Primavera Express v7.60–Introduzir o Modo de Pagamento por Transferência Bancária

11 05 2019

Artigos relacionados:

Primavera Express–Introduzir o modo de pagamento por transferência bancária

Primavera Express 7.5–Introduzir o modo de pagamento por transferência bancária

 

No passado já escrevi 2 artigos a explicar como introduzir o modo de pagamento por transferência bancária no Primavera Express. Inicialmente, em 2011, o artigo foi escrito para a versão 6.40. Posteriormente, em 2013, escrevi um novo artigo, desta vez para a versão 7.5. Escrevo agora este novo artigo para a versão 7.60. Como a aplicação vai sendo atualizada pela Primavera, a estrutura da base de dados é alterada com o passar do tempo, daí que as instruções SQL que funcionam numa determinada versão, possam eventualmente não funcionar noutras versões.

 

primavera

 

Para iniciar o processo, deverá seguir todos os passos descritos no artigo Primavera Express 7.5–Introduzir o modo de pagamento por transferência bancária, utilizando no entanto o ficheiro que pode descarregar aqui (password “invisibleflamelight.wordpress.com”), em vez do ficheiro que disponibilizei no artigo que escrevi em 2013. Após abrir o ficheiro, conforme expliquei no artigo que tem as instruções, poderá, se desejar, alterar o código do novo modo de pagamento, assim como a descrição (dados assinalados na imagem seguinte).

 

778

Leia o resto deste artigo »





Formação Gratuita-PROFISSIONAL DE SISTEMAS DE GESTÃO E APLICAÇÕES INFORMÁTICAS DE GESTÃO

17 05 2017

Excelente oportunidade de formação, a custo zero, para quem pretende seguir uma carreira como consultor de ERP, CMS ou CRM. A formação irá decorrer no Porto, entre maio e dezembro de 2017, no período laboral. A duração é de 950 Horas e inclui formação prática em contexto de trabalho. Está também incluída uma bolsa de formação, subsidio de refeição e transporte.

 

 

Fonte: www.cesae.pt

 

PROFISSIONAL DE SISTEMAS DE GESTÃO E APLICAÇÕES INFORMÁTICAS DE GESTÃO

 

APRESENTAÇÃO DO PROJETO:

Programa de dinamização do emprego digital, através da realização de ações de formação nas áreas emergentes das Tecnologias de Informação, orientadas para desempregados de curta e longa duração com formação intermédia ou superior. Os percursos são compostos por 50h de Formação em Competências Empreendedoras, 500h de Formação Tecnológica e 400 h de Formação Prática em Contexto de Trabalho.

 

 

DESTINATÁRIOS:

Adultos, técnicos com mínimo nível III, que pretendam desenvolver competências em ERPs (Sage ou Primavera ou PHC), base de dados, CMS, CRM, business intelligence e construção de dashboards.

 

 

OBJETIVOS:

Dotar os formandos de conhecimentos e técnicas que lhes permitam conceber e manusear base de dados, utilizar técnicas ETL (extração, transformação e carregamento) de diferentes fontes de dados (Access, SQL, texto, Excel, Oracle, redes sociais). Configurar e gerir aplicações de sistemas de gestão nas organizações suporte de aplicativos informáticos para gestão empresarial e projetar dashboards de forma a permitir obter a informação em tempo real para uma tomada de decisão na empresa.

Leia o resto deste artigo »





SQL Server-Como explorar o conteúdo de um backup (.BAK) de uma base de dados (ou ficheiros MDF, NDF, LDF) sem ter de a repor

16 04 2017

Em determinadas situações seria útil poder explorar o conteúdo de um ficheiro de backup do SQL Server (ou de ficheiros offline MDF, NDF, LDF), sem ter que repor esse backup no servidor de dados. Por exemplo, quando a reposição de um backup se prevê  demorada, quando existem limitações de espaço de armazenamento ou limitações ao nível de recursos de processamento, etc. Pois bem, essa possibilidade existe recorrendo ao Ontrack PowerControls for SQL. Com esta aplicação é possível, não só explorar o conteúdo de ficheiros BAK, MDF, NDF e LDF, assim como repor tabelas entre um ficheiro de origem e a base de dados que está no SQL Server.

 

Ontrack PowerControls for SQL Demo

 

Após descarregar a aplicação (basta preencher este formulário) e instalar (a instalação completa instala várias aplicações, nomeadamente para SharePoint, Exchange, etc.) execute a aplicação “Ontrack® PowerControls™ for SQL” e escolha a opção “Run as Free Trial”. Durante 30 dias poderá executar a aplicação ainda que não com todas as funcionalidades ativas. Aparentemente a funcionalidade para repor tabelas entre a origem e o destino (sem ter que repor toda a Base de Dados) não está disponível no modo Trial. Posteriormente adicione um ficheiro BAK, MDF, NDF ou LDF.

 

SNAGHTML5176081

Carregue em Next para avançar para o passo seguinte.

 

Aqui poderá selecionar um servidor de dados SQL Server. Se apenas pretender explorar o ficheiro que anteriormente adicionou, sem comparar dados do mesmo com dados de uma base de dados existente num servidor de dados, ignore este passo, carregando em Skip.

SNAGHTML518ca0c

 

Por fim, poderemos explorar, na primeira metade do ecrã, as tabelas existentes na base de dados do backup (.BAK), e na segunda, as tabelas existentes na base de dedos que está em produção no SQL Server.

SNAGHTML51d0b6f

Leia o resto deste artigo »





Como alterar a password do user SA do SQL Server

7 04 2017

Em determinadas circunstâncias poderá ser necessário alterar a password de um utilizador do Microsoft SQL Server, como o SA por exemplo, no caso de não saber qual a password definida anteriormente. Em ambientes de produção, críticos, este procedimento deverá ser utilizado com precaução, uma vez que deve ser estudado previamente o impacto desta alteração, nomeadamente no caso de existirem serviços e aplicações onde a password anterior esteja a ser utilizada e onde certamente será necessário definir a nova password.

 

Existem várias formas de efetuar este procedimento (algumas estão dependentes do modo de autenticação no SQL Server e permissões) sendo que uma delas é interagir com o SQL Server através da linha de comandos do Windows, recorrendo às ferramentas e comandos do OSQL. Mais informações sobre o OSQL aqui.

 

Nota: este artigo foi elaborado em Windows 7 com SQL Server 2008 R2. Em versões superiores do SQL Server o OSQL foi substituído pelo SQLCMD.

Deverá executar a linha de comandos do Windows (CMD) como Administrador.

SNAGHTML280797ed

 

 

Posteriormente deve escrever e executar os seguintes comandos, substituindo o que está dentro de <>:

OSQL -S <nome da instância do SQL Server> –E

sp_password NULL, <nova password>, ‘sa’

go

image

Neste momento a nova password deverá ter sido definida.

Leia o resto deste artigo »





Timeout no arranque de serviços do SQL Server

13 12 2016

 

Em determinadas circunstâncias os serviços do SQL Server podem não arrancar automaticamente quando o Windows inicia. No meu caso passaram a existir problemas, no Windows 10, após uma determinada atualização recente (KB3201845). Mesmo após remover esta atualização e efetuar ao restart ao sistema, o serviço do SQL Server não arrancava automaticamente e como consequência o ERP Primavera não abria. Se o serviço fosse iniciado manualmente, aí sim, arrancava com normalidade. Após analisar os eventos do Windows detetei que existia um tempo limite de arranque que tinha sido atingido (ID do evento: 7009). O serviço tenta arrancar dentro de um determinado tempo estabelecido. Se não conseguir por qualquer motivo, deixa de tentar novamente.

image

Leia o resto deste artigo »





Rumos Live Webcast-Oracle Database vs Microsoft SQL Server

12 10 2016

Fonte: Rumos

A Rumos tem o prazer de o(a) convidar a assistir à próxima Rumos Live Webcast, no dia 27 de Outubro, das 16h00 às 18h00.

Tema: Oracle Database vs Microsoft SQL Server.

untitled

Leia o resto deste artigo »





Microsoft SQL Server-Erro na instalação “Could not find the Database Engine startup handle.”

2 08 2016

 

Em determinadas circunstâncias, no final da instalação do Microsoft SQL Server pode ser mostrada a seguinte mensagem de erro:

image

“Could not find the Database Engine startup handle.”

 

 

Cenário em que o erro foi mostrado:

  • S.O.: Windows 10 Home 64 bits (Windows NT 6.3 <X64> – Build 10586).
  • SQL Server: Microsoft SQL Server 2014 – 12.0.4100.1 (X64) Express Edition.

Leia o resto deste artigo »





SQL Server 2014 – Curso Completo

1 08 2016

imageDo autor Alberto Magalhães, o livro “SQL Server 2014 – Curso Completo” da editora FCA é uma publicação que tem por objetivo cobrir as principais funcionalidades e melhorias do SQL Server 2014, plataforma de base de dados da Microsoft.

Com 624 páginas, o conteúdo está muito bem estruturado e apresenta uma linguagem simples para que todos os interessados nesta tecnologia, como estudantes, programadores, administradores de bases de dados, consultores de ERP e outros profissionais da área possam aprofundar os seus conhecimentos.

O preço de mercado ronda os 40 Euros e está está em linha com as publicações do género. Ainda que neste momento já esteja disponível a versão 2016 do SQL Server, por ser ainda relativamente recente os fabricantes de software (como por exemplo a Primavera e a PHC) e a industria estão em fase de testes e a garantir a compatibilidade dos seus produtos com esta versão. Por questões relacionadas com segurança, risco e estabilidade, é comum a industria aguardar meses ou mesmo anos até adotar determinada versão de um produto ou tecnologia critica ou nuclear. Assim, este livro é altamente recomendado, apesar de não ser referente à última versão do produto.

 

Leia o resto deste artigo »





Microsoft SQL Management Studio-Alternativas gratuitas

10 01 2016

 

Por vezes, é necessário efetuar operações no servidor ou em bases de dados Microsoft SQL Server, num curto espaço de tempo. Seja para efetuar um update em uma tabela, executar um select, etc.

A opção mais óbvia e “segura” é utilizar o Microsoft SQL Management Studio, no entanto este pode não estar instalado. Nesse caso, é necessário descarregar (se for o caso), e proceder à instalação, o que pode implicar bastante tempo. O instalador tem pré-requisitos que têm que ser cumpridos antes da instalação propriamente dita, para além do tamanho do instalador e do facto de existirem várias versões.

 

 

Algumas aplicações, como sistemas de ERP por exemplo, que assentam sobre a plataforma SQL Server, não têm incorporada uma consola de acesso ao servidor de dados. Outros que no passado tinham, deixaram de ter ou passaram a restringir o acesso ao servidor de dados, para dar resposta ao Despacho n.º 8632/2014, nomeadamente ao ponto 3.1.3:

 

“Controlar direta ou indiretamente a base de dados que utiliza e o registo do n.º de reposições de cópias de segurança (backup) efetuadas, por exemplo, através de sistemas de controlo que validem a base de dados no fecho e arranque da aplicação, de forma a evidenciar eventuais manipulações ou alterações de dados na base de dados, por outra via que não a aplicacional”

 

O objetivo do ponto 3.1.3 do Despacho n.º 8632/2014 é forçar a que todas as alterações, inserções ou eliminações de dados tenham que ser efetuadas por via aplicacional por forma a garantir ao máximo a integridade e consistência dos dados, já que instruções executadas diretamente dentro da base de dados, como um update, insert ou delete, não têm qualquer tipo de controlo e validação ao nível das regras de negócio dos sistemas ERP. Não existindo por parte das aplicações, a possibilidade de acesso direto aos dados, seja por que motivo for, passa a ser necessário recorrer a aplicações externas, para executar instruções diretamente nas bases de dados, sempre que tal for necessário.

 

Leia o resto deste artigo »





Aceder ao conteúdo de base de dados SQL Server Compact (sdf)

24 09 2015

 

Para aceder facilmente ao conteúdo de uma base de dados SQL Server Compact (extensão *.sdf), poderá utilizar o SdfBrowser que está disponível em http://brain2cpu.com/#.

 

image

 

Leia o resto deste artigo »





Erro no processo de atualização do Microsoft SQL Server

6 06 2014

 

Ao actualizar o SQL Server para uma versão superior, poderá receber o seguinte erro:

Troubleshooting093-03

“There are no features selected for upgrade.”

 

Leia o resto deste artigo »





Projecto Colibri RCP 9

30 06 2013

O Projecto Colibri RCP 9, aplicação de facturação multiplataforma, disponível para Linux, Windows e Mac OS X, lançou a versão 9 que traz consigo algumas novidades, onde se destaca, na edição gratuita, a possibilidade de exportar o ficheiro SAFT com a nova estrutura de dados (1.02-Portaria 160/2013) que vai vigorar a partir de 1 de Julho de 2013.

 

image

 

 

Novas funcionalidades:

  • Módulo POS (não disponível na edição gratuita).
  • Ligação ao WebService da Autoridade Tributária, para comunicação de dados de facturação e documentos de transporte (não disponível na edição gratuita).
  • Integração com o WebService VIES quer permite que ao criar uma ficha de uma entidade, depois de indicar o NIF, o Colibri possa completar automaticamente os restantes dados como nome, morada, etc (não disponível na edição gratuita).
  • Factura Electrónica (não disponível na edição gratuita).
  • Integração com Google Maps (não disponível na edição gratuita).
  • Várias melhorias e resolução de problemas em todas as edições, que podem ser consultadas aqui.

 

O módulo POS , que opcional nas edições intermédias, é uma das novidades com maior impacto para o utilizador. Com um design minimalista, este módulo poderá ser utilizado em empresas ligadas ao retalho, com “frente de loja”, para o registo de documentos de venda de forma simplificada e rápida. Com o recurso a um ecrã touchscreen permite que o utilizador, mesmo não possuindo nenhum conhecimento da aplicação registe rapidamente uma venda, podendo imprimir o documento numa impressora de talões, e inclusive utilizar uma gaveta de dinheiro.

 

 

O comparativo de funcionalidades por edição pode ser consultado aqui.

 

 

Imagens do Projecto Colibri 9 em Mac OS X

Lista de empresas

listaempresas

 

 

 

Motores de base de dados suportados

motoresbd

 

 

 

Ambiente de trabalho do Colibri

ambientetrabalho

 

Leia o resto deste artigo »





SQL Server-Como resolver problemas relacionados a conflitos de Collation

9 03 2013

Excerto de um excelente artigo sobre collations no SQL Server.

 

Fonte: Blog Gustavo Maia Aguiar

 

Esse é um dos erros comuns quando trabalhamos com colunas textuais em operações de concatenação ou quando colunas textuais são utilizadas em operações de junção (JOINs) ou em combinação de resultados distintos (UNION). Nesse artigo descreverei porque isso acontece e alternativas para contornar ou resolver esse erro.

 

Um pouco sobre collation

Não sei se todos os que recebem essa mensagem sabem propriamente porque ela acontece e o que é o tal da collation. No fim das contas o que é importa é resolver o problema (mesmo sem saber exatamente qual era), mas penso que resolver o problema sabendo do que se trata é melhor do que resolvê-lo sem saber do que se trata. Assim sendo, farei uma breve descrição do que é collation.

 

Definir collation pode ser um pouco difícil, mas para tornar esse conceito simples, prefiro dizer que collation é a forma como tipos textuais serão armazenados, comparados e ordenados. A escolha da collation influenciará nesses três aspectos e a partir disso é que algumas facilidades podem ou não estar disponíveis. Uma collation que faça distinção entre maiúsculas e minúsculas considerará a letra "A" e a letra "a" como caractéres diferentes. Uma collation que faça distinção entre acentos também considerará a letra "Á" diferente da letra "A". Se a collation não faz distinção entre maiúsculas e minúsculas e nem acentos, então poderemos considerar que as letras "A", "a", "Á", "á", "À", "à", "Ã" e "ã" são equivalentes. Há um artigo muito bom publicado por Mauro Pichiliani explicando mais sobre collations. Recomendo que os interessados dêem uma lida. O artigo pode ser acessado através do link http://imasters.uol.com.br/artigo/262. Para aqueles que querem escovar bits e byte em torno desse assunto, o livro Inside SQL Server 2005 – The Storage Engine será de grande valia.

Leia o resto deste artigo »





SQL Server-Alterar a password do SA

16 02 2013

Em determinadas circunstâncias poderá ser necessário alterar a password do utilizador SA do Microsoft SQL Server, como por exemplo no caso de não saber qual a password definida inicialmente. Em ambientes de produção, críticos, este procedimento deverá ser utilizado com precaução, uma vez que podem existir serviços ou rotinas onde é necessário indicar a nova password.

 

Existem várias formas de efectuar este procedimento, nomeadamente recorrendo à linha de comandos do Windows, e através do SQL Management Studio. Neste exemplo, é utilizado o EMS SQL Manager for SQL Server. Clique aqui para conhecer esta ferramenta.

 

 

Proceda à autenticação no servidor no modo Windows Authentication.

Indique qual é o servidor e clique em Next.

image

 

Leia o resto deste artigo »





EMS SQL Manager for SQL Server–Lite Edition

16 02 2013

imageO EMS SQL Manager for SQL Server – Lite Edition é uma aplicação para  gerir de bases de dados Microsoft SQL Server, tal como o SQL Management Studio Express da Microsoft. Este último também é gratuito e está disponível para download no site da Microsoft.

 

A vantagem do EMS SQL Manager for SQL Server, é que tem uma edição “portátil” que não necessita de ser instalada, bastando descarregar, descompactar. O ficheiro tem apenas cerca de 10 MB, e pode ser transportado numa pendrive estando sempre pronto para ser executado. A edição free tem, entre outras limitações, o limite de 5 Bases de Dados que podem ser geridas.

 

Poderá descarregar a aplicação aqui (EMS SQL Manager for SQL Server Freeware (executable-file only). É necessário registo.

 

 

Neste artigo é demonstrado como configurar o EMS SQL Manager for SQL Server para gerir bases de dados do Primavera Express 7.5

O Primavera Express 7.5 não permite, tal como acontecia na versão 6.4, aceder directamente às bases de dados através da combinação de teclas CTRL+ALT+P. Uma vez que o SQL Management Studio não é instalado automaticamente, no processo de instalação do Primavera Express, em situações em que por uma razão ou por outra é necessário alterar ou aceder determinado tipo de informação, ou efectuar alguma operação de manutenção, existe esta limitação, que é facilmente colmatada com o recurso a ferramentas externas.

 

Com o EMS SQL Manager, para além de permitir alterar dados de tabelas é possível ter acesso a vário tipo de  informação que poderá ser útil para um administrador de base de dados, programador, ou para o próprio utilizador.

 

 

Na primeira vez que executa a aplicação é mostrada a seguinte janela onde poderá configurar algumas opções relacionadas com o interface do utilizador.

image

O idioma default é inglês, não existindo opção para alterar para português. Apenas os idiomas russo e alemão são de escolha opcional.

 

 

De seguida poderá ser mostrada uma outra janela onde poderá activar, por 30 dias, todas as funcionalidades da versão completa.

image

 

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express no Windows 8

17 11 2012

Lançado à poucos dias no mercado, o Windows 8 é agora o alvo da atenção dos utilizadores e produtores de software uma vez que é necessário confirmar e adaptar a compatibilidade de algumas aplicações já existentes.

 

44

 

No que diz respeito a esta questão, a Primavera, através de uma matriz que especifica a compatibilidade e requisitos dos seus produtos, oficializa que o Primavera Express 7.5 é compatível com o Windows 8. Esta matriz, em Excel, poderá ser consultada (no caso de não possuir credenciais de acesso ao User’s Space) se estiver a executar a versão 7.5 do Express, carregando em Ajuda > Ajuda > Questões de Suporte > Requisitos de Software dos Produtos Primavera. Segundo os dados constantes deste ficheiro, o Express 6.4 e 7.1 (mercado Espanhol), não são compatíveis com o Windows 8.

 

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express v7.50-Problema com licenciamento no arranque da aplicação

3 08 2012

 

Ao abrir o Primavera Express v7.50 poderá, em determinadas circunstâncias, ser confrontado com a seguinte mensagem:

 

22

O posto ‘Nome_do_Computador’ não está licenciado para utilizar nenhum dos módulos desta aplicação. Contacte o Administrador de Sistema.

 

 

Esta mensagem pode ser originada pelo facto de o utilizador ter alterado o nome do computador, reinstalado o sistema operativo dando-lhe um nome diferente do anterior, ou ter reposto uma cópia de segurança da base de dados PRIEMPRE sendo o nome do computador diferente entre a origem e o destino.

Ao ser mostrada esta informação, o utilizador embora consiga abrir o Administrador, é impedido de abrir o POS e o Primavera.

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express-Erro na inicialização da Plataforma

25 02 2012

Em determinadas circunstâncias, por exemplo, quando o utilizador tem necessidade de inicializar a plataforma do PE para uma instancia de dados diferente da instancia original “PRIEPRESS”, instalada pela aplicação,  (ver artigo Primavera Express-Resolver problemas de ligação do Primavera ao SQL Server) poderá surgir um erro, originado pelo facto de o utilizador ter instado uma versão do SQL Server numa língua que não o Inglês.

1

“A conta de acesso indicada não tem a definição do idioma por defeito como ‘US English’.

Para o correcto funcionamento da Plataforma PRIMAVERA, altere no servidor o idioma por defeito desta conta de aceso ou seleccione uma conta de acesso que observe esta definição”

Leia o resto deste artigo »





SQL Server–Identificar a versão

15 12 2011

Em determinadas circunstâncias é necessário identificar a versão do SQL que está instalada num sistema. Para esse efeito existe uma query que nos informa sobre a versão  e edição do SQL Server, do Sistema Operativo onde o servidor de dados está instalado, entre outros detalhes importantes.

 

 

Ligue-se à instância de dados sobre a qual deseja obter informações e execute a query: SELECT @@VERSION

111

Neste exemplo, o retorno é o seguinte:

Microsoft SQL Server 2008 (SP2) – 10.0.4000.0 (Intel X86)   Sep 16 2010 20:09:22   Copyright (c) 1988-2008 Microsoft Corporation  Express Edition on Windows NT 5.1 <X86> (Build 2600: Service Pack 3) (VM)

 

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express-Desinstalação completa

6 11 2011

Quando o utilizador deseja remover o Primavera Express do sistema tem que ter em conta que nem todos os dados são removidos pelo assistente de desinstalação. As bases de dados SQL e outros dados permanecem no sistema o que pode não ser exactamente o pretendido pelo utilizador se este não tiver tenções de vir a instalar a aplicação no futuro.

 

Ao apagar por completo todos os dados do Primavera Express, impossibilita que fiquem ficheiros “perdidos” no sistema, que serviços desnecessários do SQL Server fiquem a ocupar recursos de processamento, e por uma questão de o utilizador não pretender que ninguém tenha acesso às bases de dados e por conseguinte aos dados de facturação.

 

Cenário:

  • Windows 7
  • Primavera Express 06.4001.1094 (instalação por defeito)

Antes de iniciar a desinstalação, equacione fazer uma cópia de segurança para a eventualidade de mais tarde haver a necessidade de aceder aos dados. Veja este artigo para mais informações.

 

Meu Computador > Adicionar ou remover programas.

21-10-2011 11-19-17

Localize o Primavera Express. Clique em cima do mesmo com o botão direito do rato e escolha a opção Desinstalar

 

Leia o resto deste artigo »








%d bloggers like this: