Parrot FreeFlight Pro-Configuração da Altitude no Flight Plan

7 02 2019

O Flight Plan é uma funcionalidade da App Parrot FreeFlight Pro, que permite a programação de rotas e a aterragem do drone de forma automática. Esta App, e a funcionalidade Flight Plan, são compatíveis com vários drones da Parrot, nomeadamente com o Disco, o drone que neste momento possuo.

 

IMG_5568

 

Basicamente no Flight Plan o piloto configura a altitude e os pontos pelos quais o drone deve passar. Depois de configurar um plano de voo e executar o mesmo, o drone irá cumprir o plano sem qualquer intervenção por parte do operador, ainda que este possa cancelar o mesmo durante o voo. No caso dos drones multirotor da Parrot, como o Bebop 2 por exemplo, é ainda possível definir a velocidade do drone entre os vários pontos do plano, entre outras opções.

 

IMG_1261 (1)

 

Neste post pretendo explicar que é muito importante definir uma altitude correta para todos os pontos de um plano de voo, dado que a altitude é sempre relativa ao ponto de partida. Não tenho a certeza se esta informação está claramente evidenciada na documentação da aplicação. Pelo que li a Parrot chama a atenção para o utilizador ter em atenção na planificação de um plano de voo, no que diz respeito à possibilidade de existirem obstáculos pelo meio.

 

O termo altitude, utilizado até ao momento neste artigo, poderá estar a ser aplicado até aqui de forma não totalmente correta. Ao operar um drone (podem existir exceções), a utilização do termo “altitude” no software ou no comando é na realidade a altura em relação ao ponto onde o drone descolou (ou a outro referencial). Por sua vez a altitude é a distancia do nível médio do mar até onde o drone se encontra. Um drone poderá estar a 500 metros de altitude, mas a uma altura de apenas 50 metros.

 

A imagem seguinte ajuda a compreender os diferentes termos utilizados.

Clique na imagem para a abrir no tamanho original

4

 

Portanto, apesar de os fabricantes de drones (DJI e Parrot por exemplo) utilizarem por vezes o termo altitude nas aplicações, especificações e manuais, o que estaria mais correto seria utilizar o termo altura, ou o acrónimo AGL (Above Ground Level), que significa, em português, acima do nível do solo. Portanto, quando uma App de um drone mostra uma determinada altitude, o mais provável é que na realidade esteja a ser mostrada a altura em relação ao ponto de descolagem. Esta altura é normalmente obtida a partir de um sensor de pressão barométrica.

 

IMG_5567

 

Os próprios formulários de pedido de autorização de voo, como o da ANAC e AAN, não utilizam o termo altitude, mas sim altura. O mesmo acontece com o site Voa Na Boa. É por isso muito importante o piloto de qualquer drone estar familiarizado com a terminologia técnica, já que o espaço aéreo é uma área regulada e partilhada por todos, e todos devem reger-se pelas mesmas regras e normas.

 

Poderá ser muito critico definir um plano de voo sem ter esta questão em mente, já que, para além de muitos drones, como o caso do Parrot Disco, não terem tecnologia para evitar colisões com obstáculos naturais, como montanhas por exemplo, e obstáculos artificiais, como cabos, torres, antenas entre outros, também não medem a distancia em relação ao solo, já que não têm tecnologia para esse efeito. Embora muitos os obstáculos naturais estejam documentados em mapas, a maior parte dos obstáculos artificiais duvido que estejam presentes em cartografia. No que diz respeito à detecção de obstáculos, a DJI está um passo à frente, uma vez que muitos dos seus drones já têm sensores para evitar obstáculos em várias direções.

 

Image-1 (1)

 

O Parrot Disco, assim como deve acontecer com todos os drones do seu segmento, só calcula a altura em relação ao ponto de descolagem, já que é impossível, devido a vários fatores, transportar equipamento para determinar em tempo real a altitude (nível do mar), tal como fazem as aeronaves tripuladas. Ao estar a voar com um plano de voo definido, se o operador se aperceber em tempo útil que o drone vai colidir com algo, através de contacto visual (VLOS) ou através do live streaming, poderá ganhar o controlo do drone e desviar-se do obstáculo. Isto deixa de ser uma opção quando o plano de voo inclui waypoints em que a distancia entre um waypoint e o comando excede os 2 KM, em que é previsível perder o contacto com o drone. Neste cenário é possível configurar a App relativamente ao comportamento do drone. Ou continua a cumprir o plano de voo, mesmo após perder a ligação, ou mal perca a ligação volta ao ponto de origem.

 

altitude-vs-elevation-763x500[5] 

 

A altitude de qualquer local está disponível e acessível em vários sites e aplicações que disponibilizam este tipo de informação. A App da Parrot (não sei se acontece o mesmo com a DJI) poderia ter isso em conta na programação de rotas. Se a App e o plano de voo sabem onde o drone vai descolar e por onde vai passar, poderia negar determinado trajeto se este não tivesse altura mínima necessária para não colidir com obstáculos. Um exemplo prático: defino que num plano de voo o drone vai levantar no ponto A, que tem 500 metros de altitude real (altura=0 para a App), vai subir 100 metros, para 600, até ao ponto B, e do B vai para o C que também tem 600 metros de altitude real (altura=100 para a App). Entre os pontos B e C, que têm a mesma altitude real, existe uma montanha com 700 metros de altitude. A App da Parrot permite definir a altitude de 100 metros em B e C, sem qualquer aviso ou proibição. Portanto é certo que o drone vai colidir com a montanha.

 

IMG_1482

 

Para a planificação de planos de voo, em que a altitude de eventuais obstáculos naturais possa ser um ponto critico, aconselho a utilização da App Maps 3D, disponível para iOS, que permite visualizar a altitude de um determinado ponto, assim como permite visualizar a variação da altitude entre 2 ou mais pontos. Não é necessário deslocar-me a um determinado local com a App para saber a altitude. Basta posicionar a cruz branca no local pretendido do mapa. Embora a App seja gratuita, a funcionalidade que permite definir um trajeto tem o custo de 3,49 EUR, valor que é mais do que justificado tendo em conta as informações que a App fornece.

 

Na imagem seguinte, à esquerda, é possível visualizar que ao nível do mar a altitude é de 0 metros. Algures em Matosinhos, a altitude é de 27 metros.

IMG_5569IMG_5570

448 metros de altitude, algures em Vila Real (imagem à esquerda). Na imagem da direita, 1990 metros, na Serra da Estrela.

IMG_5571IMG_5618

 

Num dos vários voos que programei com o Flight Plan, o drone colidiu com uma árvore, numa montanha. O erro foi exclusivamente meu. Desenhei todo o trajeto do drone e em parte desse trajeto, o drone iria sobrevoar um monte com alguma elevação. A altura que defini no plano efetivamente não era suficiente e o drone acabou por colidir com uma árvore. No mapa que é apresentado pela App da Parrot não é apresentada a altitude real (em relação ao nível do mar) de cada ponto, nem uma informação gráfica do relevo do solo. No momento da queda perdi conexão com o drone e deixei de o ouvir o motor. Felizmente foi possível recuperar o equipamento sem nenhum dano, após deslocar-me para a última localização reportada pelo drone para o comando e para a aplicação.

 

Diferenças entre Altura, Altitude e Nível de Voo

 

Se tivesse utilizado a App Maps 3D e tivesse traçado uma rota entre os 2 pontos mais críticos, em que iria sobrevoar o monte em questão, teria percebido logo que deveria ter configurado uma altura superior. Por exemplo, se lançar o drone no ponto A (na imagem em baixo, o ponto à esquerda), em que estou aproximadamente a 560 metros de altitude e configurar o drone para voar para o ponto B, sempre a 50 metros de altura, então o drone irá estar a voar a 610 metros de altitude. Será suficiente para atravessar a montanha que está entre A e B? Obviamente que não, já que o ponto mais alto da montanha tem 614 metros de altitude. Mais ainda quando devemos considerar a possibilidade da existência de árvores,  cabos, torres, postes, entre outros obstáculos. Neste caso o mais seguro teria sido configurar uma altura de voo de, pelo menos, 150 metros.

Em teoria, aos 54 metros de altura o drone iria voar tangente com o pico da montanha. Os restantes 96 metros seriam, à partida, suficientes para o drone voar por cima de eventuais obstáculos.

 

IMG_5619

 

 

Outra forma de consultar a altitude de um determinado local é através do conhecido Google Earth. Para além de existir uma aplicação disponível para vários sistemas operativos, também é possível executar o Google Earth diretamente no navegador. Testei apenas com o Google Chrome e funcionou na perfeição (não sei se funciona em outros navegadores). A altitude é mostrada no canto inferior direito, à medida que move o cursor no mapa. Como seria de esperar, a altitude não tem em conta a altura dos edifícios e de outros “obstáculos” não naturais. Testei mover o cursor de uma rua para um edifício mesmo ao lado, que tem mais de 10 andares, e a altitude mostrada pelo Google Earth não foi alterada.

GE

Um pormenor interessante do Google Earth é que ele também mostra, no canto inferior direito, a altitude da “câmara”. Ou seja, se fizer mais ou menos zoom, no mesmo local, consegue ter a percepção de qual é a altura/altitude necessária para captar a imagem que está a visualizar. Isto pode ser útil ao planear um voo, quando pretendemos saber qual o melhor enquadramento para registar um determinado local ou objeto, de uma determinada forma ou com um determinado detalhe.

 

 

COMO O PILOTO DECIDE A ALTITUDE DE VOO?

 

AEROLAB – O que a Pressão Atmosférica tem a ver com a Altitude? TUDO!

 

6 Variação do Clima Altitude e Pressão Atmosférica

 

How do the Altimeters work and what is a Flight Level?

 

 

Terminologia e Nomenclaturas:

Estas definições são utilizadas no meio aeronáutico e por conseguinte na comunicação com as mais diversas entidades, nomeadamente para a solicitação de autorização de voo.

ASL (Above Sea Level) – Acima do nível do mar

AGL (Above Ground Level) – Acima do nível do solo

MSL (Mean Sea Level) – Nível médio do mar

VLOS (Visual Line Of Sight) – Operação à linha de vista

BVLOS (Beyond Visual Line Of Sight) – Operação além da linha de vista

 

 

Páginas relacionadas:

Question on how Altitude is measured

Regras para a operação de “drones” e a sua utilização ao serviço da segurança

Altura (medida)

 

 

Parrot Flight Plan

Anúncios

Ações

Information

One response

30 04 2019
Parrot Bebop 2-Um drone com uma relação qualidade/preço imbatível | ..::invisible flame light::..

[…] Parrot FreeFlight Pro-Configuração da Altitude no Flight Plan […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: