Produtos Fitofarmacêuticos-Registo da venda

22 04 2016

A legislação atual, nomeadamente a Lei 26/2013 obriga a uma série de requisitos relacionados com as atividades de distribuição, venda e aplicação de produtos fitofarmacêutico (fitofármacos).

 

image

image

 

Em concreto, o artigo Artigo 1 especifica o seguinte:

“…
Registos da venda
1 — Nos estabelecimentos de venda, o vendedor dos produtos fitofarmacêuticos deve registar, incluindo no documento comprovativo de venda, o número de autorização de exercício de atividade, a data, o nome do comprador, o nome comercial e o número de autorização de venda do produto, as respetivas quantidades e os lotes e, se for o caso, o número de identificação do aplicador especializado.
…”

 

Leia o resto deste artigo »





Primavera Pssst e Tlim-Obter dados do cliente através do NIF/NIPC

14 02 2016

As versões mais recentes do Primavera Pssst e Tlim permitem obter dados do cliente a partir do NIF (o acrónimo mais correto para designar o NIF de uma empresa é NIPC: Número de Identificação de Pessoa Colectiva), recorrendo ao VIES (VAT Information Exchange System / Sistema de Intercâmbio de Informações sobre o IVA).

 

Esta funcionalidade (WebService que depende de ligação à Internet), permite aumentar a rapidez no registo de informação, assim como reduzir o erro na introdução de dados. Após introduzir o numero de contribuinte e carregar em “Procurar web”, os dados são preenchidos de forma automática. Tenha em conta que nem todos os NIFs são reconhecidos pelo sistema VIES, como por exemplo NIFs de particulares (não sujeitos passivos de imposto).

 

image

image

Leia o resto deste artigo »





InvoiceXpress-Análise

11 02 2016

 

imageExistente desde 2010, o InvoiceXpress, desenvolvido pela empresa RUPEAL é um software de faturação online, certificado pela AT, made in Portugal. Com planos mensais a partir de 5 Euros + IVA, esta aplicação está assente no modelo SaaS (Software as a Service), o que significa que não existem contratos de permanência ou fidelização. Simplesmente o utilizador tem de pagar determinado valor, com determinada periodicidade, para que o serviço se mantenha ativo.

 

Orientado para o mercado alvo das empresas prestadoras de serviços, freelancers, profissionais liberais, e integração com lojas online, o InvoiceXpress prima pela simplicidade e pelo baixo custo. Tudo o que necessita é de uma ligação à Internet e de um navegador. Não tem de se preocupar com a atualização da aplicação seja para resolução de anomalias ou por obrigações fiscais, infra-estrutura, cópias de segurança, suporte. Tudo isto é da responsabilidade do prestador do serviço, o que significa menos complexidade e menos custos.

 

image

 

O utilizador tem de escolher 1 dos 3 planos para poder subscrever o serviço. O valor é variável, tendo em conta as funcionalidades e limitações de cada plano. O pagamento de 12 ou 24 meses concede um desconto relativamente ao preço base, de 16% e 33% respetivamente.

 

O InvoiceXpress responde a vários requisitos e especificidades do mercado português, como a comunicação de documentos via SAF-T PT ou automática, regime de IVA Geral e IVA de Caixa, motivos de isenção de IVA, certificação de software atribuído pela Autoridade Tributária e Aduaneira (número 192), retenção na fonte, comunicação de documentos de transporte. Mais recentemente o InvoiceXpress passou a estar disponível para o mercado moçambicano, sendo o primeiro software de faturação certificado pela Autoridade Tributária de Moçambique.

 

 

Planos de preços

image

Poderá testar o InvoiceXpress durante 30 dias, antes de subscrever um dos planos, o que permite avaliar convenientemente a aplicação.

 

 

 

Algumas imagens e funcionalidades do InvoiceXpress

Ambiente de trabalho do InvoiceXpress.

image

A aplicação permite registar diversos tipos de documentos, como faturas e outros documentos de faturação, orçamentos, guias de transporte e encomendas. O procedimento de registo é semelhante para todos os documentos.

 

 

Registo de novo documento e escolha do cliente.

image

Detalhes do documento e itens (artigos).

image

 

 

Layout de documento de venda.

image

 

 

Registo e edição de Contactos (clientes ou potenciais clientes).

image

 

Leia o resto deste artigo »





Fabricantes de Software de Gestão Lesados pelo TOCONLINE e AFE da OCC

10 01 2016

Fonte: http://lesadosocc.blogspot.pt/ (retirado de: https://www.facebook.com/luislucaspt)

Artigo relacionado: 28 empresas de software apresentam queixa contra a Ordem dos Contabilistas

 

 

COMUNICADO

Entendem os fabricantes de software de gestão, abaixo mencionados, e doravante designados de Fabricantes, fazer o seguinte comunicado e torná-lo público junto de todos os Contabilistas Certificados e da comunidade empresarial em geral.

 

1.Como foi publicamente anunciado um conjunto de trinta e um fabricantes de software de gestão empresarial, apresentaram no passado dia 17 de dezembro, uma ação judicial contra a Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC). A razão para a ação judicial é a comercialização de software de gestão por parte da OCC.

 

2.O setor das tecnologias de informação e em especial o setor representado pelos Fabricantes, manteve ao longo dos últimos trinta e cinco anos, número de anos em que o software de gestão para a microinformática se tem desenvolvido, uma excelente relação com as várias associações profissionais que representam o setor da contabilidade profissional.

Leia o resto deste artigo »





WINTOUCH Cloud Free passa a disponibilizar acesso ao Ponto de Venda de Retalho e Restauração

2 12 2015

Artigo relacionado: WINTOUCH Cloud Free

 

A partir de ontem, 1 de Dezembro, o WINTOUCH Cloud Free passou a disponibilizar o acesso ao Ponto de Venda de Retalho e ao Ponto de Venda de Restauração. Para além das limitações ao nível de funcionalidades, a versão Free dos Pontos de Venda apenas permitem o registo de documentos de venda até ao limite de 1000 Euros por mês.

 

Relativamente ao WINTOUCH Cloud Gestão Comercial, os Pontos de Venda de Retalho e Restauração exigem que seja instalado um pequeno aplicativo por forma a que seja possível comunicar com os periféricos (impressoras, gavetas, balanças, etc).  A única diferença está no facto de passar a ser necessário executar e aceder ao WINTOUCH Cloud através de um atalho especifico que se encontra no menu iniciar e no ambiente de trabalho do Windows, em vez de aceder via navegador web.

 

 

Imagens

Ecrã inicial (comum ao Retalho e Restauração)

image

 

Mesas (Restauração)

image

 

Pagamento (comum ao Retalho e Restauração)

image

Leia o resto deste artigo »





WINTOUCH Cloud Free

8 10 2015

O WINTOUCH Stratus, recentemente renomeado para WINTOUCH Cloud, disponibiliza agora uma versão gratuita. Esta versão destina-se essencialmente a start-up’s, profissionais liberais e micro empresas ligadas à área dos serviços, que emitam até 10 por mês.

 

image

WINTOUCH Cloud a ser executado no navegador Safari e OS X

 

 

Esta aplicação, totalmente em ambiente cloud e no modelo de comercialização SaaS, está alojada na plataforma Microsoft Azure. É possível aceder à WINTOUCH Cloud através de vários navegadores Web, em vários sistemas operativos como Linux, Windows e OS X.

 

Algumas limitações da versão Free:

  • 1 utilizador.
  • Até 10 documentos por mês.
  • Não é multi armazém.
  • Não é multi moeda.
  • Não dispõe dos módulos de Retalho e Restauração.
  • Não emite documentos do tipo Guias, Orçamentos e Encomendas.
  • Não tem gestão de stocks.
  • Não gere fornecedores.

A tabela completa de funcionalidades de todas as versões, pode ser consultada aqui.

 

 

Ciar uma conta Free no WINTOUCH Cloud

Primeiramente é necessário efetuar o registo no site www.wintouchcloud.com, especificar a versão Free, e aguardar por um email que tem um link para ativação da conta.

image

Após a ativação da conta, receberá um novo email com as credenciais de acesso a aplicação.

 

 

Leia o resto deste artigo »





Primavera Tlim Express-Configuração de periféricos

7 06 2015

 

Antes de iniciar uma utilização real do Tlim, deverá efetuar uma série de configurações ao nível dos periféricos.

 

 

Impressora

No teste que fiz, utilizei uma impressora EPSON TM-T88 III com porta série. Uma vez que estava a utilizar um computador portátil, e normalmente estes não têm porta série, utilizei um conversor ATEN UC232A.

 

A impressora poderá ser instalada diretamente no Windows, como uma impressora normal, com o nome que desejar. Em alternativa, com determinadas impressoras, basta saber a que porta estão ligadas, e não é necessário instalar no Windows. Basta na configuração do Tlim, definir a porta. Neste exemplo optei por instalar a impressora no Windows.

image

 

 

Em Sistema > Configurações > Periféricos > Portas > carregue em Detectar para que o Tlim detecte e liste todas as portas existentes sistema. Posteriormente localize a porta onde se encontra a impressora que pretende utilizar.

image

 

 

No separador anterior, em Impressoras, defina o Destino da impressão (porta identificada anteriormente), assim como o Driver e Charset. Active as opções Def  (impressora por defeito) e Act (impressora ativa).

image

Tenha em conta que a impressora que está a utilizar, poderá não existir listada nos Drivers da aplicação. Tal não significa que não possa eventualmente funcionar com outro driver. No meu teste, experimentei vários drives de impressão até encontrar um que fizesse a melhor impressão possível ao nível da velocidade, dimensão dos caracteres, área de impressão ocupada, quer na diagonal, quer na vertical, assim como o local de corte de papel (se disponível na impressora).

 

 

Para testar a impressora poderá efetuar um documento de venda. Para esse efeito, escolha, à esquerda, a família, ao centro o(s) artigo(s), e por fim carregue em Registar. Posteriormente carregue no botão verde, e carregue novamente no botão verde na janela que permite definir o cliente.

image

Leia o resto deste artigo »








Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 503 outros seguidores