Visualizador SAFT & Existências v10 Projecto Colibri

21 01 2015

Foi disponibilizado pelo Projecto Colibri o Visualizador SAFT & Existências que permite consultar o conteúdo do ficheiro XML relativo à Comunicação do Inventário de Existências à AT (Portaria n.º 2/2015, de 06/01).

 

image

Leia o resto deste artigo »





Boonzi 40

10 01 2015

Foi disponibilizada na semana passada a versão 40 do  Boonzi. Esta versão à muito aguardada pelos utilizadores, permite orçamentar e prever o futuro financeiro (MegaBudgets).

Todas as novidades aqui.

Para comprar o Boonzi com 10 EUR de desconto, carregue aqui.

 

Boonzi 40

 

Leia o resto deste artigo »





Comunicação de stocks deve aumentar receita fiscal em 50 a 100 milhões de euros

10 01 2015

Fonte: Dinheiro Vivo

 

 

As empresas com um volume de negócios anual superior a 100 mil euros passaram a estar obrigadas a comunicar por via eletrónica à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) as mercadorias que têm em stock. A data para o fazerem termina a 31 deste mês e estima-se que esta medida leve a uma correção na receita do IVA e do IRC entre 50 a 100 milhões de euros.

 

Entre os elementos que as empresas têm de comunicar à AT inclui-se o tipo de produtos em stock, o código único que os identifica e ainda a sua descrição, de acordo com o previsto na portaria que define a estrutura e características da tabela do inventário, e que foi publicada esta terça-feira, em "Diário da República".

Os agentes económicos têm ainda de indicar a quantidade de existências final relativa ao período a que reporta o inventário, bem como o período de tributação a que este se refere. A comunicação eletrónica de stocks vai abranger cerca de 350 mil empresas e pretende constituir mais um passo no combate à fraude e evasão fiscais em matéria de IVA e de IRC. Com base nesta informação, a administração fiscal fica com meios para reforçar o cruzamento de dados e para detetar discrepâncias entre a faturação de uma empresa, os bens em circulação e os que integram o seu inventário. A Secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais estima que esta nova ferramenta possa gerar uma correção na receita fiscal entre 50 a 100 milhões de euros em 2015.

 

A AT disponibilizou no seu portal, no início de dezembro, um ‘draft’ de formato de ficheiro através do qual os agentes económicos irão comunicar os elementos do seu inventário por via eletrónica.

 

As empresas já estavam obrigadas a fazer os inventários até ao final do primeiro mês de cada ano, mas só a partir de 2015 passam também a ter de partilhar estes dados com a AT.

Leia o resto deste artigo »





Ação do fisco reduz em 30% stocks declarados por empresas inspecionadas

18 12 2014

 

Fonte: Dinheiro Vivo

 

A Autoridade Tributária e Aduaneira colocou ontem no terreno 2.034 funcionários a inspecionar os inventários de 10.131 empresas de norte a sul do país. Os primeiros resultados desta operação indicam que as empresas estavam a declarar um volume de bens em armazém que superava em cerca de 30% ao que realmente existia.

 

 

 

A redução em quase um terço das mercadorias irá levar a uma correção do IVA e do IRC entre 50 a 100 milhões de euros, segundo adiantou ao Dinheiro Vivo o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio.

 

Leia o resto deste artigo »





Obrigatoriedade de Comunicação electrónica do inventário até 31 de Janeiro de 2015

3 12 2014

Fonte: Sage
  

O Orçamento de Estado para 2015 foi aprovado em votação final global no passado dia 25, prevendo uma alteração ao Decreto-Lei n.º 198/2012 de 24 de Agosto que torna obrigatória a comunicação electrónica de inventários, através de um ficheiro informático até ao dia 31 de Janeiro do ano seguinte ao da actividade.

 

Esta obrigatoriedade surge, no seguimento das comunicações electrónicas dos elementos das facturas e dos documentos de transporte, como mais uma arma no combate à fraude e à evasão fiscal.

 

Questões frequentes:

•Quem está obrigado a comunicar os inventários?
As pessoas, singulares ou colectivas, que tenham sede, estabelecimento estável ou domicílio fiscal em território português, que disponham de contabilidade organizada e estejam obrigadas à elaboração de inventário.

 
•Existem excepções à obrigatoriedade de Comunicação electrónica do inventário?
Sim, ficam dispensados da obrigação de comunicação os sujeitos passivos cujo volume de negócios do exercício anterior ao da referida comunicação não exceda € 100.000,00.

 
•Qual é o prazo para fazer a comunicação electrónica dos inventários?
A comunicação à AT deverá ser efectuada até 31 de Janeiro do ano seguinte. Assim, as pessoas singulares ou colectivas abrangidas por esta obrigação devem comunicar a sua situação final de inventário de 2014 até 31 de Janeiro de 2015. Relativamente às pessoas que adoptem um período de tributação diferente do ano civil, a comunicação deve ser efectuado até ao final do primeiro mês seguinte ao termo desse período.

 
•O que terá que ser comunicado?
Deverão ser comunicadas as quantidades disponíveis em stock de cada artigo, ou seja, mercadorias, matérias-primas, subsidiárias e de consumo, produtos acabados e intermédios, subprodutos, desperdícios e refugos, e produtos e trabalhos em curso.

 
•Como deve ser efectuada a comunicação?
Por transmissão electrónica de dados no portal da AT, nomeadamente através da submissão de um ficheiro xml cuja estrutura foi definida pela AT ou, em alternativa, através de um ficheiro csv.

 

Leia o resto deste artigo »





AT publica Manual de Integração de Software para a Comunicação do Inventário de Existências à AT

27 11 2014

 

Clique na imagem para aceder ao documento (PDF)

image

Leia o resto deste artigo »





Primavera Technical Post – Comunicação dos Inventários

18 11 2014

Fonte: PrimaveraBSS

ENQUADRAMENTO
A proposta de Lei do Orçamento do Estado (OE) para 2015 inclui uma alteração ao Decreto-Lei nº 198/2012, de 24 de Agosto que obriga à comunicação até 31 de janeiro, por transmissão eletrónica de dados, do inventário respeitante ao último dia do exercício anterior. Esta nova obrigação será aplicável às empresas ou pessoas singulares que preencham os seguintes requisitos:

 

• Tenham sede, estabelecimento estável ou domicílio fiscal em território português;
• Disponham de contabilidade organizada;
• Estejam obrigados à elaboração do inventário;
• Cujo volume de negócios do exercício anterior ao da referida comunicação exceda 100.000€.
Leia o resto deste artigo »








Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 402 outros seguidores