Prepare-se para a nova estrutura de dados SAF-T (PT)

4 01 2017

Fonte: www.computerworld.com.pt

 

O catálogo de produtos e tipos de serviços utilizados no sistema de facturação tem de ser adaptados para gerar os ficheiros de acordo com as novas normas a partir de 1 de Julho de 2017.

 

Gestao-documental_Keep-It-Safe-IT-420x288

A portaria n.º 302/2016, de 2 de Dezembro, que redefine a estrutura de dados do ficheiro SAF-T (PT), está em vigor desde domingo. A estrutura de dados prevista no diploma tem de ser aplicada a partir de 1 de julho de 2017.

 

Com base nas novas regras, foi necessário “proceder ao ajustamento da estrutura do ficheiro SAF -T (PT) com a criação de taxonomias (…) que permitam a caracterização das contas de acordo com o normativo contabilístico (…) permitindo simplificar o preenchimento dos Anexos A e I da IES”, explica a portaria.

Foram ainda acrescentados “novos campos relativos aos Impostos Especiais de Consumo (IABA, ISP, IT) e aos Impostos Aduaneiros”, assinala a consultora Baker Tilly.

As empresas estão familiarizadas com os ficheiros SAF-T (PT), em utilização há cerca de uma década, e que se tem revelado um instrumento “excelente para a obtenção de informação pelos serviços de inspecção e cuja estrutura de dados tem vindo a ser adaptada em função das alterações de natureza contabilística ou fiscal”, consideram as autoridades fiscais na portaria.

A experiência obrigou agora à renovação da estrutura do ficheiro para permitir “uma completa compreensão e controlo da informação relativa à contabilidade, em virtude da flexibilidade existente na utilização das contas pelas diferentes entidades”, nota o diploma.

Deste modo, segundo  a portaria, o preenchimento do ficheiro SAF-T (PT) terá de ser efectuado com referência às taxonomias constantes dos anexos II e III. Estas taxonomias definem, designadamente, o catálogo de produtos e tipos de serviços utilizados no sistema de facturação que foram objecto de movimentação pela empresa, e os registos movimentados no período de tributação.

A Baker Tilly alerta  que a aplicação daqueles anexos varia consoante os registos efectuados pela empresa durante o período de tributação.

 

Principais aspectos a ter em conta

1 – O ficheiro deverá ser gerado em formato normalizado (XML), respeitando o esquema de validação no ficheiro em formato xsd disponível no Portal das Finanças e o conteúdo especificado na nova portaria.

2 – A geração do ficheiro SAF-T (PT) deve ser efectuada para um determinado período anual de tributação, total ou parcial, desde o início desse período até ao seu termo ou, se anterior, à data da geração do mesmo.

3 – O ficheiro SAF-T (PT) relativo à contabilidade deverá ser único para o período a que diz respeito. Relativamente à facturação pode ser gerado um ficheiro SAF-T (PT) por cada estabelecimento, se independentes do sistema de facturação adoptado centralmente.

Se o sistema de facturação nos estabelecimentos estiver centralizado, deve ser fornecido um único ficheiro.

4 – As aplicações de facturação devem gerar um ficheiro com todas as tabelas obrigatórias previstas na portaria. Esta regra aplica-se mesmo que as aplicações sejam utilizadas por terceiros para a emissão de documentos em nome e por conta de sujeitos passivos, e as integradas de contabilidade e facturação, incluindo as que emitem documentos de transporte, e outros documentos susceptíveis de apresentação ao cliente para conferência de mercadorias ou de prestação de serviços.

Advertisements

Ações

Information

2 responses

4 01 2017
Eu sou ninguem

“As empresas estão familiarizadas com os ficheiros SAF-T (PT), em utilização há cerca de uma década” uma decada são 10 anos, “acerca” pode resultar em 9 anos ou 11 anos, 2016-2011 são cinco anos, a portaria é de 2007 mas o envio só começou uns anitos depois.

4 01 2017
Eu sou ninguem

Outra asneira, a estrutura não é nova, foi ampliada com novos campos, essencialmente para a auditoria ás contabilidades dos contribuintes, porque há muita contabilidade que não bate certo com as auditorias ao contribuinte. LOL! This is Portugal!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: