Visitar Londres em 2 dias (modo low cost)

3 01 2017

Londres é uma mega cidade com quase 10 milhões de habitantes. Com muitas surpresas e atrações espalhadas por esta metrópole, este é um destino de eleição, principalmente para quem gosta de agitação, cidades cosmopolitas e principalmente para quem gosta do contraste e diversidade de culturas e estilos.

Desde o Parlamento e Big Ben aos muitos museus e parques citadinos, Londres oferece uma infinidade de locais de interesse para todos os gostos. A agitação da cidade e ao mesmo tempo a sua organização são dignos de registo. A segurança é outro ponto positivo. Existe muita policia por toda a cidade e muito dificilmente um turista se sente ameaçado.

 

Resultado de imagem para london cabine telefónica

 

Logicamente que em 2 dias apenas vai conseguir ver uma pequeníssima parte de Londres. Se o orçamento não for um problema para si, nem o tempo disponível, fique pelo menos uma semana para desfrutar ao máximo e ver tudo com muita calma. Mesmo que planeie ficar um mês em Londres vai achar estranho pois não vai conseguir ver tudo o que a cidade tem para oferecer. Só em alguns museus pode facilmente passar um dia inteiro e mesmo assim dificilmente conseguirá ver tudo.

Tenha sempre em conta que por vezes ficar mais dias pode ser compensador no que respeita ao custo do bilhete e alojamento. Por exemplo, admitindo que o bilhete (ida e volta) para 2 dias seguidos custa 100 EUR, na eventualidade de aumentar um dia no voo de regresso (ficando 3 dias em Londres), poderá conseguir uma redução de preço em cerca de 50 EUR, poupança essa que se pode revelar compensadora por ser o equivalente a pagar por uma segunda noite de alojamento.

 

Resultado de imagem para londres tumblr

 

O clima é normalmente frio, com alguma chuva. Talvez uma das melhores alturas para visitar Londres seja em Dezembro. Nessa época do ano existem imensas feiras de Natal espalhadas pela cidade. Talvez a maior feira seja no famoso Hyde Park. É simplesmente fantástica pois tem muitas atrações, principalmente para crianças. A entrada nesta feira é grátis e irá poder comprovar que é muito bem organizada.

 

Neste artigo vou referir algumas sugestões de como planear e organizar uma viagem a Londres com tempo e orçamento reduzido. Ao contrário de outras publicações sobre o mesmo tema, que facilmente encontra na Internet, esta é mais focada na logística e organização de uma curta viagem a Londres, e não tanto nas atrações da cidade. Este artigo baseia-se na experiencia de viajar para Londres a partir do aeroporto Francisco Sá Carneiro (Porto), nomeadamente na minha última viagem a Londres.

 

 

 

Moeda

Em Inglaterra a moeda é a Libra esterlina (em inglês pound sterling, símbolo £). Poderá converter Euros em Libras quer em Portugal, quer quando já estiver em território inglês. No aeroporto do Porto poderá converter Euros em Libras, na NovaCâmbios por exemplo.

Em muito do comércio existente em Londres, mesmo o comércio de rua, existe a possibilidade de pagar com cartões como Visa, MasterCard, etc. No entanto desaconselho porque poderá implicar custos por cada transação.

Ao entregar cerca de 200 EUR para converter em Libras, foram cobrados cerca de 0,20 EUR de imposto de selo e perto de 5 EUR de comissões. No final fiquei com cerca de 150 GBP (176 EUR).

Poderá utilizar o site www.xe.com para conhecer a cotação de cada moeda e converter EUR em GBP.

Custos de transação de moeda: comissões + imposto de selo

 

 

 

Estacionamento

Se optar por ir de carro até ao aeroporto do Porto, pode optar por um dos vários parques low cost, nomeadamente P9 da ANA, em que o valor, dependendo de alguns fatores, pode começar nos 3 EUR por dia. Neste parque a reserva terá que ser efetuada obrigatoriamente através da Internet. Após pagar e imprimir o voucher e na entrada do parque basta mostrar o QR Code que está no voucher, que a cancela abre e todo o processo é automático. À entrada poderá ser mostrada a indicação que o parque está cheio (mesmo que verifique que existem lugares por ocupar), no entanto conseguirá entrar na mesma porque esta indicação tem em conta as reservas anteriormente efetuadas. É impresso um ticket que tem que ser mostrado à saída. O P9 é ao ar livre e a pé demora entre 5 e 10 minutos até ao aeroporto.

image

Parque na Parking ANA: 8 EUR (2 dias: 4 EUR por dia)

Pode efetuar a sua reserva em www.aeroportoporto.pt

 

 

 

Avião

Através de companhias low cost como a Ryanair, dependendo das datas, é possível viajar por um valor relativamente baixo. A Ryanair voa para o Aeroporto de Stansted que fica a cerca de uma hora e meia do centro de Londres. O facto de muitas das companhias, principalmente as low cost, voarem para aeroportos secundários, afastados do centro, traduz-se em bilhetes mais baratos. Ao reservar tenha sempre em conta que podem existir vários voos por dia para Londres e que logicamente deverá reservar o voo que parte mais cedo. A Ryanair voa para Londres a partir do Porto, 2 vezes por dia, sendo o primeiro de madrugada. Se voar para Londres por volta das 18:00 só chegará ao centro de Londres muito perto da meia-noite e a essa hora certamente não vai “passear”. Este aviso também se aplica no voo de regresso ao Porto. Opte pelo voo mais tardio, que parte de Londres perto das 21:00.

Exemplo de reserva de voo

image

Bilhete de avião na Ryanair: 65 EUR (ida e volta)

 

 

 

Transfer (do aeroporto para o centro da cidade e do centro da cidade para o aeroporto):

Após aterrar em Londres, será necessário passar por um controlo de segurança adicional. Embora seja um processo rápido (implica apenas mostrar documentação), a fila poderá ser enorme e poderá ter que aguardar algum tempo até sair do aeroporto.

Pode optar por viajar de comboio ou de autocarro. De autocarro o valor situa-se por norma nos 12 EUR (10 GBP), dependendo da empresa, do método de reserva (online tem por norma um valor inferior) do horário do trajeto e de comprar (ou não) ida e volta ao mesmo tempo. A viagem dura aproximadamente uma hora e meia. Uma dessas empresas é a Stansted Citylink que viaja do aeroporto de Stansted para Kings Cross/St Pancras. Existem autocarros a partir com bastante frequência ao longo do dia (durante grande parte do dia de meia em meia hora).

Transfer na Stansted Citylink: 21 EUR (18 GBP) bilhete de ida e volta adquirido no local.

 

 

 

Alojamento

Os valores do alojamento dependem sempre de uma série de fatores, como a localização, a tipologia do hotel, a época, etc. É possível reservar um quarto muito perto do centro de Londres por um valor baixo (tendo em conta os valores médios praticados). Na Booking existem centenas de alojamentos disponíveis. Aplique vários filtros até encontrar o que pretende.

Não caia na tentação de reservar alojamento mais afastado do centro da cidade só porque tem um valor mais baixo. O custo assim como o tempo necessários para chegar ao centro de Londres podem não justificar esta opção. Embora no mapa possa parecer que a distancia para o centro é pequena, uma vez no terreno poderá comprovar que não é assim tão próximo.

Uma dessas opções é o SO Kings Cross, localizado muito perto da estação de Kings Cross-St Pancras. Por um valor muito baixo (tendo em conta a realidade de Londres), foi possível reservar um quarto double com casa de banho privativa, TV e outras comodidades. Se estiver a viajar sozinho ou com amigos poderá optar por um alojamento partilhado, ou com menos comodidades e o valor poderá ser muito mais baixo.

image

Alojamento no SO Kings Cross: 56 EUR por 1 noite (reserva efetuada e paga no mesmo momento). Quarto com TV, casa de banho privada, WiFi gratuito, recepção 24/7, entre outras comodidades. O valor que paguei não incluía pequeno almoço.

 

 

 

Na cidade

Existem várias aplicações disponíveis para smartphones, a maior parte pagas, ou gratuitas com funcionalidades pagas, que têm como objetivo guiar os turistas na cidade e nos seus pontos de interesse. Pode optar simplesmente por instalar uma aplicação de GPS que funcione em modo offline no caso de não querer ter custos relacionados com a conectividade com a Internet, custos que normalmente são maiores quando estamos fora do nosso país.

  • Aplicação Sygic com mapa (offline) de Inglaterra.
  • Aplicação Google Maps com mapa offline de Londres.

Previamente, antes de iniciar a viagem, deve definir os pontos de interesse. No terreno é apenas necessário definir qual é o ponto de interesse pretendido e colocar a navegação em modo de caminhada. Assim, ao mesmo tempo que caminha basta ir atento ao ecrã e ás indicações fornecidas para chegar ao local pretendido.

 

 

 

Língua inglesa

Se tiver dificuldades com a língua inglesa, instale a aplicação Google Translator e os ficheiros de língua inglesa e língua portuguesa em modo offline que permitirá que a qualquer momento possa traduzir texto, sem necessidade de conectividade com a internet. Poderá ser útil, muito embora irá encontrar pessoas que falam a nossa língua de forma razoável.

 

 

 

Metro

A melhor forma de ir de A para B é na maior parte dos casos, andar de metro. Existem muitas estações espalhadas pela cidade. Vai necessitar de um mapa do metro, em papel (logicamente no metro não irá ter sinal GPS). Compre um cartão Oyster em uma máquina automática e carregue o mesmo. Se necessitar de ajuda procure um colaborador do metro (por norma existem vários nas estações). Antes de deixar Londres, poderá solicitar o reembolso quer do valor não utilizado, quer do valor do cartão (6 EUR). A desvantagem de viajar de metro é que não irá ver nada mais para além de estações.

Metro: 6 EUR pelo cartão (reembolsável) + carregamentos efetuados conforme as necessidades (20 EUR)

 

 

 

Regresso ao aeroporto

O regresso ao aeroporto deve ser muito bem planeado sob pena de ficar em Londres por mais uns dias :) Se o objetivo for esse, pode partir do centro de Londres para o aeroporto apenas 1 hora antes da porta de embarque encerrar :) A probabilidade de correr mal é alta :). Se de facto quiser mesmo regressar a casa inicie a viagem para o aeroporto (falando no caso de Stansted) pelo menos 4 horas antes. A viagem de autocarro, sem imprevistos, demora cerca de uma hora e meia. Tenha em conta que se não reservar viagem pode correr o risco de o autocarro não ter disponibilidade e ter que aguardar pelo próximo (no caso da empresa Stansted Citylink é meia em meia hora durante grande parte do dia). Já dentro do aeroporto, conte com um apertado controlo de segurança, o que pode exigir mais tempo. O aeroporto de Stansted embora seja mais pequeno quando comparado com outros aeroportos de Londres (Londres tem pelo menos 5 aeroportos internacionais) é bastante grande, o que significa que se tiver que se deslocar para uma porta de embarque que fique mais distante, vai necessitar de algum tempo.

 

 

 

Roupa

O essencial é levar roupa leve e confortável. Vai ter que percorrer quilómetros a pé se quiser conhecer a cidade. Sapatilhas confortáveis são essenciais. Leve roupa quente já que Londres é uma cidade fria. Um guarda chuva pequeno, alguma comida e outros acessórios são essenciais. Tudo isto deve ser transportado numa mochila leve e confortável.

 

 

 

O que visitar e fazer em 2 dias (sugestões)

Tal como indiquei no inicio deste artigo, o objetivo não é descrever todas as atrações que deve visitar. A lista em baixo é apenas uma mera sugestão. O que de facto é importante é que, antes de partir, escolha tudo o que quer ver e fazer (lembre-se que não vai estar em Londres 1 mês) e planeie muito bem como pretende ocupar o primeiro dia e depois o segundo. Defina um roteiro e especifique a ordem das atrações tendo em conta a sua proximidade no mapa, com o objetivo passar menos tempo em deslocações, nomeadamente de metro, e mais tempo a desfrutar e conhecer a cidade. Isto vai evitar que ande desorientado e “sem destino”, quando estiver em Londres.

  • London Eye (com experiencia 4D). Embora seja uma atração paga (30 EUR), na minha opinião vale muito a pena. A roda-gigante é das maiores do mundo. São 32 cápsulas que levam no máximo 25 pessoas. Uma volta completa demora cerca de meia hora.
  • Camden Market (não é necessário pagar)
  • Palácio de Buckingham e troca de guarda (não é necessário pagar)
  • Hyde Park (não é necessário pagar)
  • Big Ben (não é necessário pagar)
  • Tower Bridge (não é necessário pagar)
  • Piccadilly Circus (não é necessário pagar)
  • Saboreie uma das refeições mais emblemáticas da cidade: Fish n’ chips (12 EUR).

 

 

 

Dicas

  • Leve um adaptador para as fichas elétricas. O sistema inglês é diferente do sistema em Portugal pois utiliza 3 pinos. Se não levar, poderá perguntar no hotel se têm, ou comprar um.
  • Cuidado ao atravessar as estradas. Vai ler constantemente inscrito nas passadeiras “Look Right” ou “Look Left”. Em Inglaterra as viaturas circulam no sentido inverso ao nosso (PT).
  • Evite levar mala de porão. Uma mala pequena, que pelas suas dimensões poderá ser transportada na cabine, é mais do que suficiente (mesmo para 2 pessoas). Se por um lado este tipo de bagagem maior e mais pesada poderá significar custos superiores, também faz com que, por norma, tenha que se deslocar ainda mais cedo para o aeroporto, assim como aguardar mais tempo para sair do aeroporto.

 

 

 

Total de uma visita a Londres em 2 dias (modo low cost): ~212 EUR

A este valor terá que somar outros gastos, nomeadamente alimentação, etc..

 

 

 

Páginas relacionadas:

https://www.tudosobrelondres.com/o-que-ver

http://www.brasileirosemlondres.co.uk/principais-pontos-turisticos-de-londres/

http://www.joaoleitao.com/viagens/visitar-londres/

http://www.e-konomista.pt/artigo/roteiro-de-3-dias-em-londres/

http://londonso.com/inglaterra/o-que-voce-deve-saber-antes-de-visitar-londres/

 

 

Nota: os valores apresentados, em EUR, são valores aproximados (~).

Advertisements

Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: