Pix4Dcapture-Mapeamento Aéreo com Drones

25 05 2020

Atualmente a utilização de drones vai muito para além da captura de imagem para finalidades pessoais e de lazer. Estes equipamentos são cada vez mais utilizados em diversos sectores e industrias, sendo uma ferramenta preciosa, rápida e de baixo custo, para a realização de determinadas tarefas que anteriormente eram realizadas, por exemplo, por um helicóptero. Em baixo menciono alguns exemplos de utilização profissional de drones:

 

  • O Parrot ANAFI THERMAL recorre a uma câmara térmica para poder ser utilizado em operações de busca e salvamento, mas também em inspeções a nível térmico de instalações e edifícios.
  • O DJI Agras é um drone concebido para a agricultura, para aplicação de pesticidas, líquidos, fertilizantes e herbicidas nas plantações.
  • BLUEGRASS e DISCO-PRO AG são 2 drones da linha profissional da Parrot, direcionados para agricultura de precisão, que recorrem a um sensor multi-espectral (Parrot Sequoia), desenvolvidos para analisar o estado das culturas.

 

Pix4Dcapture

 

O mapeamento aéreo, através da utilização conjunta de drones e software especializado, é mais uma das possibilidades da utilização destes equipamentos. A Pix4D é uma empresa suíça que desenvolve software de fotogrametria para este sector, sendo utilizado em áreas tão diversas como topografia, agricultura, construção, industria mineira, segurança, busca e salvamento, entre outras.

98603383_1463047417237449_8147878248450097152_n

Um dos seus produtos é a App Pix4Dcapture, que transforma um drone de “consumo”, não profissional, numa ferramenta de mapeamento que permite gerar modelos 3D. Esta App pode ser utilizada em conjunto com vários drones, entre os quais o Parrot Bebop 2, um drone de baixo custo, que apesar de ser antigo e ter sido descontinuado pela Parrot, pode ser utilizado para mapeamento automatizado, recorrendo à tecnologia da Pix4D. Este drone, que regularmente pode ser encontrado na Worten, em promoção, por valores a rondar os 150 EUR (sem comando) é sem dúvida um dos modelos com a melhor relação qualidade preço do mercado. No entanto, para a utilização da App Pix4Dcapture é necessário o comando Skycontroller 2, que poderá ser adquirido separadamente.

 

Uma das possibilidades mais interessantes do Pix4Dcapture é a possibilidade de utilizar mais do que uma bateria do drone na mesma missão. Isto permite criar missões para mapear áreas de maiores dimensões ou com maior detalhe. No caso do Bebop 2, uma bateria original, que esteja em bom estado, terá uma autonomia de voo real a rondar os 20 ~ 22 minutos (este tempo poderá variar em função de vários factores), quando a percentagem chega aos 10% sensivelmente. Deste tempo, por norma, uma pequena percentagem é normalmente consumida no processo de ligar o drone, calibração, flat trim, etc. Além disso também é necessário ter em conta que é uma boa prática ter o drone por perto quando a percentagem da bateria se situa em níveis baixos, diria, a menos de 20% ou 30%. Tudo isto para dizer que o tempo “útil” de voo será de 17 ou 18 minutos, sem grandes riscos. O procedimento para utilizar a funcionalidade de multi bateria pode ser encontrado aqui. Basicamente, depois de cada troca de bateria, o drone volta para o último ponto onde estava antes de aterrar para a troca da bateria, continuando a missão a partir daí.

 

O workflow de trabalho do Pix4D começa na aquisição de dados através de drones, sensores e câmaras, posteriormente o seu processamento na cloud ou no computador através de processos e técnicas de fotogrametria, e por fim a sua visualização e análise.

image

 

Para utilizar o Pix4D deverá começar por criar uma conta, que permitirá aceder aos 15 dias de teste, sem qualquer custo, para testar a App Pix4Dmapper (disponível para iOS e Android), a aplicação para PC e o software Pix4D na cloud. O Pix4Dmapper permite a conversão das imagens adquiridas pelo drone, gerando mapas e modelos em 2D e 3D, georreferenciados, com alta precisão, como ortomosaicos, modelos digitais de superfícies, nuvens de pontos, informações de áreas, volumes, entre outros dados. Posteriormente aos 15 dias de teste, se pretender continuar a utilizar o software, terá que pagar a licença. O custo é bastante alto, na ordem das centenas/milhares de Euros, principalmente para uma utilização sem fins comerciais.

O ecrã inicial da App Pix4Dcapture permite aceder às configurações da mesma, onde poderá selecionar o drone, a câmara utilizada, entre outras opções. A opção “Auto download images when mission ends”, quando ativada, inicia a transferência dos dados, do drone para a App, mal o drone aterra, embora este processo possa ser interrompido pelo utilizador. Como a transferência pode demorar algum tempo, poderá estar a gastar desnecessariamente a bateria, no caso de esta ainda vir a ser necessária, por exemplo, para uma nova missão, ou poderá estar a colocar desnecessariamente a bateria em níveis não aconselhados tendo em conta as boas práticas de utilização e optimização do tempo de vida útil da bateria. No meu caso desativei a opção em questão uma vez que transfiro os dados posteriormente, em casa.

São compatíveis alguns modelos de drones dos 3 maiores fabricantes mundiais: DJI, que vão desde o Spark até aos drones da linha Matrice, drones da Parrot como o Bebop 2, Anafi, Disco-Pro AG e Bluegrass (estes 2 últimos direcionados para agricultura de precisão), e Yuneec H520.

IMG_2549

Depois de efetuar as configurações iniciais, deverá selecionar o tipo de missão que pretende. Neste exemplo, selecionei a opção POLYGON, tendo em conta a área que pretendi mapear. Nesta página poderá entender quais as diferenças entre os vários modos e também qual o modo mais adequado para para cada caso.

A configuração da área a mapear pode ser feita previamente, antes sequer da conexão com o drone. Aqui, para além de definir a área no mapa, terá que definir a altura à qual o drone irá voar. O tempo estimado de voo, tendo em conta a área e a altura de voo, neste caso, é de 7 minutos e 36 segundos. Apesar de existirem locais bem mais interessantes para testar o Pix4D, devido a todas as restrições de voo existentes na minha zona de residência, escolhi o parque BB King, em Sabrosa, perto de Vila Real, para efetuar o mapeamento.

Quanto mais alto o drone voar menor será o tempo de voo, mas ao mesmo tempo menos detalhe terá o resultado final. É necessário ter em conta a altitude definida para evitar colisões com cabos, árvores, entre outros obstáculos.

No canto superior direito, ao carregar no ícone da roda dentada, é possível aceder a algumas opções relacionadas com o projeto selecionado, como a velocidade pretendida para o drone voar, entre outras opções que também podem ter impacto no tempo estimado de voo.

IMG_2555

Leia o resto deste artigo »





Parrot Bebop 2-Um drone com uma relação qualidade/preço imbatível

30 04 2019

Muito embora o Parrot Bebop 2 seja um drone relativamente antigo, este modelo continua a dar cartas no mercado não só pelas suas especificações, mas também pela relação qualidade/preço imbatível. Atualmente o Bebop 2, sem comando, pode ser encontrado a cerca de 200 Euros, conforme os dias e as promoções em vigor. Na Amazon.es já esteve a 199 EUR, e em lojas nacionais como na Worten, Fnac e outras, o mesmo drone pode ser regularmente encontrado a cerca de 230 EUR. É um excelente preço, tendo em conta que este modelo, ao contrário do Parrot Disco, ainda não foi descontinuado pela Parrot. Quando foi lançado, sensivelmente no final de 2015, este modelo (só o drone) custava à volta de 600 EUR e desde então o preço tem vindo a descer. Este drone também pode ser comprado na edição FPV, (edição normal e edição Power), em que, para além do drone, também vem o comando Parrot Skycontroller 2 e os óculos Parrot Cockpitglasses. Neste caso o custo atualmente situa-se entre os 500 e os 600 EUR.

 

O seu rival mais direto, DJI Spark, entre outras características, fica a ganhar em portabilidade e qualidade de imagem. Perde no entanto ao nível autonomia de voo, que é bastante inferior em relação ao Bebop 2, e, claro, na relação qualidade/preço. A câmara do Bebop 2, que é igual à câmara do Parrot Disco, é atualmente a sua característica que mais fica a perder face a muitos outros drones mais recentes. A qualidade das imagens obtidas estão longe da perfeição e a diferença é notória.

 

IMG_604722

Leia o resto deste artigo »








%d bloggers like this: