Cisco IOS-Comandos mais utilizados no CCNA (PARTE I)

27 10 2010

imageO IOS (Internetwork Operating System),  é o sistema operativo da maioria dos equipamentos da CISCO, como Routers e Switches. Este assunto é abordado no percurso do CCNA (Cisco Certified Network Associate), que é a base do programa de formação e certificação da CISCO.

 

 

O IOS, tal como qualquer outro sistema operativo, tem as suas especificidades. Ao contrário dos equipamentos direcionados para o mercado domestico e pequenos escritórios (SOHO – small office/home office), os equipamentos da CISCO não têm interface de configuração em modo gráfico, o que implica que o utilizador tenha obrigatoriamente que estar por dentro desta tecnologia para poder efectuar a sua configuração através do interface linha de comandos (CLI).

 

Untitled

 

 

 

enable / disable / logout

SNAGHTML238ca5b

Tal como noutros Sistemas Operativos, em que normalmente existem 2 tipos de utilizadores (utilizadores e administradores), também no IOS temos 2 modos de acesso ao mesmo.

enable (Quando entra a primeira vez no IOS, está em modo utilizador. Para passar para o modo privilegiado deverá colocar enable na prompt)

disable (O comando disable permite sair do modo privilegiado, para o modo utilizador)

Repare que, quando muda do modo utilizador, para o modo privilegiado, a prompt muda de > para #.

logout (Permite sair da configuração do router, terminando qualquer um dos 2 modos)

 

 

 

 

configure

O modo utilizador permite apenas visualização de configurações e estatísticas do equipamento. O modo privilegiado permite efectuar toda a configuração.

SNAGHTML237efa6

Neste exemplo, passamos do modo utilizador, para o modo privilegiado, com o enable. No modo privilegiado o comando configure permite entrar no modo configuração. Este comando tem 3 opções: terminal (permite fazer alterações à configuração guardada na RAM), memory (permite fazer alterações à configuração guardada na NVRAM), e por fim o modo network (permite alterar as configurações guardadas num servidor de TFTP).

Poderia desta forma utilizar os comandos sequencialmente:

configure terminal ou configure memory ou configure network.

SNAGHTML23689d3

Os comandos de configuração só podem ser executados dentro do modo privilegiado.

SNAGHTML2363b27

O modo de configuração tem vários sub-modos:

interface (configurar interfaces do dispositivo)

line (configurar as linhas, como vty, console, tty e async)

router (configurar os protocolos de encaminhamento do equipamento)

Neste exemplo vamos iniciar a configuração da interface fastethernet0/0 ou fa0/0.

SNAGHTML2356cc1

Com o comando ip address IP_DO_INTERFACE MASCARA_DE_REDE definimos o IP e respectiva mascara para a interface em questão, como neste exemplo:

ip address 192.168.1.254 255.255.255.0

Repare que o primeiro comando introduzido continha um erro porque a expressão address tinha um “d” a menos. O IOS tem capacidade de identificar exactamente onde ocorreu um erro, colocando um “^” no local do comando, apartir do qual o IOS não consegue reconhecer.

Após configurar o interface, para a activar, terá de introduzir o comando no shutdown. Sem este comando a interface, embora configurada permanecerá desactivada.

SNAGHTML234a8f6

 

 

 

 

show version

O comando show version permite verificar a versão do IOS, assim como outros detalhes sobre o hardware, como a memória e o processador.

SNAGHTML23f724d

 

 

 

 

hostname

Alterar o nome do dispositivo, no IOS:

hostname NOVO_NOME

SNAGHTML247bcf3

Neste exemplo acima, introduzo uma outra capacidade do IOS. Quando introduzimos parte da expressão de um comando, ele poderá ser correctamente interpretado desde que à direita do texto introduzido não exista mais do que uma possibilidade. Neste exemplo, não existe mais nenhum comando começado por host, que não seja hostname.

 

 

 

 

banner motd

Colocar uma mensagem de sistema, que será mostrada a todos os utilizadores que entrem na configuração do dispositivo:

banner motd #MENSAGEM DE SISTEMA#

SNAGHTML25ff6f7

SNAGHTML260a936

 

Em breve a parte 2…


Ações

Information

3 responses

28 10 2010
Cisco IOS-Comandos mais utilizados no CCNA (PARTE II) « ..::invisible flame light::..

[…] sequencia do 1º post sobre o CISCO IOS, surge a 2ª parte, com mais alguns dos comandos utilizados no […]

15 01 2011
Cisco IOS-Comandos mais utilizados no CCNA (PARTE II) « Rodrigo Carran

[…] sequencia do 1º post sobre o CISCO IOS, surge a 2ª parte, com mais alguns dos comandos utilizados no […]

24 02 2013

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: