Tribunal dá razão à Ordem dos Contabilistas em processo sobre venda de ‘software’

18 01 2018

Fonte: www.jornaldenegocios.pt

Mais de três dezenas de empresas avançaram com providência cautelar para impedir a ordem dos Contabilistas Certificados de vender ‘software’ próprio aos membros e pedindo uma indemnização de 11,75 milhões de euros. O tribunal não lhes deu razão e indeferiu a providência cautelar.

 

Tribunal dá razão à Ordem dos Contabilistas em processo sobre venda de ‘software’

 

O Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa decidiu indeferir a providência cautelar interposta contra a Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC) por venda de ‘software’ internamente, anunciou a OCC em nota na sua página da internet.  Em causa estava uma acção interposta há cerca de um ano por 32 empresas que pretendiam que a Ordem fosse impedida de vender ou disponibilizar as licenças de utilização e outras prestações de serviços relacionados com o ‘software’ TOConline, disponibilizado aos membros. Pediam também que a OCC deixasse de poder publicitar o TOConline, de dar formação sobre o seu funcionamento ou de sequer prestar apoio telefónico aos utilizadores. E, ainda, uma indemnização de 11,75 milhões de euros.

"Fomos agora notificados pelo Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa, que a providência cautelar foi indeferida" pelo que "a Ordem pode continuar a disponibilizar a ferramenta informática TOConline, para apoiar o trabalho dos Contabilistas Certificados", refere a bastonária da OCC, Filomena Moreira, na nota divulgada esta manhã.

Leia o resto deste artigo »

Anúncios




Blocks Zero–1 ano a imprimir

13 01 2018

Faz precisamente um ano que comprei a Impressora Blocks Zero, da Blocks Technology. Se ainda não conhece esta Impressora 3D, leia este artigo.

Após todo este tempo a imprimir, seguramente a máquina já terá acumuladas mais de 1000 horas de funcionamento (a uma média de 3 horas por dia) e já imprimiu algumas centenas de modelos, desde simples, que demoraram apenas alguns minutos, até modelos mais complexos que demoraram várias horas para serem completados. Foram utilizados vários tipos de filamento, desde PLA “normal”, até madeira, filamento flexível, fluorescente, cobre, entre outros.

É impressionante a fiabilidade que uma impressora com um custo tão reduzido, de aproximadamente 350 Euros, consegue ter. Passado um ano esta impressora ainda continua a ser uma excelente opção a ter em conta. Primeiro pela sua fiabilidade, mas também pela relação qualidade/preço, que é imbatível.

 

No automatic alt text available.

 

Apesar de ter sido maioritariamente pensada para o universo dos makers, já que normalmente é vendida em KIT para ser posteriormente montada pelo utilizador, se este não estiver familiarizado com projetos DIY (Do It Yourself/Faça você mesmo), recomendo fortemente que questione a Blocks Technology se pode enviar a impressora já montada. Penso que no meu caso, que comprei a impressora já montada por não estar assim tão interessado no processo de montagem, foi o segredo do sucesso. Apesar de o processo de montagem estar muito bem documentado e ser aparentemente rápido e fácil, a verdade é que muitos utilizadores não estão propriamente interessados nele. Querem apenas começar a imprimir com a melhor qualidade possível, logo depois de tirar a impressora da caixa.

 

No automatic alt text available.

 

Após 1 ano a impressora continua tão precisa e consistente como inicialmente. Nunca tive sequer que apertar um parafuso ou fazer qualquer tipo de alteração à impressora. Em baixo, fruto da minha experiencia com esta impressora, evidencio alguns aspectos positivos e menos positivos, sugestões de melhoria, assim como alguns problemas enfrentados.

 

 

Aspectos positivos

  • Só foi necessário calibrar a impressora uma ou duas vezes durante todo este tempo. Mesmo após transportar a impressora ou mover a mesma de sitio, não foi necessário logo naquele momento calibrar a plataforma de impressão.
  • A fiabilidade e precisão continua impecável, depois de todo este tempo.
  • Existiram pelo menos três atualizações de firmware, que optimizaram o processo de load/unload do filamento entre outras melhorias, assim como corrigiram alguns problemas. Detalhes aqui.
  • Muito raramente a impressora teve comportamentos erráticos. Desligar a impressora, voltar a ligar e repetir a impressão resolveram o problema.

Leia o resto deste artigo »





Análise-Filamento para Impressoras 3D EUMAKERS

3 01 2018

Artigo relacionado: Eumakers-Fabricante Italiano de Filamento para Impressoras 3D

 

O filamento produzido pela EUMAKERS, em Itália, é um filamento de qualidade premium que utiliza materiais food-safe.

A bobina de 1 kg vem embalada a vácuo, selada numa embalagem de plástico, contendo no seu interior uma saqueta de sílica para absorver a humidade. A bobina vem dentro de uma caixa de papelão, que inclui ainda um saco de armazenamento, com fecho, para colocar a  bobina sempre que esta não for utilizada.

Durante a utilização dos vários filamentos que me foram enviados para análise (diâmetro de 1,75 mm) não detetei nenhum problema com o produto, nomeadamente no que diz respeito à  aderência do filamento à plataforma de impressão, nem deformação (warping). As impressões ficaram bastante consistentes e com qualidade uniforme.

 

EUMAKERS_logo (1)

 

Na bobina de 1 kg de filamento, com 4 cores (250 g x 4), apenas detetei um pequeno contratempo derivado do facto de numa das várias impressões que fiz a impressora não ter conseguido continuar a puxar o filamento, o que fez com que uma impressão que já tinha iniciado à várias horas, tenha ficado completamente inutilizada. A impressora “imprimiu” várias camadas, sem filamento. É necessário referir que esta bobina tem 4 filamentos distintos, de cores diferentes. Apesar das extremidades de cada um dos filamentos estarem devidamente “presas” com autocolante, para evitar o entrelaçamento, esta situação ocorreu. Nada de grave, no entanto algumas horas de impressão foram perdidas. Não sendo muito comum, esta situação também acontece com filamentos de outros fabricantes. Ou porque o filamento não foi devidamente alinhado durante a sua colocação na bobina ou, mais comum, quando é necessário guardar uma bobina depois de ter sido parcialmente utilizada, não existindo o cuidado de prender a extremidade.

 

IMG_9025

A impressora utilizada para testar o filamento da EUMAKERS foi a Blocks Zero e as configurações utilizadas no Cura (versão 15.02.1) foram: layer 0.2 mm (à exceção do barco vermelho em que a impressão foi efetuada com layer de 0.1 mm); velocidade de 40 mm/s ou inferior (velocidade recomendada pela EUMAKERS para a grande maioria dos filamentos que produz); sem plataforma de impressão aquecida. Apesar de a temperatura de impressão recomenda se situar entre os 190 °C e os 210 °C, imprimi, como normalmente, a 220 °C.

 

  

Especificações técnicas do PLA Basic

image

 

 

Fotos de impressões efetuadas com o filamento PLA Basic Multi-color

IMG_9054

IMG_9058

IMG_9061

IMG_9084

IMG_9085

Leia o resto deste artigo »





Comunicado Importante – SAFT 1.04 em 2018

22 12 2017

Fonte: Zone Soft

 

A partir de 1 de janeiro de 2018, só os ficheiros que respeitam a nova estrutura de dados, ou seja, a versão 1.04 serão aceites, aquando da sua submissão, no Portal das Finanças.

Reforçamos também o facto de que, para todas as faturas emitidas a partir de 1 de julho de 2017, o ficheiro normalizado estruturado com base no ficheiro SAF-T (PT) deve observar o formato constante do anexo à Portaria n.º302/2016, de 02-12, correspondente à versão 1.04_01.

Leia o resto deste artigo »





Impressão 3D–Lista de recursos

7 12 2017

Neste artigo pretendo reunir e centralizar um conjunto de vários recursos relacionados com a Impressão 3D, desde fabricantes de impressoras e filamentos, sites para descarregar modelos e para modelar, feiras, workshops, entre outros. Principalmente para iniciantes neste mundo que é a impressão 3D este artigo é de leitura obrigatória uma vez que pretende dar a conhecer tudo o que é necessário para a iniciação nesta tecnologia e para potenciar a sua utilização.

 

Resultado de imagem para 3d printing

 

Esta lista não tem por objetivo ser extensa, mas sim uma lista minimalista que procura principalmente divulgar alguns dos recursos com os quais já tive contacto, nomeadamente fabricantes, produtos, feiras, workshops, software, sites, etc..

 

Resultado de imagem para impressão 3d fdm

Os recursos aqui disponibilizados estão relacionados principalmente com a tecnologia de impressão 3D mais comum, FFF (Fused Filament Fabrication), em que é depositado plástico fundido, camada sobre camada, para formar um objeto tridimensional.

 

 

 

O que é a impressão 3D?

Resultado de imagem para impressão 3d fdm

Expresso – Impressão 3D: faça você mesmo

CODI – Impressão 3D

Observador – Vai uma impressão 3D neste Natal?

Wikipédia – Impressão 3D

 

 

 

Fabricantes de impressoras

Resultado de imagem para blockstec 3d

BEEVERYCREATIVE – Fabricante português que desenvolve a premiada impressora BEETHEFIRST, assim como outros modelos que surgiram depois desta. Leia um review à BEETHEFIRST neste artigo.

Blocks Technology – Outro fabricante português que desenvolve impressoras de baixo custo como a BLOCKS ZERO e BLOCKS ONE. Desenvolve ainda impressoras à medida, assim como presta serviços de consultoria. Leia este artigo relacionado com a BLOCKS ZERO.

BQ – A Espanhola BQ foi um dos primeiros fabricantes do mundo a conceber, desenvolver, produzir e comercializar impressoras 3D em larga escala. Atualmente tem disponíveis 4 modelos de impressoras.

MakerBot – Fabricante norte americano que faz parte dos líderes do sector a nível mundial.

Ultimaker – Fabricante holandês que faz parte dos líderes do sector a nível mundial.

Poly! – Sediada em Itália, a Poly ainda não tem um produto no mercado mas espera vir a ter em breve após a campanha de financiamento coletivo que decorre no Kickstarter. A micro impressora destaca-se pelas suas várias facetas que vão para além da impressão 3D. Mais informações aqui.

Anet – Este fabricante asiático é atualmente muito popular entre os entusiastas da impressão 3D, nomeadamente iniciados nesta tecnologia, uma vez que disponibiliza no mercado impressoras com uma impressionante relação qualidade preço. É o caso do modelo Anet A8, uma impressora que “em peças” que o utilizador tem que montar. É possível comprar esta impressora em várias lojas online como na Gearbest, por valores que se sitiam habitualmente entre os 100 e os 150 Euros (com custos de envio reduzidos ou inexistentes). Tem uma área de impressão de 220 x 220 x 240 mm, mesa aquecida, LCD entre outras características normalmente presentes em impressoras mais caras. Mais informações aqui e aqui.

Este excelente guia da 3D Hubs, atualizado frequentemente, organiza várias impressoras em várias categorias, num ranking baseado em vários critérios. Consulta obrigatória que obriga a escolher o modelo ideal com base no que pretende e no orçamento disponível.

 

 

 

Slicing software

Cura – Software gratuito que acompanha as impressoras de alguns fabricantes. Pode ser descarregado no site da Ultimaker.

Simplify3D – Software pago (149 USD) de qualidade excepcional. O numero de configurações impressiona pela positiva. O problema é que nem todos os fabricantes de impressoras disponibilizam perfis (configurações) para este software, o que dificulta ou impossibilita a utilização com impressoras menos conhecidas no mercado. A lista de impressoras compatíveis pode ser consultada aqui.

 

 

 

Fabricantes de filamento

Resultado de imagem para filament bq

BQ – Fabricante espanhol. Apenas fabrica filamento PLA de 1,75 mm em bobinas de 1KG e 300 gramas.

BEEVERYCREATIVE – Fabricante português. Comercializa PLA, Nylon, PETG e TPU-Flex. Apenas disponibiliza filamentos com diâmetro de 1,75 mm.

EUMAKERS – Este fabricante italiano tem a maior variedade de materiais, cores e diâmetros, quando comparado com os 2 anteriores. A oferta de cores e materiais é enorme. Leia este artigo de opinião sobre a Eumakers.

 

 

 

Leia o resto deste artigo »





11 dúvidas de quem muda de Software de Faturação

5 12 2017

Fonte: www.vendus.pt

 

11 dúvidas de quem muda de Software de Faturação

 

Autoridade Tributária

Posso mudar de programa de faturação a qualquer altura?
Sim. Não necessita aguardar pelo final do mês ou do ano fiscal para o fazer.

O que devo ter em atenção obrigatoriamente quando mudar de software?
Verifique se:

    • O programa de faturação é certificado pela AT (consulte a lista);
    • Dispõe das funcionalidades que necessita (ex: gestão de stocks, conta corrente de clientes, entre outros);
    • Se adapta ao seu equipamento.

    Muitos softwares permitem que experimente de forma gratuita por um período de tempo. Peça uma demonstração ou crie uma conta e experimente emitindo, se possível, faturas teste (sem validade fiscal).

     

     

     

    SAF-T

    Posso ter mais do que um software de faturação?
    Sim. Pode emitir documento a partir de mais do que um software, com o mesmo NIF. No entanto, confirme que ambos são certificados e as séries de faturação são diferentes.

     

    Como se processa o envio do SAF-T junto das Finanças, nesse caso?
    Poderá continuar a comunicar as faturas no E-fatura do mesmo modo. Submeta um SAF-T de cada vez. A AT permite que submeta vários SAF-T.

     

     

     

    Séries de Faturação e Documentos

    Ao mudar de software, a série deve começar no 1 ou continuar a partir do último documento emitido no software anterior?
    Deverá sempre começar a partir do número 1, certificando-se de que as séries são diferentes. Deverá verificar se o número após a identificação do documento é diferente da série que tem agora. No Vendus, por exemplo, para uma fatura emitida com o número FT 01P2017/1, o código da série é 01P2017 (deverá ser diferente entre softwares). Alguns softwares permitem que crie as suas séries. Outros criam automaticamente. Neste último caso, se verificar que o número de série é igual, peça à equipa técnica para alterar.

     

    Posso ter mais do que uma série de faturação?
    Sim. O número das séries pode diferir por localização e software de faturação. Isto significa que poderá acontecer em 2 casos:

    • Ter mais do que um software de faturação;
    • Ter mais do que uma loja.

     

    Preciso retificar uma fatura emitida do software anterior. Como faço?
    Poderá emitir uma Nota de Crédito no novo software, indicando nas Observações a que fatura se refere. Poderá também emitir uma fatura manual.

    Leia o resto deste artigo »





    Eumakers-Fabricante Italiano de Filamento para Impressoras 3D

    20 11 2017

    Sediada em Itália a Eumakers é um fabricante de filamento para Impressão 3D que se tem destacado pela variedade da sua oferta em relação aos seus concorrentes. Produz 92 filamentos diferentes que se dividem nas categorias Basic (PLA “normal”), Fluorescent, Pearly, Metallized, Metallic, Iridescent, Glossy, Glitter, Photoluminescent e Recycled/Bio. A variedade da oferta é realmente impressionante. Neste momento a Eumakers possui a maior variedade de cores no mercado.

     

    EUMAKERS_logo (1)

     

    Como termo de comparação, a BEEVERYCREATIVE, fabricante português,  tem disponíveis 13 cores de PLA, 3 de TPU-FLEX, 2 cores PETG e 3 cores de NYLON (no total disponibiliza 21 produtos). A BQ, espanhola, oferece 17 cores de PLA, não produzindo filamento de outros materiais. Estes 2 fabricantes apenas produzem filamento de 1.75mm, algo que é perfeitamente compreensível já que, para além do filamento, desenvolvem e comercializam impressoras que apenas estão preparadas para este diâmetro. A Eumakers mais uma vez se destaca já que para além de 1.75mm, disponibiliza também filamento com diâmetro de 2.85mm. Embora não fabrique, a Eumakers vende impressoras de vários fabricantes como Ultimaker, BQ, BEEVERYCREATIVE e WASP sendo que alguns dos modelos comercializados estão preparadas para utilizar filamento com diâmetro 2.85mm. Outra diferença em relação a outros fabricantes de filamento está no facto de a Eumakers produzir bobinas de PLA Basic com 2 cores (de 500g cada) e com 4 cores (de 250g cada).

    Interessado em vender filamento com a sua marca e o seu logótipo? A Eumakers também fabrica filamento para outras empresas que não tenham capacidade produtiva mas que desejem ter filamento com marca própria.

     

    Outra das particularidades da Eumakers é o facto de parte das peças de algumas bobinas  poderem ser reaproveitadas para construir diversos objetos, juntamente com a impressão de modelos 3D (ficheiros STL) que são disponibilizados. Um conceito muitíssimo interessante que permite dar uma nova vida às bobinas que, sem filamento, têm pouca ou nenhuma utilidade (exemplos na imagem em baixo e também aqui). Outro detalhe que não foi deixado ao acaso é o facto de, para além da saqueta de sílica gel (que é habitual encontrar nas bobinas de outros fabricantes), ser também enviado um saco de armazenamento, com fecho, para colocar a  bobina sempre que esta não for utilizada. O PLA é um material que pode ver as suas propriedades alteradas quer pela temperatura quer pela humidade. A atenção ao detalhe vai ainda mais longe. Existem tabelas com a temperatura ideal a que cada produto deve ser utilizado nas impressoras dos fabricantes Ultimaker e WASP assim como estão disponíveis perfis do Cura, otimizados para a utilização de filamento da Eumakers nas impressoras BQ Witbox e Hephestos.

     

    Banner_Facebook_EUMAKEIT_1200x628_rev.01

     

    Em Portugal o filamento da Eumakers pode ser encontrado na Ponto Z, think3D, Diverte e na Print4fun3D. Poderá também comprar filamento diretamente à Eumakers, no entanto há que ter em conta o eventual custo dos portes de envio e a demora na entrega (neste momento existe a oferta da entrega no caso da compra de 4 ou mais bobinas).

    Na loja online da Eumakers o preço de 1 bobina de PLA Basic (1 Kg) é de 29.50 Euros + impostos o que perfaz o valor de €35.99. Não esquecer que podem ainda ser adicionados a este valor os portes de envio (que variam entre 17.05 e 24.99 Euros no caso de envio para Portugal). Na Ponto Z o valor de cada bobina é de 36.29 Euros. A diferença de valor, que é mínima, acaba por compensar a compra na Ponto Z já que poderá adquirir diretamente na loja (que se situa em Viseu) ou através do envio por transportadora GLS ou CTT, com valor de portes muito inferior ao valor praticado pela Eumakers.

     

    11Capture

    Leia o resto deste artigo »








    %d bloggers like this: