Primavera Express–Nova atualizaçao importante

4 11 2017

Foi disponibilizada ontem uma nova versão do Primavera Express (07.6000.1287) que traz consigo o novo certificado emitido pela AT (o certificado atual é válido até dia 18-11-2017). O certificado em questão é apenas utilizado em clientes que comuniquem documentos de venda e/ou transporte diretamente à AT, em tempo real, via web service. A comunicação de dados via ficheiro SAFT não sofre qualquer impacto derivado da expiração do certificado que atualmente está em vigor.

 

Para a esmagadora maioria dos utilizadores do Primavera Express a nova versão criará certamente mais impacto no facto de, a partir de agora, e dando resposta à Portaria 302/2016 de 2 de dezembro de 2016, passarem a estar sujeitos às regras da certificação de software novos tipos de documentos como Orçamento, Fatura Pró-Forma, Cotação e outros documentos que possam ser equivalentes. Após a instalação da última versão, deixará de poder alterar determinados dados de documentos já gravados (preços, descontos, quantidades, etc.), tal como já acontecia anteriormente com os documentos financeiros.

 

No Primavera Express, em Tabelas > Vendas > Documentos, poderá consultar em cada documento qual o seu tipo. São afetados por esta alteração documentos com o campo “Tipo Doc.” definido como “Pedido Cotação” e “Cotação”.

Capture

 

 

Comunicado da Primavera enviado dia 03-11-2017

Fonte: PrimaveraBSS

 

Atualize o PRIMAVERA EXPRESS até 18/11/2017!

Caro(a) Cliente,

A PRIMAVERA informa que deverá atualizar a versão do PRIMAVERA EXPRESS por duas razões:

1) Para proceder à atualização do Certificado emitido pela Autoridade Tributária até 18/11/2017, data a partir da qual expira o certificado atualmente em vigor. Caso esta data de validade seja ultrapassada, o PRIMAVERA Express não será capaz de efetuar a comunicação online de faturas nem a emissão de documentos de transporte.

2) Para dar resposta à Portaria 302/2016 de 2 de dezembro de 2016, que prevê um novo formato de assinatura e comunicação de documentos do tipo Working Documents (Pedido de Cotação e Cotação).

No ponto 2, informamos que estas alterações têm implicações apenas nesses tipos de documentos, onde os mesmos passam a ser sempre assinados e cumprem com os pressupostos definidos pela Autoridade Tributária (AT) no que respeita à assinatura de documentos, tal como já acontece com os documentos Financeiros.

Como na mesma série não podem coexistir documentos assinados e documentos não assinados, irá implicar a criação de novas séries para estes tipos de documentos. Pode consultar o artigo de ajuda para criação de séries aqui.

Poderá efetuar a atualização do seu software, seguindo a mensagem que será disponibilizada diretamente no produto, tal como ilustrado abaixo.

 

Leia o resto deste artigo »

Anúncios




Primavera Express–Nova versão

5 07 2017

Foi disponibilizada recentemente a versão 07.6000.1261 do Primavera Express que dá resposta à nova versão do ficheiro SAFT (1.04). A partir desta versão a contabilização do limite de faturação é alterada. Agora, o valor limite de 30 000 Euros passa a ser efetuado de forma acumulada e não por cada ano (este novo método de cálculo é efetuado a partir de documentos gravados com data igual ou superior a 1 de julho de 2017).

 

image

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express-Votação

16 06 2016

Neste artigo é pretendido conhecer quais as funcionalidades que os utilizadores gostariam de ver incluídas no Primavera Express, assim como quais as limitações atuais que deveriam  ser alteradas ou mesmo deixar de existir.

.

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express–12 aulas em vídeo

7 12 2015

 

Autor: Edgar Costa

Canal no YouTube: www.youtube.com/user/edgarcostanet/featured

Site: www.edgarcosta.net

 

 

Aula 1 – Primavera Express – Configuração da Empresa

 

 

Aula 2 – Primavera Express – Produtos e Famílias de Produtos

 

 

Aula 3 – Primavera Express – Gestão de Produtos

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express–Reparação da instalação

17 08 2015

Em determinadas circunstâncias poderá ser necessário proceder à reparação da instalação do Primavera Express, como forma de resolver problemas de instabilidade da aplicação. Estes problemas podem verificar-se com o decorrer do tempo e normalmente são mais frequentes em sistemas em que o utilizador instala/desinstala aplicações com uma frequência maior que o habitual.

 

Uma vez que alguns componentes utilizados pelo Primavera (principalmente os que são de outros fabricantes) podem ser também utilizados por outras aplicações, pode acontecer que ao remover uma aplicação, seja removido um componente utilizado pelo Primavera. De forma inversa, na instalação de aplicações “não Primavera” podem ser substituídos ficheiros utilizados pelo Primavera, por outros ficheiros com versões diferentes das versões esperadas pelo Primavera.

 

Mais recentemente tem acontecido que  os antivírus erradamente identificarem e colocam em quarentena ficheiros utilizados pelo Primavera, provocando comportamentos anormais e erros na aplicação.

 

 

A reparação da aplicação permite:

– Reconstruir as entradas do Primavera no Registo do Windows.

– Disponibilizar os componentes (com as versões corretas/esperadas pelo Primavera) que estejam em falta, corrompidos, ou que não se encontrem registados (por exemplo DLLs) no Windows.

– Repor outros ficheiros essenciais ao bom funcionamento do Primavera Express.

 

 

Antes de iniciar a reparação deverá efetuar uma cópia de segurança da pasta do Primavera (normalmente localizada em C:\Program Files (x86)\PRIMAVERA\SGX750) e também uma cópia da(s) Base(s) de Dados.

A reparação do Primavera Express poderá ser efetuada através da opção  “Adicionar ou remover programas” disponível no Painel de controlo do Windows.

image

 

 

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express-Consultar margem de lucro

12 08 2015

 

Pressupostos:

  • Todas as compras e entradas de stock de artigos devem ser registadas através de um documento de Entrada de Stock.
  • Para apurar a margem devem apenas ser selecionados os artigos onde é pretendido efetuar essa análise, isto é, artigos que têm preços de custo definidos (tirando as devidas exceções em que o custo é 0), caso contrário o valor das margens poderá influenciar o utilizador em erro, no caso de existirem artigos em que o custo real não foi definido.
  • Todas as entradas de artigos em stock devem ser valorizadas (a preço de custo).
  • Como forma de aproximar os custos da mercadoria dos custos reais, os custos e descontos indiretos como descontos financeiros, despesas de transporte, encargos com compras, taxas alfandegárias, custos de armazenamento, etc., o utilizador pode equacionar refletir esses custos indiretos no custo do artigo. Exemplo: fatura de compra de 2 artigos diferentes (1 unidade de cada artigo, com peso e dimensão semelhantes), com custo de 10 EUR cada, e custo adicional com o transporte de 5 EUR. O custo a registar no Primavera, considerando o transporte seria de 12.50 EUR para cada artigo (5 EUR de custos de transporte a dividir por 2 artigos). Logicamente que ao optar por refletir custos indiretos no custo do artigo, deixará de ser possível apurar o custo liquido do artigo.
  • Deve ser efetuado um Recálculo de Stocks com alguma frequência, principalmente quando o utilizador suspeita que determinado custo ou stock está errado. O objetivo é garantir que os valores de custo e stocks estão corretos: Inventário > Utilitários > Recálculo de stocks. Active a opção “Actualizar P.C.M. nos documentos de venda” e “Recalcular todos os movimentos de Stock”. Carregue em Processar para finalizar. Artigo relacionado.

 

 

 

 

Configurações:

Para melhor controlo de margens, deverá ativar a opção “Aviso de preço de venda inferior ao P.C.M., no Administrador > selecionar a empresa > Parâmetros da Empresa > Vendas > Editor.

image

image

 

 

No documento ES (Tabelas > Inventário > Documentos) alterar a sugestão do preço unitário para PCU. Desta forma, ao dar entrada de stock de um artigo, a aplicação vai sugerir sempre o último preço de custo do artigo.

image

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express – Contribuição sobre sacos plásticos leves (Lei n.º 82-D/2014)

10 02 2015

Foi hoje disponibilizada pela Primavera uma nova versão do Express que dá resposta à obrigatoriedade de contribuição sobre sacos plásticos leves (D. L. n.º 82-D/2014).

 

 

A versão mínima da aplicação que dá resposta a esta normativa é 07.6000.1207.

 

Configurações no Administrador (Administrador > Selecionar Empresa >  Logística e Tesouraria > Parâmetros da Empresa)

image

 

 

 

Configurações no artigo

image

 

 

 

Editor de Vendas

image

 

 

Leia o resto deste artigo »








%d bloggers like this: