E.FREE Eticadata

6 11 2017

Conforme publicado anteriormente neste artigo, a Eticadata disponibilizou recentemente o E.FREE, um software de faturação sem custos de licenciamento, orientado para as micro e pequenas empresas. Trata-se de uma aplicação desktop (não disponível em ambiente Cloud) que tem como limite de faturação anual o valor de 35.000 Euros e limite de uma empresa por sistema. Para além de Portugal, o E.FREE está igualmente disponível para outros mercados como Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde, Colômbia, Espanha e S. Tomé e Príncipe.

Ainda que o software possa ser bom (não testei…), todo o processo que vai desde preencher o formulário para demonstrar o interesse na aplicação, ser contactado pela Eticadata e posteriormente por um parceiro, até começar a utilizar a aplicação pode ser moroso e complexo para o utilizador comum (no caso de não ter ajuda do parceiro).  Podem ainda existir custos relacionados com a instalação, configuração e formação (conforme está explícito na página do produto) que podem inviabilizar todo o processo no caso de o utilizador considerar o custo proposto como sendo elevado e não justificado.

 

 

Ao contrário da tendência da industria que tem evoluído para o software alojado na Cloud, que entre outras vantagens, dispensa instalação e reduz o tempo necessário para começar a utilizar as aplicações (Jasmin e Wintouch Cloud são dois bons exemplos-possuem planos gratuitos), assim como de outras aplicações de faturação, em ambiente Desktop e a custo 0, disponibilizadas por outras empresas, como por exemplo o Primavera Express, XD STARTUP, Projecto Colibri FREE, que são simples de instalar, atualizar e utilizar e não implicam o contacto com um parceiro (pelo menos numa primeira fase), nem exigem conhecimentos avançados, o E.FREE tem grau de exigência muito maior para que possa começar a utilizar o software.

 

Num cenário em que são disponibilizados (por um parceiro Eticadata) ao utilizador todos os instaladores (SQL Server e ERP) e outros ficheiros que eventualmente sejam necessários, muito dificilmente este consegue colocar o software a funcionar sem necessitar de ajuda. Por norma o utilizador final não tem conhecimentos suficientes, nem disponibilidade de tempo para o fazer. É necessário instalar o ERP e também o SQL Server, de forma manual e desintegrada. Posteriormente é necessário inicializar a plataforma e muito provavelmente será necessário criar uma nova empresa (base de dados) e efetuar várias configurações iniciais. A “alternativa”, conforme a Eticadata indica, implica que o utilizador eventualmente tenha custos relacionados com a instalação, configuração e formação, após contactar um parceiro deste fabricante. Muito provavelmente também será necessário contactar um parceiro Eticadata para instalar atualizações sempre que estas sejam disponibilizadas, mais uma vez com a probabilidade de existirem custos associados.

 

Um caminho errado a meu ver, uma vez que logo à partida afasta muitos dos eventuais interessados em aplicações de faturação a custo 0. O público alvo deste tipo de sistemas são normalmente start-ups e micro-empresários que não têm necessidade nem orçamento para optar por um sistema de faturação ou ERP que implique custos de licenciamento, instalação, formação, suporte, etc. Normalmente estes utilizadores gostam de experimentar as soluções que estão disponíveis no mercado, por eles próprios e sem a ajuda de terceiros, para posteriormente selecionarem a aplicação que pretendem  adotar. Ao esbarrar em complexidade e custos, assim como na demora na disponibilização do produto, simplesmente ignoram e passam à próxima alternativa (a não ser que por um motivo ou por outro façam questão de utilizar determinado sistema). É necessário relembrar que existem atualmente aplicações de faturação a custo 0, disponíveis na cloud e também em ambiente Desktop, em que o utilizador consegue em poucos minutos começar logo a testar e utilizar, sem custos, sem ter que aguardar contactos do fabricante e/ou de um parceiro deste.

 

 

http://pt.eticadata.com/erp-eticadata-free

 

 

 

Artigos relacionados:

https://invisibleflamelight.wordpress.com/2017/08/23/eticadata-lana-e-free-uma-verso-do-seu-erp-sem-qualquer-custo-de-licenciamento/

https://invisibleflamelight.wordpress.com/2013/07/17/artsoft-as-gest-startup-sem-custos-durante-12-meses/

 

 

Páginas relacionadas:

http://www.bit.pt/eticadata-lanca-erp-sem-custo-licenciamento/?inf_by=5a007260681db898128b46ab

Anúncios

Ações

Informação

2 responses

12 11 2017
Bruno

Enviei um pedido para testar este software e depois fui contactado e informado que um parceiro iria entrar em contacto comigo, o que realmente já me deixou com um pé atrás. Após algum tempo fui de facto contactado e informaram-me que seria cobrad o tempo de mão de obra para instalarem, ao que eu perguntei se não havia possibilidade de ser eu a fazer a instalação, já que a ideia era ser um programa gratuito. A resposta que obtive foi que de facto eles podiam preparar um CD ou DVD com o necessário, mas passado já algum tempo ainda não obtive o mesmo…

12 11 2017
XpecialGUEST

Mesmo que lhe enviem tudo o que é necessário, se não forem fornecidas todas as instruções e se não tiver ajuda, duvido que consiga colocar o software operacional.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: