Webinar gratuito sobre comunicação de inventários e certificação de software

18 01 2015

Fonte: PrimaveraBSS

Com a aprovação do Orçamento de Estado para 2015 entrou em vigor a obrigatoriedade de comunicação eletrónica de inventários à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT).

Até 31 de janeiro de 2015, a maioria das empresas portuguesas terá que enviar o ficheiro informático respeitante ao exercício anterior.

Assista ao webinar gratuito que a PRIMAVERA irá promover no próximo dia 21 de janeiro e saiba o que deve fazer na sua empresa para cumprir esta obrigatoriedade. Ao participar na sessão ficará ainda a par de outras alterações de âmbito fiscal e como responder às mesmas com o apoio do software de gestão PRIMAVERA.

Webinar gratuito

21 de janeiro

15h00 (hora de Portugal Continental)

30 min

Leia o resto deste artigo »





Comunicação de stocks deve aumentar receita fiscal em 50 a 100 milhões de euros

10 01 2015

Fonte: Dinheiro Vivo

 

 

As empresas com um volume de negócios anual superior a 100 mil euros passaram a estar obrigadas a comunicar por via eletrónica à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) as mercadorias que têm em stock. A data para o fazerem termina a 31 deste mês e estima-se que esta medida leve a uma correção na receita do IVA e do IRC entre 50 a 100 milhões de euros.

 

Entre os elementos que as empresas têm de comunicar à AT inclui-se o tipo de produtos em stock, o código único que os identifica e ainda a sua descrição, de acordo com o previsto na portaria que define a estrutura e características da tabela do inventário, e que foi publicada esta terça-feira, em "Diário da República".

Os agentes económicos têm ainda de indicar a quantidade de existências final relativa ao período a que reporta o inventário, bem como o período de tributação a que este se refere. A comunicação eletrónica de stocks vai abranger cerca de 350 mil empresas e pretende constituir mais um passo no combate à fraude e evasão fiscais em matéria de IVA e de IRC. Com base nesta informação, a administração fiscal fica com meios para reforçar o cruzamento de dados e para detetar discrepâncias entre a faturação de uma empresa, os bens em circulação e os que integram o seu inventário. A Secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais estima que esta nova ferramenta possa gerar uma correção na receita fiscal entre 50 a 100 milhões de euros em 2015.

 

A AT disponibilizou no seu portal, no início de dezembro, um ‘draft’ de formato de ficheiro através do qual os agentes económicos irão comunicar os elementos do seu inventário por via eletrónica.

 

As empresas já estavam obrigadas a fazer os inventários até ao final do primeiro mês de cada ano, mas só a partir de 2015 passam também a ter de partilhar estes dados com a AT.

Leia o resto deste artigo »





Fisco passou a pente fino 1300 estabelecimentos comerciais

13 11 2014

Fonte: Publico.pt

Inspecção nacional a programas informáticos de facturação resultou em 150 autos de notícia. Finanças prometem novas acções contra evasão fiscal.

As coimas das infracções por não utilização de programas de facturação podem ir até aos 37.500 euros

Leia o resto deste artigo »





Curso de Formação Gratuita “Facturação para Empreendedores”

28 08 2014

 

Inscrição: http://invoicexpress.com/curso-gratuito-facturacao

 

Leia o resto deste artigo »





Alterações fiscais: Identificação Única do Documento, data no formato Ano-Mês-Dia e utilização de papel timbrado

31 01 2014

 

No Primavera Express, a Identificação Única do Documento (Portaria nº 340/2013), que inicialmente estava disponível apenas na linha da assinatura do documento, passa agora a ser mostrada também no campo do número do documento (formato: TIPO DOCUMENTO+ESPAÇO+SÉRIE+/+NÚMERO).

 

 

As datas passam também a estar conforme indicações do Oficio Circulado 50001/2013, que estipula que a mesmas devem ter o formato AAAA-MM-DD.

Saiba que Impacto tem o Ofício 50.001/2013 na sua empresa

 

 

Passa a ser obrigatório (Decreto-Lei nº 197/2012-nº 14 do art. 36), nos documentos fiscais processados por sistemas informáticos, que, todas as menções obrigatórias, incluindo o nome, a firma ou a denominação social e o número de identificação fiscal do sujeito passivo do adquirente, sejam impressas pelo respetivo programa ou equipamento informático de faturação. Assim sendo, a não é proibida a utilização de papel timbrado (papel pré-impresso), desde que a aplicação de facturação insira os dados obrigatórios no documento, ainda que tais dados possam ficar em duplicado.

 

 

image

 

Leia o resto deste artigo »





Projecto Colibri 9.4.2

30 01 2014

 

Foi disponibilizada no passado dia 28, a versão 9.4.2 do Projecto Colibri.

 

Untitled (3)

 

Melhorias e novidades:

 

LICENÇA PROFISSIONAL

  • Novo separador MOVIMENTOS em DOCUMENTOS: Passam a ser apresentados os MOVIMENTOS aos quais o documento DEU ORIGEM.

 

TODAS AS LICENÇAS

  • Actualização do driver JDBC MySQL.
  • Revisão interna e de metodos da API.
  • Revisão do processo de backup em MAC.
  • Correcção das datas de EXPEDIÇÃO.
  • Melhoria na exportação SAFT.
  • Correcção na exportação SAFT.
  • Facturação de guias globais.
  • Importação de códigos postais.
  • Controle de artigos inactivos. Passa a não ser possível gravar um documento que contenha ARTIGOS INACTIVOS.
  • Controle de entidades inactivas.Passa a não ser possível um gravar documento que contenha uma ENTIDADE INACTIVA.
  • Novas funcionalidades do POS: Foram feitas alterações importantes no funcionamento do POS, para além de uma revisão interna.

 

Leia o resto deste artigo »





PRIMAVERA EXPRESS v7.60

27 01 2014

O Primavera Express passa agora a estar também disponível para os  mercados Angolano e Moçambicano, com a versão 7.60. O registo no portal e download da aplicação é efectuado nesta página.

 

Tal como acontece para o mercado português, a utilização do Primavera Express nos mercados moçambicano e angolano, está condicionada por um limite no volume de negócios, de 1.500.000 Meticais (MT) e 7.000.000 Kwanzas (AKZ), respectivamente.

 

Aquando de uma nova instalação desta versão o utilizador terá que escolher o país onde o produto irá ser utilizado. Tendo em conta a opção escolhida, será criada uma empresa devidamente configurada tendo em conta a moeda, impostos, distritos entre outros dados, devidamente localizados para o país em questão.

 

SNAGHTML31c4e4

Leia o resto deste artigo »








Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 418 outros seguidores