Moloni Print Client (MPC) disponibilizado para Linux

28 03 2015

image

Disponível para Windows e OS X, passou a estar também disponível para Linux o Moloni Print Client que permite interligar o POS (Point of Sale/Ponto de Venda) Moloni com impressoras de talões e gavetas de dinheiro.

 

 

Este é mais um grande avanço na plataforma Moloni, que de distingue das demais plataformas de faturação na Cloud ao disponibilizar um módulo POS que é executado diretamente num navegador Web, com a possibilidade de impressão de documentos para impressoras de talões.

 

No mercado existem atualmente várias soluções de faturação online, porem o Moloni tem vindo a destacar-se devido às suas funcionalidades, tarifários, e constante inovação.

image

 

Leia o resto deste artigo »





Backup de Bases de Dados SQL Server para a Cloud

26 03 2015

Um estudo revela que 85% das PMEs enfrentam problemas com backup e recuperação de dados. A pergunta que se impõe é: “Se neste momento for necessário repor uma cópia de segurança da base de dados do seu ERP ou outro sistema critico, esse backup existe, está acessível e é recente?”.

 

Neste artigo vou explicar como proceder para configurar backups de bases de dados SQL Server para o Dropbox (como exemplo são utilizadas as bases de dados do Primavera Express).

 

image

 

O Dropbox é um dos serviços mais conhecidos e utilizados na Internet para partilha e armazenamento de dados na cloud. Para além de ser um dos pioneiros, é certamente um dos mais utilizados a nível mundial pela sua segurança e confiabilidade.

 

Para este artigo foi utilizada a aplicação SQL Backup Master. Como alternativa existe o SQL Backup And FTP que é muito semelhante, com a desvantagem de na edição gratuita apenas permitir o backup de 2 bases de dados, no entanto com a mais valia de permitir que sejam adicionadas pastas à rotina de backup.

 

Backups para a serviços de cloud storage é apenas mais uma das opções ao dispor para o armazenamento de cópias de segurança, entre Tapes, Unidades Flash, unidades de armazenamento como Discos Rígidos, CD/DVD, NAS (Network-attached storage), etc. Cada um tem os seus pontos fortes e pontos fracos, sendo óbvio os serviços de armazenamento na nuvem têm claras vantagens sobre todos os restantes.

 

 

 

Configuração

Instalar o SQL Backup Master.

Crie uma nova rotina de backup.

image

 

 

 

Selecione o servidor de dados SQL Server, assim como a autenticação para esse mesmo servidor.

image

 

 

 

Selecione a(s) base(s) de dados para as quais vai ser efectuada a cópia de segurança. Podem ser definidas manualmente, ou em alternativa, se ativar a opção “Back up all non-system databases” todas as bases de dados são incluídas, mesmo as que venham a ser criadas posteriormente à gravação desta rotina (excepto as bases de dados de de sistema que são ignoradas).

image

Na edição gratuita do SQL Backup Master não existe limite de bases de dados que podem ser incluídas na rotina de backup agendada (limitado a um servidor/instância de dados).

 

 

Leia o resto deste artigo »





CRM – O novo Módulo do Primavera ELEVATION Business Suite

20 03 2015

Fonte: PrimaveraBSS

 

image

 

Sabe quantos negócios tem perdido por incapacidade de resposta da equipa comercial?

Sabe quantos pedidos de contacto ficaram sem uma resposta adequada?

Sabe quantas leads foram perdidas porque nunca foram registadas nem acompanhadas?

 

A PRIMAVERA acaba de disponibilizar um módulo de CRM na Cloud, sendo a partir de agora muito mais fácil estruturar estratégias de marketing e otimizar o relacionamento com os seus clientes e potenciais clientes.

Conheça as funcionalidades e perceba se este é suporte tecnológico certo para as suas estratégias comerciais.

 

Dia: 27 de março

Início: 11h00 (hora de Portugal Continental)

Duração: 30 minutos

Orador: Vítor Ferreira, Product Owner PRIMAVERA

Leia o resto deste artigo »





Primavera compra Eye Peak à Sinfic

3 03 2015

Fonte: www.computerworld.com.pt

Com a aquisição, o fabricante de aplicações de negócio pretende reforçar a sua aposta no segmento das empresas de média dimensão e alargar as suas áreas de actividade.

 Eye_Peak (DR)

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express–Atualização importante

17 02 2015

A versão 7.6000.1208 foi disponibilizada ontem e resolve duas anomalias, sendo que uma é critica e está relacionada com o calculo do valor da contribuição Sacos Leves.

 

Anomaly: 593348
Fixed in Version: 7.6000.1208
Solved in date: 02/12/2015

 

Problem description

Valor do contribuição Sacos Leves mal calculado em séries com IVA incluído.

 

How to reproduce

– Indicar o valor da contribuição 0.08;

– Criar um artigo sujeito à contribuição Sacos Leves com o PVP1 de 0.0246€ (valor com  IVA incluído);

– Criar uma série para um documento de venda com IVA incluído e usada em POS;

– No POS, usando o documento e a séria configurada, lançar o artigo indicando uma 
quantidade de 100 unidades;

– Verificar o total do documento.

 

Observed behaviour

Não está correto.

 

Expected behaviour

O total do documento, para o exemplo descrito, deve ser 12,30€.

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express – Contribuição sobre sacos plásticos leves (Lei n.º 82-D/2014)

10 02 2015

Foi hoje disponibilizada pela Primavera uma nova versão do Express que dá resposta à obrigatoriedade de contribuição sobre sacos plásticos leves (D. L. n.º 82-D/2014).

 

 

A versão mínima da aplicação que dá resposta a esta normativa é 07.6000.1207.

 

Configurações no Administrador (Administrador > Selecionar Empresa >  Logística e Tesouraria > Parâmetros da Empresa)

image

 

 

 

Configurações no artigo

image

 

 

 

Editor de Vendas

image

 

 

Leia o resto deste artigo »





Já há empresas portuguesas a pagar pelo resgate de bases de dados

8 02 2015

Fonte: Exame Informática

Nos últimos seis meses, deram entrada cerca de uma dúzia de queixas de sequestros de bases dados na PJ de Lisboa. Os resgates chegam aos 10 mil euros – e são, em muitos casos, a única forma de recuperar os dados.

 

 

Na PJ, ninguém o diz abertamente, mas há uma elevada probabilidade de as vítimas de hackers que sequestram bases de dados, não terem outra alternativa senão pagar os resgates que lhes são pedidos, caso queiram recuperar os respetivos repositórios. E não adianta culpar a brigada de combate ao cibercrime: as chances de recuperação dos dados dependem apenas e só da cifra usada pelos cibercriminosos. Se a encriptação for a mesma que foi usada nos ataques levados a cabo no final de 2014 nos EUA… o resgate é mesmo a única alternativa.

 

«Nos EUA, houve grandes empresas que pagaram os resgates. Os cibercriminosos usaram cifras muito fortes que poderiam demorar dezenas ou centenas de anos a descobrir as chaves certas, com um sistema de brut force a testar todas as possibilidades», explica José Pina Miranda, especialista em criptografia e professor da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

Leia o resto deste artigo »








Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 418 outros seguidores