Timeout no arranque de serviços do SQL Server

13 12 2016

 

Em determinadas circunstâncias os serviços do SQL Server podem não arrancar automaticamente quando o Windows inicia. No meu caso passaram a existir problemas, no Windows 10, após uma determinada atualização recente (KB3201845). Mesmo após remover esta atualização e efetuar ao restart ao sistema, o serviço do SQL Server não arrancava automaticamente e como consequência o ERP Primavera não abria. Se o serviço fosse iniciado manualmente, aí sim, arrancava com normalidade. Após analisar os eventos do Windows detetei que existia um tempo limite de arranque que tinha sido atingido (ID do evento: 7009). O serviço tenta arrancar dentro de um determinado tempo estabelecido. Se não conseguir por qualquer motivo, deixa de tentar novamente.

image

Leia o resto deste artigo »





Rumos Live Webcast-Oracle Database vs Microsoft SQL Server

12 10 2016

Fonte: Rumos

A Rumos tem o prazer de o(a) convidar a assistir à próxima Rumos Live Webcast, no dia 27 de Outubro, das 16h00 às 18h00.

Tema: Oracle Database vs Microsoft SQL Server.

untitled

Leia o resto deste artigo »





Microsoft SQL Server-Erro na instalação “Could not find the Database Engine startup handle.”

2 08 2016

 

Em determinadas circunstâncias, no final da instalação do Microsoft SQL Server pode ser mostrada a seguinte mensagem de erro:

image

“Could not find the Database Engine startup handle.”

 

 

Cenário em que o erro foi mostrado:

  • S.O.: Windows 10 Home 64 bits (Windows NT 6.3 <X64> – Build 10586).
  • SQL Server: Microsoft SQL Server 2014 – 12.0.4100.1 (X64) Express Edition.

Leia o resto deste artigo »





SQL Server 2014 – Curso Completo

1 08 2016

imageDo autor Alberto Magalhães, o livro “SQL Server 2014 – Curso Completo” da editora FCA é uma publicação que tem por objetivo cobrir as principais funcionalidades e melhorias do SQL Server 2014, plataforma de base de dados da Microsoft.

Com 624 páginas, o conteúdo está muito bem estruturado e apresenta uma linguagem simples para que todos os interessados nesta tecnologia, como estudantes, programadores, administradores de bases de dados, consultores de ERP e outros profissionais da área possam aprofundar os seus conhecimentos.

O preço de mercado ronda os 40 Euros e está está em linha com as publicações do género. Ainda que neste momento já esteja disponível a versão 2016 do SQL Server, por ser ainda relativamente recente os fabricantes de software (como por exemplo a Primavera e a PHC) e a industria estão em fase de testes e a garantir a compatibilidade dos seus produtos com esta versão. Por questões relacionadas com segurança, risco e estabilidade, é comum a industria aguardar meses ou mesmo anos até adotar determinada versão de um produto ou tecnologia critica ou nuclear. Assim, este livro é altamente recomendado, apesar de não ser referente à última versão do produto.

 

Leia o resto deste artigo »





Microsoft SQL Management Studio-Alternativas gratuitas

10 01 2016

 

Por vezes, é necessário efetuar operações no servidor ou em bases de dados Microsoft SQL Server, num curto espaço de tempo. Seja para efetuar um update em uma tabela, executar um select, etc.

A opção mais óbvia e “segura” é utilizar o Microsoft SQL Management Studio, no entanto este pode não estar instalado. Nesse caso, é necessário descarregar (se for o caso), e proceder à instalação, o que pode implicar bastante tempo. O instalador tem pré-requisitos que têm que ser cumpridos antes da instalação propriamente dita, para além do tamanho do instalador e do facto de existirem várias versões.

 

 

Algumas aplicações, como sistemas de ERP por exemplo, que assentam sobre a plataforma SQL Server, não têm incorporada uma consola de acesso ao servidor de dados. Outros que no passado tinham, deixaram de ter ou passaram a restringir o acesso ao servidor de dados, para dar resposta ao Despacho n.º 8632/2014, nomeadamente ao ponto 3.1.3:

 

“Controlar direta ou indiretamente a base de dados que utiliza e o registo do n.º de reposições de cópias de segurança (backup) efetuadas, por exemplo, através de sistemas de controlo que validem a base de dados no fecho e arranque da aplicação, de forma a evidenciar eventuais manipulações ou alterações de dados na base de dados, por outra via que não a aplicacional”

 

O objetivo do ponto 3.1.3 do Despacho n.º 8632/2014 é forçar a que todas as alterações, inserções ou eliminações de dados tenham que ser efetuadas por via aplicacional por forma a garantir ao máximo a integridade e consistência dos dados, já que instruções executadas diretamente dentro da base de dados, como um update, insert ou delete, não têm qualquer tipo de controlo e validação ao nível das regras de negócio dos sistemas ERP. Não existindo por parte das aplicações, a possibilidade de acesso direto aos dados, seja por que motivo for, passa a ser necessário recorrer a aplicações externas, para executar instruções diretamente nas bases de dados, sempre que tal for necessário.

 

Leia o resto deste artigo »





Aceder ao conteúdo de base de dados SQL Server Compact (sdf)

24 09 2015

 

Para aceder facilmente ao conteúdo de uma base de dados SQL Server Compact (extensão *.sdf), poderá utilizar o SdfBrowser que está disponível em http://brain2cpu.com/#.

 

image

 

Leia o resto deste artigo »





Passatempo–Ganhe o livro Fundamentos de Bases de Dados

5 05 2015

 

Passatempo terminado. Vencedor: Vanessa Gaspar (posição 33 na lista de participantes).

image

 

Fonte: Editora FCA

 

Para todos os profissionais e estudantes que pretendem compreender o funcionamento de um Sistema de Gestão de Bases de Dados Relacionais.

A FCA – Editora de Informática do Grupo LIDEL anuncia o livro “Fundamentos de Bases de Dados”, de Feliz Gouveia, doutorado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores e professor de disciplinas de Bases de Dados há 17 anos na Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Fernando Pessoa.

 

77

 

O conhecimento da arquitetura de um Sistema de Gestão de Bases de Dados Relacionais (SGBDR) e do funcionamento dos seus componentes principais é um requisito fundamental dos especialistas da área de computadores, sistemas ou gestão da informação. Esta obra apresenta os conceitos fundamentais da tecnologia dos SGBDR que estão no centro dos sistemas de informação atuais, em todos os setores de atividade e em todos os domínios. Não se centrando apenas num SGBDR, dá a conhecer as especificidades dos produtos mais representativos.

 

Os princípios fundamentais dos SGBDR são abordados em capítulos independentes entre si, o que permite, para além da sua leitura sequencial, uma consulta faseada, dependendo do interesse e das necessidades do leitor.

 

Destinado a estudantes de Engenharia Informática, Computadores, Eletrotécnica e Sistemas de Informação, este livro, bem organizado e de fácil consulta, dispõe de uma secção de Leituras Recomendadas e de uma completa Bibliografia no final de cada capítulo, ideal para quem precisa de realizar um trabalho de investigação ou aprofundar um tópico em particular, procurando conhecer os detalhes de uma técnica ou de um algoritmo específico.

 

Ao longo das páginas encontram-se vários exemplos daquilo que é apresentado, encerrando cada capítulo sempre com propostas de exercícios. No site da http://www.fca.pt&#160; encontram-se as soluções dos exercícios.

 

 

Sobre o Autor:

Feliz Gouveia
Doutorado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pela Universidade Tecnológica de Compiège, Mestre em Controlo de Sistemas pela mesma instituição e Licenciado em Engenharia Eletrotécnica pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, é Professor Associado com agregação da Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Fernando Pessoa, onde leciona as disciplinas de Bases de Dados (há 17 anos) e de Segurança e Projeto de Aplicações no curso de Engenharia Informática. Desenvolve investigação no Centro de Estudos e Recursos Multimediáticos.

 

Leia o resto deste artigo »








%d bloggers like this: