Desempregados angolanos aproveitam formação gratuita de multinacional portuguesa

29 08 2013

Fonte: http://noticias.sapo.pt

 

 

Doze angolanos, recém-licenciados e desempregados, beneficiam desde o passado dia 20, em Luanda, de uma formação gratuita dada pela multinacional portuguesa Primavera BSS.

O objetivo é garantir aos 12 formandos, escolhidos após seleção prévia, a "valorização profissional, através da aquisição de novas competências na área das tecnologias de gestão", disse à Lusa Sérgio Lopes, representante da Primavera BSS em Angola.

O curso assenta numa formação teórica e prática nos principais módulos de gestão do programa ERP PRIMAVERA de gestão comercial, financeira e de recursos humanos, entre outros, e terá ainda uma componente mais tecnológica.

Para Fernando Correia, de 24 anos, desempregado, o programa informático alvo da formação não lhe é estranho.

"Já tive oportunidade de trabalhar com software Primavera, pois trabalhei em contabilidade durante algum tempo e sempre foi minha pretensão ser consultor de gestão em Primavera. Então o curso surge como a primeira ponte para trilhar este rumo", disse à Lusa.

Recém-licenciado do curso de Gestão e Administração Pública, da estatal Universidade Agostinho Neto, este curso constitui uma ferramenta mais para entrar no mundo laboral.

"Quando se é formado, se é especializado nalguma coisa, existem muitas propostas. Só que para abraçar essas propostas, o Estado precisa de ter as competências todas reunidas, para que possa dar uma resposta positiva ao desafio. É a razão pela qual os recém-licenciados procuram formações como essa para solidificar a sua posição e dar uma resposta positiva a esses desafios que se foram impondo", disse.

Antónia Fernandes, de 29 anos, e também licenciada em Contabilidade, que iniciou na Universidade Agostinho Neto e concluiu na privada Universidade Católica, pretende reforçar a teoria que aprendeu e tornar-se, diz, "uma profissional mais adequada".

 

Sem números oficiais, acredita-se que o desemprego esteja atualmente entre os 25 e os 30 por cento da população ativa, maioritariamente jovem.

"Contrariamente à realidade económica de Angola, o desemprego é ainda muito alarmante", reconhece Fernando Correia.

Dos 250 alunos que faziam parte da sua turma na Agostinho Neto, a esmagadora maioria está desempregada.

"A turma era formada por 250 alunos. Destes 250, penso que 40 estão empregados. Os restantes estão desempregados", disse.

Depois desta formação, a Primavera BSS não garante emprego, mas os clientes da empresa poderão encontrar no grupo de formandos a mão-de-obra que precisem.

O curso, denominado "Conhecimentos Essenciais em Software PRIMAVERA" e com um total de 30 horas de formação, é ministrado nas instalações da multinacional portuguesa.

A PRIMAVERA – Business Software Solutions, está presente em Portugal, Espanha, Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Quénia.

Em Angola, tem 21 empresas na sua carteira de clientes, ligadas aos setores da indústria, construção, media e telecomunicações e petróleos e mineração.

EL // MLL

Lusa/Fim


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: