INVOXIA-Localizador GPS de nova geração

16 06 2019

Não é todos os dias que surgem no mercado produtos tão inovadores e diferentes como o localizador GPS da Invoxia. Localizadores GPS existem há muito tempo e são utilizados nas mais diversas situações, como por exemplo em carros e motas, animais, carteiras, pessoas, etc. A diferença entre o localizador da Invoxia e os localizadores “comuns” é que este não requer um cartão SIM porque não se liga às redes celulares dos operadores tradicionais como a MEO, Vodafone e NOS, por exemplo, no caso de Portugal.

 

O GPS tracker da Invoxia, desenvolvido por uma empresa francesa com o mesmo nome, não se liga diretamente à Internet, mas sim à rede Sigfox (no caso de Portugal). Em outros países poderá ligar-se à rede Sigfox ou à rede LoRa (conforme o caso) para comunicar a localização GPS. Estes dados são posteriormente transmitidos ao utilizador, via Internet, através de uma App, existente para iOS e Android. Estas redes de baixo débito e baixa potencia, também designadas de 0G, foram projetadas e desenvolvidas para comunicação de dispositivos que necessitam de muito baixa largura de banda e consumo energético, como o caso de dispositivos IoT. Estas redes, denominadas de LPWAN (low-power wide-area network), estão ainda em desenvolvimento e é portanto muito importante que o utilizador verifique a cobertura do serviço nas áreas onde pretende utilizar dispositivos que utilizem estas redes, antes de proceder à aquisição do equipamento e subscrição dos serviços, se for o caso.  Como resultado desta tecnologia, a autonomia deste localizador GPS é bastante alargada, podendo chegar a vários meses.

 

111

 

Este equipamento tem o custo aproximado de 99 EUR, já com 3 anos de contrato de comunicações incluído. Posteriormente, após o terceiro ano, o custo é de 9,99 EUR por ano. Comparativamente a outros localizadores GPS existentes no mercado, considero que o preço deste equipamento é bastante acessível, mais ainda quando inclui 3 anos de comunicação de dados.

 

222

 

Para além da tecnologia que permite enviar dados através das redes LoRa e Sigfox (868mHz/915mHz), está também disponível conectividade Bluetooth (BLE 4.0), para configuração do localizador, atualização do firmware e localização a curta distancia, WPS (Wi-Fi Positioning System) para localização indoor e sensores que detetam movimento e inclinação. Em relação à bateria, esta pode ser carregada via USB (cabo incluído). A tecnologia que este equipamento incorpora é bastante alargada, conforme se pode verificar.

Leia o resto deste artigo »

Anúncios




Apple iOS-Erro ao ligar a um Hotspot pessoal?

19 04 2019

A funcionalidade Hotspot Pessoal do iOS permite partilhar uma ligação de dados móveis do iPhone ou iPad (apenas algumas versões) com outros dispositivos que não tenham acesso a uma rede Wi-Fi ou ligação a dados móveis. Imagine que se encontra numa zona rural, distante, em que não existem redes Wi-Fi por perto, e necessita de partilhar a ligação à Internet, que tem no iPhone, com outros equipamentos, como por exemplo um iPad. Com o Hotspot, o iPhone, que está ligado à Internet através do operador de telecomunicações (dados móveis), partilha, via Wi-Fi, a ligação com outros dispositivos. É como se o iPhone fosse um router, ou um access point, com a vantagem de ambos os equipamentos poderem utilizar a ligação simultaneamente. Quando um iPhone ou iPad tem o hotspot ativado, está a disponibilizar a ligação a outros equipamentos e existem ligações ativas, não é possível ligar-se a uma rede Wi-Fi sem desconectar os utilizadores do hotspot. No caso de um Mac, PC, ou outros equipamentos de terceiros, também é possível aceder a um Hotspot pessoal através de uma conexão Bluetooth. A ligação via cabo USB também pode ser utilizada, mas apenas com Mac e PC. Mais detalhes aqui.

 

Em determinadas circunstâncias poderá ser mostrado um erro que impede a conexão de um dispositivo (neste exemplo um iPad) a um hotspot que foi configurado num iPhone ou iPad. Neste caso o meu iPad estava a tentar aceder ao hotspot que tinha configurado no iPhone.

 

Remote Hotspot Failure

Unable to start personal hotspot “nome_do_hotspot”

IMG_1698

Leia o resto deste artigo »





Oracle VM VirtualBox-Erro ao iniciar uma máquina virtual

23 02 2019

Recentemente tive necessidade de criar uma máquina virtual com o Primavera Express e outras aplicações de gestão, para copiar para vários computadores, no contexto de uma formação relacionada com aplicações de faturação. Existem várias aplicações para virtualização de sistemas operativos, algumas gratuitas, como o VMware Workstation Player e o VirtualBox, da Oracle. Optei por este último, já que, para além de ser gratuito, é muito simples de utilizar.

 

image

 

Após ter instalado o VirtualBox (versão 6.0.4) e copiado a máquina virtual para todos os computadores de todos os formandos, ao iniciar a mesma em alguns computadores, era mostrado um erro relacionado com o facto de o suporte à virtualização estar desativado.

IMG_5717

Error:

"VT-x/AMD-V hardware acceleration is not available on your system. Your 64-bit guest will fail to detect a 64-bit CPU and will not be able to boot."

 

Sem Título2

Error:

“Failed to open a session for the virtual machine “X”.

Details: Not in a hypervisor partition (HVP=0) (VERR_NEM_NOT_AVAILABLE).

VT-X is Disabled in the Bios for All CPU Modes.

(VERR_VMX_MSR_ALL_VMX_DISABLED).

…”

 

Estes erros estão relacionados com o facto de sistemas operativos 64 bits, como o caso do Windows 7 Professional da máquina virtual que criei, exigirem recursos de virtualização por hardware. VT-x no caso de processadores Intel e AMD-V para processadores AMD. Se o sistema operativo da máquina virtual for 32 bits, então, embora não tenha testado, presumo que possa iniciar a máquina virtual mesmo que o computador físico não tenha tecnologia de virtualização ou esta esteja desativada.

Leia o resto deste artigo »





GPS Week Number Rollover-O seu sistema GPS poderá deixar de funcionar em Abril

16 02 2019

No próximo dia 6 de abril de 2019 irá ser efetuada uma reinicialização no sistema GPS, denominada de GPS Week Number Rollover. Este evento, que ocorre a cada 19 anos (o anterior ocorreu em 21 de Agosto de 1999), poderá ter impacto nos equipamentos que utilizem esta tecnologia norte-americana de posicionamento global. Outras tecnologias, como GLONASS (Rússia), Galileo (União Europeia), QZSS (Japão), Beidou (China) e NAVIC (Índia) não serão afetadas.

 

Alguns fabricantes de equipamentos de navegação, como a TomTom e a Garmin por exemplo, já têm informações nos seus sites sobre o assunto. Verifique junto do fabricante, principalmente se o seu equipamento de navegação for mais antigo, se este irá ser afetado. Em alguns equipamentos poderá ser necessário efetuar uma atualização do firmware.

 

image

 

Como exemplo de um equipamento que terá de ser atualizado, para continuar a funcionar normalmente após 6 de abril de 2019, temos o R-LINK Evolution. Este sistema de navegação e multimédia, que está presente em várias viaturas da RENAULT e que incorpora tecnologia da TomTom, irá deixar de funcionar normalmente se não for atualizado. O relógio irá deixar de ser apresentado e vários serviços como TomTom Traffic, Radares de trânsito, Meteorologia e Pesquisa deixarão de funcionar. A RENAULT disponibiliza uma atualização gratuita para que o equipamento de navegação continue a funcionar em pleno após o dia 6 de abril.

 

Clique na imagem seguinte para ler o comunicado do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos.

GPS

Leia o resto deste artigo »





Moloni-Integração com Terminais de Pagamento Automático (TPA)

15 02 2019

imageO software de faturação na cloud Moloni passou a permitir a integração de terminais de pagamento automático (TPA) no módulo Ponto de Venda (POS). Esta nova funcionalidade, que funciona apenas com terminais da Ingenico, permite reduzir a margem de erro do operador, já que o Moloni e o TPA comunicam entre si e deixa de ser necessário definir o valor manualmente no terminal de pagamento.

 

Esta integração funciona não só para documentos de venda, como faturas, mas também para documentos de devolução, como notas de crédito, em que, por norma, o reembolso do valor pago é efetuado no mesmo meio de pagamento utilizado no momento da venda.

 

 

————————————————

Fonte: www.moloni.pt

 

Receba pagamentos no Ponto de Venda (POS) com cartões de débito ou crédito e até mesmo MB WAY, de uma forma cómoda e sem intervenção do operador.

Os pagamentos passam a ser totalmente automáticos, desde o momento em que fecha uma compra, até à altura em que o cliente insere o PIN.

Os terminais suportados pelo Moloni são os modelos iCT250 e iCT220 da marca Ingenico, que podem ser solicitados ao seu banco na altura de subscrever o serviço, ou caso já tenha um terminal, poder solicitar a sua troca.

Para beneficiar desta funcionalidade, deverá fazer parte dos Planos Flex ou Pro.

 

moloni

Leia o resto deste artigo »





Primavera Pssst! e Tlim-Lista de equipamentos compatíveis e certificados

16 01 2019

Qualquer sistema de ponto de venda necessita de um conjunto de recursos de software e hardware para funcionar e cumprir as suas funções. Ao nível de software existe o sistema operativo, normalmente Windows ou Linux, o software de faturação de ponto de venda, como por exemplo Primavera, XD, Wintouch, PHC, Zone Soft ou WinREST, e controladores, que fazem a ponte entre os dispositivos e o restante sistema.

 

Primavera-psst-tlim-1024x700

 

Ao nível de hardware e periféricos, a lista de dispositivos que podem fazer parte de um sistema POS pode ser imensa. O mais usual, para além do próprio POS, que é normalmente um computador que incorpora um ecrã táctil, é uma impressora de talões, uma gaveta de dinheiro e um visor de cliente. Existem no entanto muitos outros equipamentos que podem integrar um sistema de ponto de venda, como balanças, etiquetadoras, leitores de códigos de barras, sistemas de videovigilância, leitores de cartões magnéticos e terminais de pagamento, entre outros.

 

Os terminais de contagem de dinheiro são outro equipamento que começa a ser cada vez mais utilizado nos pontos de venda, nomeadamente quando existem muitos colaboradores e muitas transações em numerário. Embora tenha um custo considerável, comparativamente a todo o restante sistema, este equipamento garante o controlo do saldo de caixa, já que evita o manuseamento do dinheiro “em caixa” por parte dos colaboradores, minimizando ou eliminado assim o risco de fraude e desvios. Ao mesmo tempo valida a autenticidade das notas e moedas, elimina erros nos trocos e reduz o tempo necessário para mudanças de turno.

 

image

 

Neste artigo pretendo partilhar a lista de equipamentos nos quais foi testada a compatibilidade com o Pssst! e Tlim, com relevância para os equipamentos certificados pela Primavera. Esta lista permite ao implementador, ou ao cliente final, conhecer a lista de equipamentos onde existe a certeza relativamente à sua compatibilidade com o Pssst! e Tlim. Acontece muitas vezes o utilizador, ou vendedor/parceiro, ter dúvidas sobre os equipamentos a adquirir para funcionarem em conjunto com determinado software, mais ainda quando a aplicação de faturação vai ser instalada em ambiente Linux. A compra de um equipamento ou periférico, sem a prévia análise sobre a sua compatibilidade com o restante sistema, pode levar a perdas, não só de tempo, mas também perdas financeiras.

 

 

—————————————————————–

Fonte: Primavera Business Software Solutions

 

Lista de equipamentos certificados e compatíveis com Pssst! e Tlim

Os seguintes equipamentos são compatíveis com os produtos Pssst! e Tlim. Os equipamentos certificados pela PRIMAVERA BSS encontram-se assinalados com um "*".

Os detalhes sobre a configuração destes equipamentos certificados podem ser conhecidos no documento: Equipamentos compatíveis e certificados.

 

Equipamentos Pontos de Venda

  • Asus All-in-one PC – ET1611PUT

  • BIRCH CZAR

  • BIRCH PP7000D-T15

  • Bleep TS-915

  • Carisma PT7000D  *

  • Desire POS

  • Dynamic POS

  • Elitepad Tablet 1000 G2

  • ELO ESY15E1 (Apenas em ambiente Linux) *

  • EPS Alpha/Cubee

  • EPS Aures Galeo/Odysse

  • EPS IT-400

  • EPS OTEKsys OP15A

  • EPS Protech 6620

  • Equilibra MiniPOS

  • Equilibra Panel PC K785

  • Equilibra Panel PC K786

  • Equilibra POS 360

  • Equilibra POS 460

  • Equilibra\Libra 1100

  • ErgosTek K-8000 (Apenas em ambiente Linux) *

  • ErgosTek K-1050  *

  • ErgosTek K-1500

  • FEC PP9635A  *

  • FEC PP9635B

  • FEC Retail Smart MP-2410

  • Flytech POS335 (Apenas em ambiente Linux) *

  • Genérico Tablet PC – Linux *

  • Genérico Tablet PC 10” Atom N2600 – Windows 8

  • Genius WP-55

  • Go Infinity POS-3520

  • Hanasis HS-FLS10

  • HP POS RP2

  • HP POS RP78 (C2R94EA) (Apenas em ambiente Windows) *

  • Marques BM-500

  • maXtron POS-6620

  • maXtron PS3100

  • maXtron XPOS72

  • Mega POS MP-3435  *

  • OKPOS I-1500

  • OKPOS OPTIMUS

  • Partner PT-5705

  • Partner PT-5910

  • Partner PT-6210

  • Partner PT-6212

  • Partner PT-8800

  • POOSH POS SYSTEM (Apenas em ambiente Windows) *  

  • Protech PS3100 (Apenas em ambiente Linux) *

  • Protech PS3120

  • Sam4S SPT-4000

  • Sam4S SPT-4700 *

  • Sinocan F06-15

  • Toshiba ST-A10

  • Toshiba ST-C10

  • Toshiba WILLPOS C10

  • TSI15CEA

  • TYSSO POS-9000

Leia o resto deste artigo »





Como configurar o seu carro para trancar automaticamente todas as portas ao arrancar

30 11 2018

 

Artigos relacionados:

Adaptador OBD2 Carista (Bluetooth)

Carista-Faça diagnósticos e alterações no seu carro

 

Em alguns países, como no Brasil por exemplo, a incidência de assaltos em carros parados nos semáforos (e em outros locais propícios para os criminosos atuarem) é bastante alta. Tão alta que é prática comum os condutores e motociclistas não pararem nos semáforos em determinadas situações, principalmente de noite e em zonas menos movimentadas das cidades. Embora aqui em Portugal o cenário não seja nem de perto nem de longe tão critico, existem alguns registos de situações de assaltos e carjacking em zonas com semáforos, mesmo fora dos grandes centros urbanos, em cidades mais pequenas do interior.

 

LightsStoppedWomenRobber-806388

 

Existem algumas medidas de segurança que podem ser importantes para minimizar o risco de ser alvo destas ameaças. Circular com o veículo trancado é uma das melhores formas de se proteger. Embora muitos veículos tenham um botão que ao ser pressionado tranca todas as portas, se não existir um automatismo que execute esta operação automaticamente, dificilmente o condutor o irá fazer todas as vezes que iniciar a utilização do carro. Muitas viaturas têm uma funcionalidade para trancar todas as portas quanto o veiculo entra em andamento, após atingir uma determinada velocidade. É o caso do Volkswagen Golf V, o meu carro. Muitos outros veículos têm esta funcionalidade, embora possa estar desativada.

 

Se pretender ativar este sistema de segurança, deve primeiramente tentar saber se o seu carro tem esta funcionalidade. Por vezes a consulta do manual do fabricante não é suficiente para obter a resposta, já que esta funcionalidade, assim como muitas outras, podem não estar documentadas nos manuais do cliente. Após ter a certeza que existe essa possibilidade, verifique se é possível ativar através dos menus do computador de bordo, menus do display do painel de instrumentos, sistema de infoentretenimento, ou através de outra qualquer forma (alguns veículos permitem ativar esta funcionalidade após pressionar durante X segundos no botão de trancar as portas). Outras viaturas vão ainda mais longe ao permitir definir a velocidade à qual todas as portas são automaticamente trancadas.

 

maxresdefault

Leia o resto deste artigo »








%d bloggers like this: