ERP – Conceitos Gerais (Glossário)

8 06 2019

Neste artigo partilho alguns dos principais conceitos gerais (glossário) comuns a qualquer sistema ERP. Poderá encontrar aqui uma ajuda para compreender estes sistemas, cada vez mais complexos e essenciais em qualquer organização.

 

Enterprise resource planning (ERP) module Construction flow icon art vector design

 

 

______________________________________________________________

Fonte: www.primaverabss.com

 

A

Acerto da incidência – Quando o valor da base de incidência calculada pelo sistema numa fatura difere do valor apresentado no resumo de IVA da fatura do fornecedor (normalmente por métodos de arredondamento diferentes) surge a necessidade de se proceder ao acerto do IVA correspondente.

Acerto do valor – Quando o valor do imposto calculado pelo sistema numa fatura difere do valor apresentado pelo fornecedor na sua fatura (normalmente por métodos de arredondamento diferentes) surge a necessidade de se proceder ao acerto do IVA correspondente.

Antiguidade – Nas contas a receber, a análise de antiguidade de saldos é uma ferramenta de gestão fundamental. Enquanto ferramenta analítica ajuda a determinar a saúde financeira dos clientes de uma empresa e, portanto, a saúde do seu negócio.

Anulação – A anulação de um meio de pagamento "desativa" o documento para que ele não se possa usar mais.

Anulação de cheque – A anulação de um cheque "desativa" o cheque para que não possa ser usado como um cheque em branco. Por outras palavras, deixa de ser possível preencher o cheque para o dar a alguém através do preenchimento do campo do beneficiário, da introdução de um valor e da sua assinatura.

Armazém – Um armazém é um edifício/lugar/campo para o armazenamento de materiais.

Artigo – Também designado de item, produto ou bem, o artigo é o elemento que identifica de forma unívoca o produto ou serviço envolvido numa transação.

Assinatura – Nalguns países, os documentos emitidos por uma empresa têm de conter textos obrigatórios, bem visíveis na impressão, que podem variar de acordo com o documento. Estes textos são impressos sob o termo de assinatura.

B

Beneficiário – Representa a entidade que beneficia de um determinado acontecimento. No caso do processo de retenções identifica a entidade que vai beneficiar de um pagamento por via da retenção que se torna efetiva.

BOM (lista de materiais) – Compilação dos artigos que são usados no fabrico de um produto.

Bruto – Corresponde ao valor total de bens e serviços, sem descontos nem impostos.

Leia o resto deste artigo »

Anúncios




Primavera Pssst! e Tlim-Entradas e Saídas de Caixa

22 02 2019

O rigor no controlo do caixa é fundamental em qualquer ponto de venda. O registo de todas as operações relacionadas com a caixa permitem uma correta gestão de todo o fluxo monetário do dinheiro. Neste artigo vou demonstrar como utilizar a funcionalidade que permite registar entradas e saídas em caixa no Primavera Pssst (o mesmo procedimento aplica-se ao Tlim).

 

Pri

 

Após o registo de vários documentos de venda, podemos verificar que o total de numerário em caixa (Caixa > Total) é de 78,95 EUR.

image

Em Caixa > Entradas/Saídas poderá escolher Entrada de Caixa ou Saída de Caixa. O registo destes movimentos é muito importante para que o valor em caixa corresponda sempre ao valor mostrado pela aplicação. Esta preocupação é fundamental, especialmente quando existem vários funcionários e vários turnos. Também numa eventual ação de auditoria e fiscalização por parte do Fisco é importante que o valor em caixa corresponda ao valor indicado pelas aplicações informáticas.

 

 

Registo de Saídas de Caixa

Ao efetuar uma saída de caixa, poderá, se assim o desejar, definir uma descrição para melhor identificar este movimento. Por exemplo, “Pagamento ao Fornecedor X”, com o valor de 17,46 EUR. Outra situação na qual é usual utilizar esta funcionalidade é quando é necessário retirar dinheiro da caixa para uma caixa central ou para um cofre (movimento também designado por “sangria de caixa”), para outra caixa, ou mesmo para depositar no banco.

image

É possível imprimir os documentos de saída de caixa, com a descrição da operação, data, hora, valor e outros dados.

image

Leia o resto deste artigo »





Primavera Pssst! e Tlim-Demonstração de novidades v8.30 SR6

17 01 2019

Na sequencia da publicação do artigo Primavera Pssst! e Tlim-Novidades v8.30 SR6, pretendo neste novo artigo demonstrar algumas das novidades da versão v8.30 SR6.

 

 

Pré-visualização de documentos (Pssst! e Tlim)

Na configuração de periféricos, no separador Destinos, basta ativar a opção “Pré-visualiza”.

image

Com esta opção ativada, sempre que der ordem de impressão de uma consulta, mapa, ou listagem, primeiramente o documento vai ser mostrado no ecrã. No exemplo seguinte, o operador carrega em imprimir a conta e a mesma é mostrada no ecrã. Se pressionar o botão verde, então é efetuada a impressão.

Pssst1

Na imagem seguinte fiz a impressão de um resumo de vendas diárias.

Pssst2

A configuração da pré-visualização dos documentos (faturas, recibos, etc.) é efetuada noutro local, mais especificamente em cada documento. Por exemplo, para ativar a pré-visualização no documento Fatura Simplificada, é necessário aceder a Tabelas > Documentos > Tipos de documentos > selecionar o documento em questão > Editar > ativar opção “Pré-visualizar impressão” no separador Impressão.

Pssst50

Pssst51

Leia o resto deste artigo »





Primavera Pssst! e Tlim-Novidades v8.30 SR6

15 01 2019

Foi disponibilizada há algumas semanas pela Primavera a Service Release 6 (SR6) da versão 8.30 do Primavera Pssst! e Tlim. Esta nova versão traz várias novidades, não só para os produtos de Restauração e Retalho, mas também no POS Integrator, Pssst!Mobile e Cloud Services.

 

xbanners_1400

 

De todas as novidades, destaco a possibilidade de pré-visualização de documentos, listagens e mapas, diretamente no ecrã, existindo a possibilidade de impressão como alternativa. Passa também a ser possível configurar a largura do interface da aplicação, de modo a que esta possa ocupar uma maior área útil do ecrã, nomeadamente em ecrãs mais largos. As restantes novidades podem ser consultadas em baixo, no comunicado da Primavera.

Leia o resto deste artigo »





XD desenvolve VR-POS, o primeiro software de faturação para o Microsoft HoloLens

19 10 2018

imageA XD People é uma empresa portuguesa sediada no Porto que desenvolve software empresarial para várias áreas de negócio, como restauração, retalho, discotecas, SPA’s, entre outras.

 

Presente também em Espanha e no Brasil, o software desenvolvido pela XD desde cedo se diferenciou no mercado por estar preparado para as 3 plataformas mais utilizadas: Windows, Linux e macOS (leia o artigo que escrevi em 2012: XDPOS e XDREST–Aplicações para Ponto de Venda multiplataforma).

 

Fruto do constante investimento em investigação, a XD desenvolveu o VR-POS, o primeiro software de frente de loja a nível mundial que funciona em ambiente holográfico.  Este software para ponto de venda foi desenvolvido para o inovador sistema de realidade aumentada HoloLens, da Microsoft. Para ser mais exato, a Microsoft designa este sistema de realidade mista, uma vez que existe uma “fusão” do mundo real com o virtual.

 

 

image

 

O HoloLens é considerado uma das maiores inovações tecnológicas dos últimos anos. As suas potencialidades são enormes, nomeadamente em áreas como o entretenimento, medicina, engenharia, design de produto, arquitetura e indústria aeronáutica. A única forma de perceber como o HoloLens funciona é experimentando-o. É uma experiencia única e diferente. Basicamente os óculos, tal como uns óculos normais, permitem ver tudo o que nos rodeia. A magia acontece entre a nossa visão e o ambiente ao nosso redor. Aqui é que a informação é apresentada de forma sobreposta e segue o utilizador para onde quer que ele vá. Não tem qualquer semelhança com óculos de realidade virtual que vemos à venda  nas lojas de retalho e de informática, em que o utilizador deixa de ver o ambiente ao seu redor.

 

 20181012_121124_HoloLens

 

Apesar do seu custo, que atualmente ronda os 5000 Euros, estes óculos têm tido uma aceitação enorme desde o seu lançamento, muito pelas potencialidades criadas pela sua capacidade para gerar hologramas. Existem atualmente muitas aplicações disponíveis para tirar partido de todo o potencial do HoloLens. Muitas destas aplicações estão disponíveis e acessíveis diretamente no HoloLens, através da Microsoft Store. Não sendo propriamente um produto direcionado para o consumidor final (não creio que este produto venha a estar disponível nas prateleiras das grandes cadeias de retalho), muitas têm sido as empresas e outras organizações que decidiram investir nesta plataforma para criar soluções de software únicas, com aplicabilidade e utilidade real em várias áreas.

 

A XD foi uma das empresas que decidiu apostar no Microsoft HoloLens, criando o VR-POS, um produto disruptivo e inovador. O desenvolvimento efetuado pela equipa de R&D, iniciado no final de 2017, recorreu à framework Unity e ao poder da linguagem C#.

 

IMG_4214

Leia o resto deste artigo »





Comunicado Importante – SAFT 1.04 em 2018

22 12 2017

Fonte: Zone Soft

 

A partir de 1 de janeiro de 2018, só os ficheiros que respeitam a nova estrutura de dados, ou seja, a versão 1.04 serão aceites, aquando da sua submissão, no Portal das Finanças.

Reforçamos também o facto de que, para todas as faturas emitidas a partir de 1 de julho de 2017, o ficheiro normalizado estruturado com base no ficheiro SAF-T (PT) deve observar o formato constante do anexo à Portaria n.º302/2016, de 02-12, correspondente à versão 1.04_01.

Leia o resto deste artigo »





11 dúvidas de quem muda de Software de Faturação

5 12 2017

Fonte: www.vendus.pt

 

11 dúvidas de quem muda de Software de Faturação

 

Autoridade Tributária

Posso mudar de programa de faturação a qualquer altura?
Sim. Não necessita aguardar pelo final do mês ou do ano fiscal para o fazer.

O que devo ter em atenção obrigatoriamente quando mudar de software?
Verifique se:

    • O programa de faturação é certificado pela AT (consulte a lista);
    • Dispõe das funcionalidades que necessita (ex: gestão de stocks, conta corrente de clientes, entre outros);
    • Se adapta ao seu equipamento.

    Muitos softwares permitem que experimente de forma gratuita por um período de tempo. Peça uma demonstração ou crie uma conta e experimente emitindo, se possível, faturas teste (sem validade fiscal).

     

     

     

    SAF-T

    Posso ter mais do que um software de faturação?
    Sim. Pode emitir documento a partir de mais do que um software, com o mesmo NIF. No entanto, confirme que ambos são certificados e as séries de faturação são diferentes.

     

    Como se processa o envio do SAF-T junto das Finanças, nesse caso?
    Poderá continuar a comunicar as faturas no E-fatura do mesmo modo. Submeta um SAF-T de cada vez. A AT permite que submeta vários SAF-T.

     

     

     

    Séries de Faturação e Documentos

    Ao mudar de software, a série deve começar no 1 ou continuar a partir do último documento emitido no software anterior?
    Deverá sempre começar a partir do número 1, certificando-se de que as séries são diferentes. Deverá verificar se o número após a identificação do documento é diferente da série que tem agora. No Vendus, por exemplo, para uma fatura emitida com o número FT 01P2017/1, o código da série é 01P2017 (deverá ser diferente entre softwares). Alguns softwares permitem que crie as suas séries. Outros criam automaticamente. Neste último caso, se verificar que o número de série é igual, peça à equipa técnica para alterar.

     

    Posso ter mais do que uma série de faturação?
    Sim. O número das séries pode diferir por localização e software de faturação. Isto significa que poderá acontecer em 2 casos:

    • Ter mais do que um software de faturação;
    • Ter mais do que uma loja.

     

    Preciso retificar uma fatura emitida do software anterior. Como faço?
    Poderá emitir uma Nota de Crédito no novo software, indicando nas Observações a que fatura se refere. Poderá também emitir uma fatura manual.

    Leia o resto deste artigo »








    %d bloggers like this: