 

 

 

 

 

Links de interesse:

http://www.acronis.com/homecomputing/products/trueimage/

http://www.vmware.com/products/converter/

http://www.vmware.com/products/player/

http://www.symantec.com/norton/ghost


Ações

Information

6 responses

27 05 2010
Cristiano Castro

Ótimo tutorial! Vasculhei o google pra encontrar isso. Estou convertendo a maquina. Tomara que de certo! ^^ Ja fiz algumas tentativas, mas com programas errados
Valeu!

23 08 2010
Jackson

Gostei muito do tutorial me esclareceu muita coisa. Gostaria de saber mais uma coisa se tem como fazer o contrario da virtual para a fisica, ex: uma imagem ghost do hd ou partição virtual para a maquina fisica ou partição fisica do hd.

1 09 2010
XpecialGUEST

Boa tarde.

Tudo depende do cenário em questão. Não conheço forma de transformar uma máquina virtual (VMware, VirtualBOX, etc..) numa máquina física. Agora, quanto a repor uma imagem (Acronis TrueImage, Norton Ghost), num disco físico isso é possível e bastante fácil de fazer.

Carlos

31 03 2012
Luis

Bom dia, eu ja fiz varias vezes maqinas virtuais deste jeito, porem, ela não consegue maximizar a tela inteira, ou seja quando maximizo a tela do vmware player ela fica pequenacom borda preta, voca sabe o que é isso?

31 03 2012
XpecialGUEST

Boa tarde,

Tenha a certeza que instala o VMWare Tools, dentro da VM, e que utiliza a opção para ajustar automáticamente a resolução da VM à janela. Nunca tive problemas nesse sentido.

Carlos

26 06 2012
Nanci Higa

Muito mau esse artigo. Não ajudou quase nada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: