Blocks Zero–1 ano a imprimir

13 01 2018

Faz precisamente um ano que comprei a Impressora Blocks Zero, da Blocks Technology. Se ainda não conhece esta Impressora 3D, leia este artigo.

Após todo este tempo a imprimir, seguramente a máquina já terá acumuladas mais de 1000 horas de funcionamento (a uma média de 3 horas por dia) e já imprimiu algumas centenas de modelos, desde simples, que demoraram apenas alguns minutos, até modelos mais complexos que demoraram várias horas para serem completados. Foram utilizados vários tipos de filamento, desde PLA “normal”, até madeira, filamento flexível, fluorescente, cobre, entre outros.

É impressionante a fiabilidade que uma impressora com um custo tão reduzido, de aproximadamente 350 Euros, consegue ter. Passado um ano esta impressora ainda continua a ser uma excelente opção a ter em conta. Primeiro pela sua fiabilidade, mas também pela relação qualidade/preço, que é imbatível.

 

No automatic alt text available.

 

Apesar de ter sido maioritariamente pensada para o universo dos makers, já que normalmente é vendida em KIT para ser posteriormente montada pelo utilizador, se este não estiver familiarizado com projetos DIY (Do It Yourself/Faça você mesmo), recomendo fortemente que questione a Blocks Technology se pode enviar a impressora já montada. Penso que no meu caso, que comprei a impressora já montada por não estar assim tão interessado no processo de montagem, foi o segredo do sucesso. Apesar de o processo de montagem estar muito bem documentado e ser aparentemente rápido e fácil, a verdade é que muitos utilizadores não estão propriamente interessados nele. Querem apenas começar a imprimir com a melhor qualidade possível, logo depois de tirar a impressora da caixa.

 

No automatic alt text available.

 

Após 1 ano a impressora continua tão precisa e consistente como inicialmente. Nunca tive sequer que apertar um parafuso ou fazer qualquer tipo de alteração à impressora. Em baixo, fruto da minha experiencia com esta impressora, evidencio alguns aspectos positivos e menos positivos, sugestões de melhoria, assim como alguns problemas enfrentados.

 

 

Aspectos positivos

  • Só foi necessário calibrar a impressora uma ou duas vezes durante todo este tempo. Mesmo após transportar a impressora ou mover a mesma de sitio, não foi necessário logo naquele momento calibrar a plataforma de impressão.
  • A fiabilidade e precisão continua impecável, depois de todo este tempo.
  • Existiram pelo menos três atualizações de firmware, que optimizaram o processo de load/unload do filamento entre outras melhorias, assim como corrigiram alguns problemas. Detalhes aqui.
  • Muito raramente a impressora teve comportamentos erráticos. Desligar a impressora, voltar a ligar e repetir a impressão resolveram o problema.

 

 

Problemas encontrados e aspectos menos positivos

  • Parti a plataforma de impressão (feita de acrílico), após flectir em demasia. Felizmente a Blocks envia duas plataformas juntamente com cada impressora. Se algo de errado acontecer à segunda plataforma, a Blocks vende mais :)
  • Não sendo muito frequente, aconteceu o display ficar sem qualquer informação. Lembro-me desta situação ter acontecido sem eu conseguir identificar algo que pudesse estar na sua origem, mas também me lembro que aconteceu depois de tocar com uma pinça metálica no noozle.
  • Também muito raramente aconteceu a impressora imprimir, a partir de um determinado momento após ter iniciado a impressão de um modelo, com coordenadas diferentes das coordenadas em que deveria estar a imprimir. Após ter falado com o suporte foram enviadas instruções para alterar os potenciómetros, algo que nunca cheguei a fazer porque não voltou a acontecer com frequência.
  • Inicialmente imprimia através do cabo USB, até notar que algumas vezes, na fase final da impressão, nomeadamente em modelos mais altos (eixo do Z), a impressora bloqueava por fracções de segundo, o que comprometia a qualidade da impressão porque a impressora deixava filamento a mais. Depois passei a imprimir, sempre, via cartão de memória SD. Desta forma nunca mais existiram problemas de a impressora bloquear durante a impressão, eliminando-se a possibilidade de o desenrolar da impressão estar sempre dependente do computador.
  • Com o passar do tempo as ventoinhas da impressora (tem três) começaram a fazer um ruído acima do normal, pelo menos numa fase inicial após ligar a impressora. Claro que após lubrificar as ventoinhas com um produto próprio,  após indicações do suporte da Blocks Technology, o problema fica resolvido, pelo menos durante mais algum tempo.
  • A troca de filamento, sendo um processo simples na prática, foi-se tornando um processo cada vez mais difícil atendendo ao facto de o filamento ficar preso no hot-end, obrigando a manobras demoradas e mais complexas (como ter que desmontar parte do hot-end, utilizar agulhas de limpeza, puxar o filamento manualmente com muita força, etc.).

  

 

 

Sugestões de melhoria

Nota: como em “qualquer” produto, existe sempre espaço para fazer mais e melhor. Logicamente que pelo preço desta impressora não podemos “exigir” nada mais do que é proposto, no entanto as sugestões seguintes podem servir de base para uma possível Blocks Zero v2.

    • Deveriam existir perfis para o Simplify3D (já existem para o Cura).
      • Seria interessante ser fornecido com a impressora algum filamento, numa bobine pequena, para efetuar os primeiros testes e impressões.
        • Deveria existir um iluminação (led) dentro da impressora, para poder visualizar a impressão em ambientes mais escuros (poderia ser configurável ligar/desligar a iluminação).
          • Melhoria do sistema de calibração da mesa com a mão. Atualmente é necessária uma  chave Allen (fornecida com a impressora).
          • Poderia existir um saco de transporte. Inicialmente estava previsto (a Exame Informática chegou a referir isso), mas não se veio a concretizar.
            • O display da impressora poderia mostrar o tempo estimado para terminar a impressão.
              • Deveriam existir bases de borracha na base para absorver vibrações e ruído da impressora.
        • Quando ligado, o cabo USB pode tocar na bobine. Embora isso por si só possa não constituir nenhum problema, a saída do cabo poderia estar melhor posicionada.
        • O sistema que segura a plataforma de impressão, atualmente constituído por molas, poderia ser melhorado, por exemplo com um sistema de ímanes.
          • Deveria existir de base um manual de operação que contivesse um guia-rápido, cuidados a ter, opções existentes no firmware, manutenção e lubrificação, etc..
          • A Blocks deveria sugerir a compra de filamento de determinada(s) marca(s) após testes de validação.  Acontece que o mercado existem muitas marcas disponíveis e embora por norma seja fornecida uma ficha técnica (que indica a temperatura ideal de impressão entre outros parâmetros), a verdade é que a qualidade final do mesmo modelo, sem alterar nada mais para além do filamento, pode diferir.
          • O suporte para filamento não está preparado para alguns tipos de bobines.
            • O cartão SD poderia ser fornecido com a impressora, contendo modelos para ajudar na calibração da impressora, modelos para testes, manual de operação, software, etc..
            • A parte de baixo da impressora, onde se situam muitos dos componentes electrónicos que compõem a impressora, é de acesso livre, isto é, não está fechada. Este espaço deveria ser fechado”.

 

 

 

Algumas imagens da impressora e dos modelos impressos

No automatic alt text available.

Image may contain: food

No automatic alt text available.

Image may contain: food

No automatic alt text available.

Image may contain: indoor

No automatic alt text available.

No automatic alt text available.

Image may contain: food

Image may contain: indoor

Image may contain: shoes

Image may contain: shoes

No automatic alt text available.

No automatic alt text available.

No automatic alt text available.

Image may contain: indoor

No automatic alt text available.

No automatic alt text available.

No automatic alt text available.

No automatic alt text available.

Image may contain: indoor

No automatic alt text available.

No automatic alt text available.

No automatic alt text available.

No automatic alt text available.

No automatic alt text available.

No automatic alt text available.

No automatic alt text available.

No automatic alt text available.

 

 

 

Artigos relacionados:

https://invisibleflamelight.wordpress.com/2017/08/07/blocks-zero/

https://invisibleflamelight.wordpress.com/2017/01/17/blocks-zero-uma-pequena-grande-impressora-3d/

https://invisibleflamelight.wordpress.com/2016/12/23/exame-informtica-review-da-blocks-zero/

https://invisibleflamelight.wordpress.com/2016/12/05/desafiar-as-leis-do-mercado-da-impresso-3d-com-a-blocks-zero/

 

 

Páginas relacionadas (reviews, mods, vídeos, etc.):

http://jaagpad.blogspot.pt/2017/10/blocks-zero-3d-printer.html

http://3dalpha.blogspot.pt/2017/05/blocks-zero.html

https://www.youtube.com/watch?v=_cJpqFXHbic

https://www.youtube.com/watch?v=nNqqO2Jmav8

https://www.youtube.com/watch?v=dLhAj7rapLs

https://www.youtube.com/watch?v=9vkWr4wAJcY&t

https://www.youtube.com/watch?v=HvKcHtmVipA

 

 

 

blockstec.com

twitter.com/blockstech

facebook.com/blockstec

indiegogo.com/projects/blocks-zero-the-tiny-giant-3d-printer-gadgets#/

blockstec.com/shop/our-3d-printers/10-zero.html

Anúncios

Acções

Informação

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: