INVOXIA-Localizador GPS de nova geração

16 06 2019

Não é todos os dias que surgem no mercado produtos tão inovadores e diferentes como o localizador GPS da Invoxia. Localizadores GPS existem há muito tempo e são utilizados nas mais diversas situações, como por exemplo em carros e motas, animais, carteiras, pessoas, etc. A diferença entre o localizador da Invoxia e os localizadores “comuns” é que este não requer um cartão SIM porque não se liga às redes celulares dos operadores tradicionais como a MEO, Vodafone e NOS, por exemplo, no caso de Portugal.

 

O GPS tracker da Invoxia, desenvolvido por uma empresa francesa com o mesmo nome, não se liga diretamente à Internet, mas sim à rede Sigfox (no caso de Portugal). Em outros países poderá ligar-se à rede Sigfox ou à rede LoRa (conforme o caso) para comunicar a localização GPS. Estes dados são posteriormente transmitidos ao utilizador, via Internet, através de uma App, existente para iOS e Android. Estas redes de baixo débito e baixa potencia, também designadas de 0G, foram projetadas e desenvolvidas para comunicação de dispositivos que necessitam de muito baixa largura de banda e consumo energético, como o caso de dispositivos IoT. Estas redes, denominadas de LPWAN (low-power wide-area network), estão ainda em desenvolvimento e é portanto muito importante que o utilizador verifique a cobertura do serviço nas áreas onde pretende utilizar dispositivos que utilizem estas redes, antes de proceder à aquisição do equipamento e subscrição dos serviços, se for o caso.  Como resultado desta tecnologia, a autonomia deste localizador GPS é bastante alargada, podendo chegar a vários meses.

 

111

 

Este equipamento tem o custo aproximado de 99 EUR, já com 3 anos de contrato de comunicações incluído. Posteriormente, após o terceiro ano, o custo é de 9,99 EUR por ano. Comparativamente a outros localizadores GPS existentes no mercado, considero que o preço deste equipamento é bastante acessível, mais ainda quando inclui 3 anos de comunicação de dados.

 

222

 

Para além da tecnologia que permite enviar dados através das redes LoRa e Sigfox (868mHz/915mHz), está também disponível conectividade Bluetooth (BLE 4.0), para configuração do localizador, atualização do firmware e localização a curta distancia, WPS (Wi-Fi Positioning System) para localização indoor e sensores que detetam movimento e inclinação. Em relação à bateria, esta pode ser carregada via USB (cabo incluído). A tecnologia que este equipamento incorpora é bastante alargada, conforme se pode verificar.

 

333

 

Utilizo desde há vários anos alguns localizadores Bluetooth, na carteira, chave do carro, chaves de casa, entre outros objetos. Já experimentei vários, de fabricantes diferentes, nomeadamente Tile, Lapa, entre outros. No entanto todos eles têm a limitação da conectividade Bluetooth, que são apenas alguns metros. O localizador da Invoxia também possui esta funcionalidade, no entanto vai ainda mais longe, no verdadeiro sentido da palavra. O localizador pode ser “encontrado” quer a custa distancia (via Bluetooth), quer a longas distancias, existindo apenas o limite da cobertura das redes Sigfox e Lora. Da análise que fiz este equipamento é impar no mercado.

 

Estou a utilizar o produto há sensivelmente um mês, quase sempre no carro, o que permite ter uma opinião mais concreta sobre o mesmo. Inicialmente foi necessário carregar completamente o localizador, o que demora 80 minutos. Posteriormente instalei a Aplicação, criei uma conta e segui as instruções do assistente que associou o localizador à minha conta e à aplicação. Na utilização do dia-a-dia aconteceu por várias vezes o localizador não registar a passagem por diversos locais, mesmo quando o meu carro, neste caso, esteve por várias horas parado no mesmo local. Sendo um equipamento que utiliza frequências de rádio para comunicar com a rede, a mesma situação poderá acontecer em locais como caves, parques subterrâneos, etc. Tal como acontece com as redes utilizadas pelos telemóveis, que utilizamos todos os dias, existem vários fatores que influenciam a comunicação entre os dispositivos e os operadores. Esta situação certamente não será problema do localizador mas sim dever-se-á ao facto de a rede Sigfox não estar disponível em algumas zonas.

 

Clique na imagem em baixo para aceder à página que permite conhecer a disponibilidade da rede Sigfox em cada país.

image

Poderá consultar no site www.sigfox.com a cobertura da rede em Portugal e também em outros países. Atualmente a rede está mais disseminada na Europa, no entanto começa a crescer noutros continentes. Em Portugal a empresa Narrow Net S.A. detém os direitos exclusivos da rede Sigfox.

 

Em relação aos sensores, o sensor de movimento faz despoletar um alerta, que é mostrado no smartphone, sempre que, por exemplo, entro no carro (imagem em baixo à esquerda). Nem sequer é necessário colocar o veículo em andamento. Funciona igualmente, por exemplo numa gaveta, numa porta, etc. Neste caso o localizador GPS funciona mais como um sistema de alarme e sistema anti-roubo, para ser utilizado, por exemplo, dentro de casa. A correia de couro, que está incluída, permite pendurar facilmente o localizador nos mais diversos objetos e locais. A funcionalidade de alerta ao ser detetado movimento poderá ser desativada se assim for pretendido.

 

A bateria, após 1 mês de utilização, está a cerca de 25% da sua capacidade. Excelente, tendo em conta a finalidade deste equipamento. Claro está que a autonomia é variável e resulta não só das configurações e funcionalidades existentes, mas também do numero de vezes que o aparelho comunica a localização. Por exemplo, se existir movimento constante, são efetuadas mais comunicações. No inicio também é normal que a bateria seja consumida mais rapidamente, já que, por norma, ao explorar o equipamento vamos utilizar mais funcionalidades. Ao chegar aos 20% de carga é enviada uma notificação ao utilizador.

IMG_6672Image-1 (2)

Quando o o localizador permanece na mesma localização, sem movimento por várias horas, a sua posição, ainda que seja a mesma, é comunicada de 4 em 4 horas. Na imagem da direita, em cima, é possível verificar que no dia 6 de Junho de 2019 o localizador comunicou a sua última posição do dia às 23:55h. Passadas 4 horas, já no dia 7, voltou a comunicar a posição às 3:55h. Todos os dados, data, hora e coordenadas, ficam armazenados na aplicação, desde o primeiro dia de utilização. Após selecionar um determinado dia é possível consultar a informação de diversas formas. Em formato lista (imagem da direita, em cima) no mapa (imagem em baixo à esquerda) e num formato de linha do tempo (imagem em baixo à direita).

99IMG_672899IMG_6729

Uma das maiores limitações (que pode ser considerada uma característica) é o facto de não ficar representado no mapa o movimento real do localizador GPS. Apenas são registados pontos e retas. Por exemplo se o localizador estiver dentro de uma viatura, e essa viatura se deslocar entre o Porto e Lisboa, a consulta do percurso não mostra as que estradas foram percorridas. Apenas é mostrada uma linha reta entre o Porto e Lisboa, não sendo possível visualizar todos os pontos intermédios. Esta limitação poderá ser irrelevante para determinadas situações e determinados utilizadores, mas poderá ser um fator negativo para outros utilizadores.

 

Em movimento a localização é comunicada de 5 em 5 minutos (neste modo é consumida mais bateria), ou de 10 em 10 minutos, conforme a configuração selecionada. Mais uma vez é importante referir que isto só acontece se o equipamento estiver numa zona com cobertura de rede. Aqui reside outro aspeto negativo. Não é possível saber, através da App ou do equipamento, se o mesmo se encontra “ligado à rede”. Presumo que tecnicamente isto até nem seja possível, já que, pelo que percebi, a comunicação é apenas num sentido, do localizador para a rede Sigfox/aplicação. Nem sequer é possível configurar o aparelho remotamente. Apenas quando o aparelho se encontra junto do smartphone, pode ser configurado através da conexão via Bluetooth.

 

A comunicação por Bluetooth também é utilizada pela funcionalidade Find Me para encontrar o localizador, através de um indicador sonoro e luminoso, quando este está num raio de poucos metros (imagem da esquerda, em baixo). Muito ao estilo da Lapa ou Tile, em que é mostrado um radar que mostra uma localização aproximada do localizador. O objetivo é, por exemplo, encontrar um objeto dentro de casa, como uma carteira, uma mochila, etc.

Image-1 (3)Image-1 (2)

Uma das várias possibilidades da aplicação é configurar áreas especificas, por exemplo, casa, trabalho, escola, em que, cada vez que o localizador entrar ou sair dessa área especifica é enviado um alerta ao utilizador (imagem da direita).

 

O localizador tem um botão, que serve para reiniciar o equipamento (se pressionado por vários segundos) e para verificar se o mesmo está a funcionar. Um toque curto despoleta o envio de uma notificação para o smartphone com a localização naquele momento. Existe ainda um Led que indica o estado do carregamento, assim como é utilizado pela função Find Me, que já referi acima. A quantidade de dados móveis utilizados pelo Invoxia, durante um mês, numa utilização normal, não deve ultrapassar os 20 MB de dados. Uma informação importante para utilizadores que têm tarifários que incluem pouco trafego.

 

Clique nas imagens seguintes para visualizar o posicionamento das tecnologias LoRa e Sigfox, assim como de outras tecnologias.

image

SigFox

 

A Invoxia produz ainda um modelo de localizador especifico para animais, com algumas diferenças em relação ao localizador que testei. É à prova de água, até 1 metro (IP67), pesa 15 gramas e está preparado para ser preso numa coleira. A aplicação é a mesma que é utilizada no localizador que testei, muito embora tenha funcionalidades diferentes. O preço é de 119 EUR.

pet-tracker-cat-dog

 

Para o sector industrial, empresarial e para soluções “à medida”, a Invoxia disponibiliza consultoria orientada às necessidades do cliente, assim como uma gama especifica de equipamentos, onde é possível gerir os localizadores numa plataforma web.

 

 

Como são gerados os envios de localização do localizador para a App?

  • Quando o localizador está em movimento.
  • De 4 em 4 horas quando o localizador não está em movimento.

Notas:

  • Não é possível “forçar” o envio da localização a partir da aplicação.
  • Não são enviados dados a partir do localizador quando este se move ao mesmo tempo que se encontra dentro da mesma rede WiFi.

 

 

Aspetos positivos

  • Equipamento inovador.
  • Leve (30 gramas).
  • Design atrativo e elegante.
  • Relação qualidade/preço excelente.
  • 3 anos de comunicações incluídas (9,99 EUR a partir do quarto ano).
  • Autonomia que pode chegar até 6 meses.
  • Não é possível desligar o localizador através do equipamento. Para o fazer é necessário remover o mesmo da conta (aplicação).
  • A aplicação (compatível com iPhone, iPad, iPod touch , Android) pode gerir e controlar vários localizadores GPS.
  • Firmware actualizável (através de Bluetooth).

 

 

Aspetos negativos

  • A aplicação deveria permitir um nível mais avançado de configurações.
  • O seu design poderia ser otimizado para não ser um equipamento tão comprido.
  • Não existe qualquer indicação sobre a ligação (ou não) à rede.
  • Aparentemente a comunicação com o localizador é só num sentido. Apenas quando este está ligado ao smartphone, via Bluetooth, é possível alterar configurações.
  • Restrições ao nível da disponibilidade das redes de comunicação. No que diz respeito a Portugal, os Açores e a Madeira ainda não estão comtemplados, assim como algumas zonas rurais do continente.
  • Existe alguma imprecisão na medição do nível de bateria. No mesmo dia em que chegou a 20% passou para 6%! Outras vezes o nível de bateria aumentou com o passar do tempo, ainda que poucos valores percentuais (de 22% para 24% por exemplo).

 

 

Sugestões de melhoria

  • Poderia existir um sistema de envio de notificações e alertas (configurável) via SMS e e-mail. O localizador comunicaria com os servidores da Invoxia, via LoRa ou Sigfox, e estes, por sua vez, comunicariam por SMS e por e-mail com o utilizador. Atualmente apenas é enviado um e-mail ao utilizador para alertar sobre o nível de bateria baixo e muito baixo.
  • Poderia existir uma funcionalidade para gravar todo o percurso entre 2 pontos. Por exemplo se o localizador estiver numa viatura, e essa viatura se deslocar entre o Porto e Lisboa, a consulta do percurso não mostra as estradas percorridas, velocidade, etc. Apenas é mostrada uma linha reta entre o Porto e Lisboa, não sendo possível visualizar todos os pontos intermédios.

 

 

Artigos relacionados:

Lapa 2 – Review

Lapa 2

Sistemas de Navegação por Satélite

Sony lança chip para comunicações wireless IoT

Empresa Portuguesa cria sistema de monitorização de atletas nos Jogos Olímpicos

VIATEL É PIONEIRA EM PORTUGAL NA CONSTRUÇÃO DE REDES IOT – INTERNET OF THINGS

NarrowNet disponibiliza rede SigFox exclusiva para IoT em Portugal

Portugal vai ter a primeira rede das coisas a funcionar no final de 2015

 

 

 

Os produtos da Invoxia podem ser adquiridos na loja online da Invoxia, onde poderá obter descontos para compras em quantidade, mas também estão disponíveis em muitos retalhistas como na Amazon.es, e muitas outras lojas em Portugal.

 

 

Modelo do equipamento utilizado neste artigo: LWT 100 (firmware 4.22.1)

 

 

www.invoxia.com


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: