10 dicas fáceis para aumentar as vendas no retalho (com ou sem software POS)

2 12 2015

Fonte: www.phc.pt

Todos procuramos formas de vender mais. E de preferência formas fáceis de vender mais. É por isso que este artigo vai direto ao assunto. São 10 dicas pensadas e testadas para o ajudar a conseguir esse objetivo.

Algumas vão-lhe parecer óbvias. Outras nem por isso.
Algumas possivelmente já executa no seu dia-a-dia. Outras não, e talvez até nunca tivesse pensado nelas.
Mas todas elas podem ser ajustadas ao seu caso específico. E todas elas podem realmente ajudá-lo a aumentar as vendas.

 

image

Já está com as expetativas em alta? E a melhor parte é que vai ser tão fácil como contar até 10…

1 – Tenha um excelente serviço de apoio ao cliente
Esta dica é tão simples que cabe em duas linhas. Quanto melhor for o seu apoio, mais respeitados se vão sentir os seus clientes. E esta sensação de respeito reflete-se nas vendas.
Um bom exemplo a destacar é a política de devoluções, que deve ser fácil, acessível e com o mínimo possível de burocracia.
Um bom software POS é o seu braço direito na automatização destes processos.

2 – Faça sugestões, sobre compras e não só
Ao sugerir artigos úteis (relacionados com aqueles que os seus clientes já estão a pensar comprar) vai aumentar o “recheio” dos carrinhos de compras. E não só, os seus clientes ainda lhe vão agradecer, pois está a melhorar a sua experiência de compra e a satisfação que vão ter com o produto no futuro.
Um software POS bem programado é extremamente útil nesta dica, pois pode informá-lo sobre os melhores produtos e acessórios para relacionar com cada artigo.

3 – Celebre as grandes compras e os grandes acontecimentos
Todos os clientes que lhe dão dinheiro são excelentes clientes. Mas quando alguém fizer uma grande compra (muito cara, de valor elevado, “high-ticket”) agradeça de forma mais pessoal. Envie uma carta, por exemplo, ou ofereça um desconto na próxima compra. Com alguma probabilidade, essa próxima também será uma grande compra.
Como é que sabe quando acontecem grandes compras? Bastam alguns cliques num software POS.
Experimente também celebrar datas, como os aniversários dos seus clientes. É muito fácil conseguir estes dados… certamente já adivinhou como.

4 – Adapte-se a cada caso e facilite as situações
A dica n.º 1 falou de burocracia. Aqui também se aplica. Facilite a resolução das situações, mesmo as que saem da norma. Isso deixa uma boa impressão nos clientes. E deixar uma boa impressão é ótimo para a faturação.
Um dos exemplos mais práticos é a perda de um recibo por parte do cliente. Faça uma verificação de segurança, se achar necessário, mas depois facilite. Simplesmente imprima um novo recibo na hora e resolva a situação sem necessidade de contratempos adicionais.
Ah, e claro, com um bom software POS é muito fácil obter estas reimpressões.

5 – Mantenha-se a par das suas margens de lucro
Isto significa consultar as suas margens sempre que possível. Semanalmente, por exemplo. Também significa obter relatórios por produtos, e por gamas, para perceber quais são os artigos que rentabilizaram melhor o seu investimento. Com esta informação vai conseguir perceber o que os seus clientes realmente estão à procura, e focar-se nesses produtos, com um retorno positivo nas vendas.
Tudo isto parece-lhe extremamente importante, mas extremamente complicado de fazer? Importante é, sem dúvida, mas não é assim tão complicado.
Com um software POS eficiente e adaptado ao seu caso esta tarefa pode tornar-se bastante eficiente.

6 – Tenha os seus stocks bem organizados
Esta dica está intimamente ligada com a dica n.º 5, e não é difícil encontrar cenários onde se torna útil. Quando lhe fazem perguntas sobre um artigo, sabe dizer imediatamente se está em armazém. Quando um produto chega ao fim, tem conhecimento disso antecipadamente. Quando contacta os seus fornecedores, sabe quais os artigos ou gamas que realmente vão ter saída. Se existe alguma inconsistência nos stocks, tem documentação atualizada que permite chegar ao fundo da questão e corrigi-la. E a lista podia continuar…
Tudo isto aumenta a velocidade, a eficácia, e claro, as vendas.
E a menos que tenha uma memória tão “fotográfica” que conhece os seus stocks de cor, este é um ponto onde o software POS é indispensável.

7 – Faça o possível por eliminar fraudes
Esta é autoexplicativa no que se refere a aumentar a sua conta bancária. A título de exemplo, foi notícia que os retalhistas perderem 67 milhões de euros como consequências de fraudes e perdas, só no Natal de 2012. Esta também é provavelmente a dica mais complexa. Mas então… este artigo não era acerca de dicas “fáceis”?
Calma, esta também é a dica que mais assenta em software de retalho. Ao reunir e compilar dados sobre estatísticas, percentagens, encomendas, faturação e devoluções, o software permite-lhe analisar onde há o risco de eventuais perdas, e onde estão os setores potencialmente mais vulneráveis e que convém proteger.
Além de que também lhe permite automatizar vários processos de segurança no acesso à informação.

8 – Seja atencioso, simpático e afável
Ainda que esta dica pareça demasiado evidente, há vários exemplos elementares que talvez não esteja a pôr em prática. Como ter uma forma especial de responder a uma despedida ou a um agradecimento (“adeus e até à próxima!” é muito melhor do que simplesmente “adeus”; e dizer “de nada, foi um prazer!” é significativamente mais eficaz que “de nada”). Além disso, quando tiver clientes à sua espera dê-lhes uma estimativa de quanto tempo terão de esperar. Vai-se surpreender como algo aparentemente tão simples pode causar boa impressão. E isso, tal como diz na dica n.º 4, é ótimo para a faturação.

9 – Ganhe mais por ser proactivo e prestável
Avise os seus clientes se um produto não é o mais indicado para eles. Este tipo de honestidade pode por vezes diminuir o valor final da venda, mas isso é no curto prazo. A médio e longo prazo cria um cliente leal, o que traz muito mais dividendos.
E não se fique por aqui. Sempre que puder, explique aos seus clientes como usar os produtos que compraram. Não só essa informação os deixa mais confiantes com a sua compra e a sua marca, como o deixa a si mais perto de pôr em prática a dica n.º 2.

10 – Cumprimente sempre os clientes
Esta dica também se explica em duas linhas. Dê instruções a todos os seus colaboradores para cumprimentarem sempre os clientes. Se souberem o nome, melhor ainda. E se estiverem com os filhos, cumprimentem-nos também. A reação natural é que os clientes se afeiçoem a este tratamento positivo. E clientes afeiçoados compram mais.

Só mais uma coisa: caso não tenha reparado, as últimas 3 dicas nem sequer precisam de software POS para funcionarem.


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: