Windows-Ocultar utilizadores do ecrã de login

30 11 2016

Nem sempre é desejável visualizar no ecrã de login do Windows determinadas contas de utilizadores, nomeadamente contas que não são utilizadas por nenhum utilizador real, contas “não interativas” associadas a serviços e aplicações. Por exemplo, se no Windows for criada uma conta para o serviço PRIMAVERA Windows Services, certamente não existe qualquer interesse que os utilizadores visualizem e utilizem essa conta.

 

image

 

 

Através da edição do Registo é possível ocultar determinados utilizadores.

Aceda às contas de utilizador (carregue simultaneamente em Windows+R e execute o comando “control userpasswords2” ou “netplwiz”). Localize e anote o nome de utilizador que pretende ocultar.

image

 

 

Abra o editor de Registo de Windows (Windows+R e execute “regedit”)  e navegue até

HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\Winlogon.

Em cima de Winlogon, carregue com o botão direito do rato e adicione uma nova chave com o nome “SpecialAccounts”.

image

Agora clique em cima de “SpecialAccounts”, novamente com o botão direito do rato e crie uma nova chave com o nome ”UserList”.

Leia o resto deste artigo »





Eliminação permanente de dados

25 08 2016

Uma das preocupações quando determinado equipamento ou meio de armazenamento é emprestado ou é utilizado de forma partilhada, vendido ou enviado para reparação ou para o lixo/abate deveria ser assegurar que os dados nele contidos estão seguros e que ninguém para além do seu legitimo proprietário terá acesso a eles, e também, se for o caso, garantir que toda a informação é eliminada previamente sem possibilidade de recuperação. No entanto a realidade é bem diferente, ou por desconhecimento ou por simples descuido.

 

Talvez não seja do conhecimento geral, que em determinados sistemas, como por exemplo no sistema operativo Windows, quando os dados são eliminados (mesmo após eliminar da Reciclagem), em determinadas circunstâncias ainda existe hipótese de esses dados serem recuperados. Principalmente num contexto empresarial, este assunto pode ser muito sério uma vez que dados sensíveis em mãos erradas podem ter como resultado consequências muito negativas.

 

image

 

Utilizando apenas software gratuito  e facilmente descarregado da Internet é possível eliminar dados de forma permanente, excluindo à partida qualquer recuperação futura. Um desses utilitários é o prestigiado CCleaner do fabricante Piriform, que embora seja principalmente utilizado para otimização e limpeza do sistema possui outras funcionalidades como a possibilidade de eliminação de dados (Wipe).

 

Como exemplo, recorrendo ao software Recuva que é utilizado para recuperação de dados, ao fazer uma pesquisa por dados “recuperáveis”, numa partição de uma unidade de armazenamento que após ser utilizada foi formatada pelo utilizador, não possuindo portanto dados “visíveis” através do Explorador do Windows, o resultado foi que, conforme a imagem demonstra, existem muitos dados passíveis de serem recuperados.

SNAGHTML29afb6cb

 

 

Após descarregar e instalar o CCleaner, em Tools > Drive Wiper podemos selecionar  as unidades de armazenamento e/ou partições em que queremos eliminar dados, assim como podemos escolher se pretendemos eliminar tudo (Entire Drive), ou apenas o espaço livre, mantendo eventuais dados que queiramos preservar. É ainda possível escolher em Security o tipo de segurança pretendida.

SNAGHTML29b0974a

Leia o resto deste artigo »





Configurar o Windows Update do Windows 7 e 8.1 para impedir a atualização automática para o Windows 10

23 03 2016

Ultimamente tem acontecido com relativa frequência existirem utilizadores do Windows 7 e 8.1 que reportam que os seus equipamentos são atualizados para o Windows 10, sem o seu consentimento e autorização, e sem que tenham dado indicações explicitas para o efeito.

 

image

 

Independentemente da estabilidade e demais características  do Windows 10, esta atualização poderá não ser desejável em determinados cenários, pelo menos em determinado momento, nomeadamente quando o risco da atualização não justifica o beneficio, especialmente em ambientes críticos e empresariais, quando existem aplicações e hardware que não “podem parar”, ou quando não está garantida a sua compatibilidade.

Embora a Microsoft possa estar a “forçar” a atualização para o Windows 10, para massificar a sua utilização, este processo nunca deveria ser efetuado sem ser o utilizador a decidir. Ainda que a atualização possa ser revertida (voltar para a versão anterior do Windows), se assim for desejado, esta “imposição” não é do agrado dos utilizadores.

 

 

Como configurar o Windows Update para impedir a atualização automática para o Windows 10?

A atualização para o Windows 10 é encarada internamente pelo Windows e Windows Update, como sendo uma qualquer outra atualização.

image

Para aceder à atualização propriamente dita, é necessário aceder ao Windows Update e carregar em “Mostrar todas as atualizações disponíveis”.

 

 

Em "Opcional”, localize a actualização em questão, e com o botão direito do rato, escolha a opção “Ocultar actualização”.

image

A partir deste momento, não deverá será mais possível o Windows ser atualizado de forma automática.

 

Leia o resto deste artigo »





Falha de segurança no Mac OS X: CVE-2015-5833

26 10 2015

O que acontece quando se descobre uma falha de segurança (relativamente grave) no OS X, se reporta à Apple, e esta reconhece essa falha?

 

image

 

Sim, o nosso nome fica associado à falha/vulnerabilidade encontrada, e é publicado no site da Apple assim que é disponibilizado um Security Update, como o que foi publicado à algumas semanas atrás, aquando da disponibilização do OS X El Capitan (10.11).

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express–Adicionar exceções no Antivírus e Firewall

11 09 2015

 

Tem acontecido com alguma frequência que os sistemas de antivírus de vários fabricantes, nomeadamente AVAST e Microsoft, com sistema de proteção em tempo real ativada, após receberem determinadas atualizações, identificaram  um ou mais ficheiros necessários ao correto funcionamento de alguns produtos Primavera, nomeadamente Primavera Express, como sendo potencialmente perigosos. Após colocarem esses ficheiros em quarentena,  as aplicações não arrancavam, ficavam instáveis, ou lentas.

 

Mais recentemente, uma atualização ao antivírus Microsoft Security Essentials fazia com que o ERP Primavera tivesse um desempenho muito degradado ao arrancar, e quando arrancava ficava muito instável, sendo praticamente impossível trabalhar normalmente.

 

 

 

Como configurar o antivírus?

Para este exemplo foi utlizado o Microsoft Security Essentials, no entanto em antivírus de outros fabricantes as configurações devem ser equivalentes.

 

Exceção ao nível de ficheiros e pastas:

image

C:\Program Files (x86)\Common Files\PRIMAVERA

C:\Program Files (x86)\PRIMAVERA

Aqui deverá definir o caminho das pastas onde as aplicações se encontram instaladas, assim como a pasta de ficheiros comuns do Primavera (Common Files). Poderá ainda adicionar outras pastas que considere relevantes, como por exemplo a pasta do Microsoft SQL Server (normalmente em “C:\Program Files (x86)\Microsoft SQL Server”) e a pasta System, do Windows, onde o Primavera coloca alguns ficheiros que são necessários para o seu correto funcionamento (normalmente em “C:\Windows\SysWOW64” e/ou “C:\Windows\System32”).

 

 

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express em Windows 10

8 08 2015

O Windows 10 foi recentemente lançado, e como é habitual, numa primeira fase, os fabricantes de software e hardware procedem a testes de validação e eventuais alterações nos seus produtos para garantir (ou não) que os seus produtos são oficialmente compatíveis com as novas versões dos Sistemas Operativos. Até os fabricantes se pronunciarem sobre este assunto, existe sempre um risco associado a colocar aplicações criticas sobre sistemas operativos muito recentes.

 

Embora a documentação do Primavera Express refira que este tem como requisito mínimo “Microsoft Windows XP SP3 ou superior” a PrimaveraBSS, esta já se veio pronunciar, e informou que desaconselha a instalação dos seus produtos nesta nova versão do Windows, uma vez que se encontra a efetuar os devidos testes.

 

Teste de instalação do Primavera Express em Windows 10

Cenário de teste:

Primavera Express: v07.6000.1220
Sistema Operativo: Windows 10 Home Single Language 64bits (Build 10240)

 

Na primeira instalação do Primavera Express poderá ser despoletada a seguinte página web, a indicar quais os pré-requisitos do produto, no caso de um deles não ser detetado. No teste que fiz, o Microsoft .NET Framework 3.5 não foi detetado, sendo que é disponibilizado um link para descarregar o mesmo.

1001

Após a instalação, que foi bem sucedida, ao voltar a efetuar nova tentativa de instalação do Primavera Express, a mesma foi concluída com sucesso, embora tivesse sido mostrada uma mensagem de registo ou remoção de registo, relativamente a um ficheiro.

Leia o resto deste artigo »





Activar ou desactivar funcionalidades do Windows-Lista vazia

12 06 2015

Em determinadas circunstâncias, ao tentar ativar ou desativar funcionalidades do Windows, a lista de funcionalidades poderá aparecer vazia. No meu caso, estava a tentar instalar o Microsoft IIS (Internet Information Services), no Windows 7 Professional (32 bits) com Service Pack 1.

 

image

Turn Windows features on or off / Activar ou desactivar funcionalidades do Windows

Leia o resto deste artigo »








%d bloggers like this: