SAFT-Nova alteração à data limite para envio do ficheiro pela Portaria anterior n.º 1192/2009

22 09 2013

A possibilidade de enviar o ficheiro SAFT, na versão anterior (Portaria nº 1192/2009) à actual (Portaria nº 160/2013),  até agora, estava limitada até ao próximo dia 30 de Setembro de 2013, no entanto, neste momento, a AT retirou a referencia a esse limite temporal e o texto que é mostrado na aplicação de validação e envio do ficheiro SAFT é o seguinte:

 

“ATENÇÃO: A partir de 1 de julho o formato de SAFT a enviar deve ser o aprovado pela Portaria n.º 160/2013. O antigo formato (Portaria n.º 1192/2009) continua a ser aceite. Deve indicar a sua opção no campo Formato do Ficheiro.”

 

 

image

Leia o resto deste artigo »





CentralGest disponibiliza novas funcionalidades no Analisador SAF-T PT

20 03 2013

 

Já abordado anteriormente neste artigo, o Analisador SAF-T PT da CentralGest é uma excelente ferramenta de auditoria que permite analisar o ficheiro SAFT. A única limitação da versão gratuita é o facto de limitar em 25000 o numero de registos. Em alternativa, embora com menos funcionalidades, está disponível o Visualizador SAFT-PT desenvolvido pela equipa do Projecto Colibri, com a vantagem de para além de ser gratuito, não ter nenhum limite de registos.

Novas funcionalidades do Analisador SAF-T PT

  • Disponibilidade de novos campos de informação na Análise de Cubo: IVA,
  • Valor Tributável e Imposto das linhas de documentos;
  • Possibilidade de Exportar e Imprimir a Análise de Cubo,
    respeitando a configuração;
  • Disponibilidade de novos Filtros de Grelhas, Cubos e Gráficos;
  • Possibilidade de visualização da Coluna de Saldo;
  • Possibilidade de visualização e impressão do Resumo de IVA;
  • Validação de Total Liquido e Valor de Impostos (com Margem de Erro)
    por Documento;
  • Validação de Totais de Nº de Documentos, Valor a Débito / Crédito.

 

Se já tem o Analisador SAF-T PT instalado, este deverá procurar actualizações no arranque da aplicação. Está também disponível na barra principal a funcionalidade LiveUpdate que permite, a pedido, verificar actualizações e mostrar mais detalhes sobre as mesmas.

Leia o resto deste artigo »





AT actualiza validador de ficheiros SAFT

9 03 2013

 

A AT actualizou a aplicação online de validação do SAFT, disponível neste endereço . Agora, permite a validação de documentos do tipo FS-Factura Simplificada, e está preparada para gerar um comprovativo em PDF.

 

image

 

Leia o resto deste artigo »





PRIMAVERA Express 7.5001.1165-Melhorias no assistente de exportação do SAFT

18 02 2013

A versão 7.5001.1165 disponível a partir de hoje traz consigo melhoramentos no assistente de exportação do SAFT.

 

Agora, está disponível uma opção que permite validar o ficheiro, mostrado os erros e avisos que visam ajudar o utilizador. Para alguns erros, poderá ser sugerida uma forma automatizada de os ultrapassar, ficando ao critério do utilizador executar ou não a correção proposta para cada erro.

 

A opção para validar, deverá ser executada antes de exportar o ficheiro. No entanto, se optar por Exportar, sem previamente validar, e se existirem erros, será perguntado ao utilizador se deseja visualizar os detalhes.

image

Neste exemplo, num dos erros mostrados, é sugerida a alteração da conservatória da empresa, uma vez que contem espaços. Ao carregar em Corrigir a própria aplicação encarrega-se desta alteração.

Leia o resto deste artigo »





Codificação de países ISO 3166 1 alpha 2

12 02 2013

No contexto da obrigatoriedade do envio do ficheiro SAFT para a AT, o seguinte erro poderá ocorrer ao validar o ficheiro:

 

Na linha X:cvc-pattern-valid: Value ‘XX’ is not facet-valid with respect to pattern ‘AF|AX|AL|DZ|AS|AD|AO|AI|AQ|AG|AR|AM|AW|AU|AT|AZ|BS|BH|BD|BB|BY|BE|BZ|BJ|BM|BT|

BO|BA|BW|BV|BR|IO|BN|BG|BF|BI|KH|CM|CA|CV|KY|CF|TD|CL|CN|CX|CC|CO|KM|CG|CD|

CK|CR|CI|HR|CU|CY|CZ|DK|DJ|DM|DO|EC|EG|SV|GQ|ER|EE|ET|FK|FO|FJ|FI|FR|GF|PF|TF|GA|

GM|GE|DE|GH|GI|GR|GL|GD|GP|GU|GT|GG|GN|GW|GY|HT|HM|VA|HN|HK|HU|IS|IN|ID|IR|

IQ|IE|IM|IL|IT|JM|JP|JE|JO|KZ|KE|KI|KP|KR|KW|KG|LA|LV|LB|LS|LR|LY|LI|LT|LU|MO|MK|MG|

MW|MY|MV|ML|MT|MH|MQ|MR|MU|YT|MX|FM|MD|MC|MN|ME|MS|MA|MZ|MM|NA|NR|NP|

NL|AN|NC|NZ|NI|NE|NG|NU|NF|MP|NO|OM|PK|PW|PS|PA|PG|PY|PE|PH|PN|PL|PT|PR|QA|

RE|RO|RU|RW|BL|SH|KN|LC|MF|PM|VC|WS|SM|ST|SA|SN|RS|SC|SL|SG|SK|SI|SB|SO|ZA|GS|

ES|LK|SD|SR|SJ|SZ|SE|CH|SY|TW|TJ|TZ|TH|TL|TG|TK|TO|TT|TN|TR|TM|TC|TV|UG|UA|AE|

GB|US|UM|UY|UZ|VU|VE|VN|VG|VI|WF|EH|YE|ZM|ZW|Desconhecido|’ for type ‘#AnonType_Country’.
Na linha X:cvc-type.3.1.3: The value ‘XX’ of element ‘Country’ is not valid.

 

 

Este erro indica que um ou mais clientes têm associado um país que não está de acordo com a norma norma ISO 3166 1 alpha 2, sendo por isso necessária a intervenção do utilizador para corrigir esta configuração.

 

ISO 3166 1 alpha 2

AF    AFGHANISTAN
AX    ÅLAND ISLANDS
AL    ALBANIA
DZ    ALGERIA
AS    AMERICAN SAMOA
AD    ANDORRA
AO    ANGOLA
AI    ANGUILLA
AQ    ANTARCTICA
AG    ANTIGUA AND BARBUDA
AR    ARGENTINA
AM    ARMENIA
AW    ARUBA
AU    AUSTRALIA
AT    AUSTRIA
AZ    AZERBAIJAN
BS    BAHAMAS
BH    BAHRAIN
BD    BANGLADESH
BB    BARBADOS
BY    BELARUS

Leia o resto deste artigo »





SAFT-Erros mais comuns

6 02 2013

Os erros que originam uma não validação, podem ter 2 tipos de origem. Podem resultar de anomalia na aplicação, e aqui o utilizador poderá ficar dependente do produtor de software, e por outro lado, de informações em falta, ou incorretamente introduzidas, por parte do utilizador.

 

Ao tentar validar/enviar o SAFT no site e-fatura poderá receber uma das seguintes mensagens:

image

“O ficheiro seleccionado não está de acordo com o formato exigido.”

 

 

 

image

“Ficheiro SAF-T (PT) inválido”

 

Estas mensagens indicam problemas de estrutura tendo em conta a portaria 1192/2009. 

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express 7.5-Processar, validar e submeter o SAFT

26 01 2013

A proximidade da data limite para o primeiro envio do ficheiro SAFT leva a que seja crescente a preocupação com o envio de dados de facturação para a AT. Este artigo visa exemplificar todo o procedimento desde gerar ficheiro no Primavera Express, validar, até submeter o mesmo no portal da AT.

 

Os dados de facturação  têm que ser comunicados a partir do dia da sua emissão até́ ao dia 25 do mês seguinte. Os documentos podem ser comunicados em períodos mais curtos, isto é, podem ser enviados vários ficheiros ao longo de cada mês.

 

 

Para reduzir a probabilidade de enfrentar problemas neste processo, deverá garantir o seguinte:

  • Tem a última versão do Primavera Express instalada (menu Ajuda > Procurar actualizações).
  • Tem o Java instalado e está actualizado.
  • Está a utilizar um dos navegadores recomendados na página do envio do SAFT. A informação que actualmente está no rodapé especifica o IE 9, Chrome, Firefox 16 e Safari.
  • Conhece os dados de autenticação no Portal das Finanças (utilizador, igual ao numero de contribuinte e a senha, ou em alternativa poderá efectuar autenticação com o cartão do cidadão).

 

 

 

EXPORTAR

Versão do PE utilizada neste artigo: 07.5001.1144

Nos utilitários do módulo de Vendas, escolha a opção SAF-T (PT) – Exportações. Este assistente permite gerar o ficheiro SAFT simplificado, para cada mês.

Aqui pode visualizar os documentos que vão ser exportados para o ficheiro. Depois de seleccionar as datas pretendidas, carregue em Actualizar. São mostrados todos os documentos a exportar para o SAFT. Carregue posteriormente em Processar, para que seja mostrada a janela de exportação.

image

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express 7.5-Nova actualização 07.5001.1134

27 12 2012

A versão 07.5001.1134 disponibilizada hoje, vem dar resposta às alterações fiscais que entram em vigor em 2013.

 

Para descarregar a actualização deverá carregar na opção “Procurar actualizações” no menu Ajuda. Aguarde até que seja mostrada uma janela a informar que uma versão mais recente foi encontrada e descarregue-a para o computador.

Deverá efectuar uma cópia de segurança das bases de dados e dos mapas, antes de avançar para o processo de actualização (ler nota no fim do artigo).

Se ainda não tem instalado o Primavera Express poderá descarregar aqui.

 

Depois de actualizar, a primeira vez que executar o Primavera ou o Administrador será mostrado o Setup and Go que será responsável por actualizar a base de dados.

image

Leia o resto deste artigo »





Facturação-Alterações Fiscais em 2013

24 12 2012

Este artigo pretende reunir num só local informação diversa, recolhida de vários sites, relativa às alterações que vão ter lugar em 2013, nomeadamente ao nível da certificação de software, SAFT, envio de dados de facturação para a AT, entre outros.

 

Em actualização…

ff

 

 

 

 

 

 

Fonte: PHC.PT

Comunicação das Guias de Transporte antes do início do transporte:
De acordo com o Decreto-lei nº 198/2012 de 24 de agosto, esta obrigação é imposta a todos os sujeitos passivos que no período de tributação anterior, para efeitos dos impostos sobre o rendimento, tenham um volume de negócios superior a 100.000€.
Esta comunicação pode ser efetuada por uma das seguintes formas:
– Por transmissão eletrónica de dados para a AT, via WebServices ou via SAFT-T-PT;
– Através de serviço telefónico, com indicação dos elementos essenciais do documento emitido, com inserção no Portal das finanças até ao 5º dia útil seguinte (para os casos de processamento em papel ou inoperacionalidade do Sistema informático da comunicação);
– Através de emissão direta no Portal das Finanças.

 

Adoção da nova estrutura do ficheiro SAFT-T-PT:
O Decreto-lei 197/2012 introduziu alterações ao código do IVA, nomeadamente a substituição de talões de venda por Faturas Simplificadas.
Por outro lado, o Decreto-lei 198/2012 passou a definir a forma da comunicação de documentos à AT.
Os referidos diplomas alteram as regras de emissão de documentos e criam novas obrigações, implicando, por isso, a adaptação da estrutura do ficheiro SAFT, bem como a necessidade de exportação de novos dados, regulamentados pela Portaria 382/2012.
A adoção desta nova estrutura de dados abrange:
– O ficheiro SAFT total, a apresentar quando solicitado pela AT;
– O SAFT resumido para comunicação mensal de documentos de faturação;
– O SAFT resumido para comunicação prévia de documentos de transporte.

 

O que é o SAF-T(PT)?
SAF-T(PT) (Standard Audit File for Tax Purposes) é um ficheiro que contém dados contabilísticos fiáveis que se podem exportar de um sistema contabilístico original por um período de tempo específico, e que se lê facilmente em virtude da sua estandardização de layout e formato, que pode ser usado pelos funcionários das autoridades tributárias, com o fim de verificar o cumprimento.

Uma nova estrutura deste ficheiro entra em vigor a partir do dia 1 de Maio de 2013. A estrutura antiga deixa de ser aceite pela AT.   

A Portaria n.º 382/2012, indica o seguinte:

"O ficheiro SAF-T(PT) deve ser gerado em formato normalizado, na linguagem XML, respeitando não só o esquema de validação «SAF-T_PT.xsd» que está disponível no endereço http://www.portaldasfinancas.gov.pt, como também o conteúdo especificado na presente portaria."

Assim conclui-se que, todos os clientes que estejam obrigados a:
. Comunicar faturas mensalmente (Decreto-Lei n.º 198);
. Comunicar documentos de transporte antes do início do transporte (Decreto-Lei n.º 198);
. Possuir o ficheiro SAFT (Portaria n.321-A/2007);

São obrigados a fazê-lo com base na nova estrutura do SAF-T(PT), ou seja, na nova estrutura que entra em vigor a partir de 1 de Maio, de acordo com a Portaria n.º 382/2012 de 23 de Novembro.

 

E o que há de novo no SAFT?
Esta nova estrutura possui tabelas novas com toda a informação necessária para que seja possível efetuar a comunicação dos documentos de transporte, assim passam a existir as seguintes tabelas:
4.2 – Documentos de movimentação de mercadorias;
4.3 – Documentos de conferência e de entrega de mercadorias;
Para além disso houve alterações às tabelas já existentes, foram criados novos campos de preenchimento obrigatório em algumas tabelas. Tudo isto implica uma nova versão do ficheiro SAFT, um novo XML, um novo XSD, a validar com o que se encontra disponível no Portal das Finanças.

 

 

Saiba Se Está Legal A Partir De 1 De Maio De 2013

 

 

 

 

 

Fonte: MOLONI

Os 5 novos documentos de transporte afetam empresas que, no ano anterior, tenham faturado mais de 100 mil euros e, obriga a que todos os documentos de transporte tenham de ser comunicados previamente à Autoridade Tributária por via electrónica (WebServices) ou telefónica.

Os documentos são:

GT – Guias de transporte – Deve acompanhar o transportador, já que é o documento que permite fazer prova da legitimidade que tem para transportar os bens em causa;
GR – Guias de remessa – É o documento de entrega dos bens a fornecer;
GA – Guia de movimentação de ativos próprios – Documento a ser usado quando não haja transação comercial envolvida;
GC – Guia de consignação – Deve acompanhar a mercadoria transportada, mas ainda não vendida.
GD – Guia ou nota de devolução efetuada pelo cliente – Substitui a GR quando houver lugar a devolução de mercadorias previamente transacionadas entre os mesmos agentes comerciais.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: OTOC

image

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: PHC.PT

 

Leia o resto deste artigo »





Projecto Colibri-Visualizador SAFT-PT v2

19 12 2012

 

A equipa do Projecto Colibri disponibilizou uma actualização do Visualizador SAFT que agora se encontra na versão 2.0 e está de acordo com a versão actual do SAFT 1.01. Esta aplicação é compatível com Windows, MAC e Linux, e é gratuita.

 

Embora algo limitado em termos de funcionalidades, quando comparado com o Analisador SAFT da CentralGest, o Visualizador SAFT da Colibri tem a vantagem de não ter nenhum limite de registos e de ser multiplataforma.

 

 

Ecrã inicial

image

 

 

Leia o resto deste artigo »





Analisador SAFT–Analise e valide os dados do seu ficheiro SAFT

13 12 2012

 

Carregue na imagem para aceder à página do Facebook onde poderá descarregar o Analisador SAFT da CentralGest.

 

image

A edição gratuita está limitada a 25 000 registos.

 

 

Analisador SAFT da CentralGest

 

Leia o resto deste artigo »





Como definir um cliente como Consumidor Final

7 09 2012

O SAFT e a certificação de software têm vindo a definir um conjunto de regras e linhas de orientação pelas quais as aplicações informáticas de facturação têm de se guiar.

 

Uma das questões que actualmente podem ser levantadas é como configurar uma aplicação, para utilizar um cliente genérico, isto é, não identificado. Pelas mais variadas razões, em muitos sectores e áreas de negócio, não existe interesse  nem necessidade em criar um cliente no sistema, com os seus dados “reais”, para cada transação. Por exemplo, na área da restauração, retalho e similares, ou quando o documento a emitir é uma VD, em que não é necessário controlar uma conta corrente, quando os valores transaccionados são baixos, quando é um cliente esporádico, etc.

 

Algumas aplicações no mercado (certificadas, e não certificadas pela AT), têm o comportamento de não permitem, em determinadas circunstâncias, gravar um documento para clientes, sem que o número de identificação fiscal (NIF) seja definido. Desta forma o utilizador vê-se obrigado a preencher esse campo com algo, muitas das vezes ao acaso, já que poderá não ser feita uma validação aos dados que são introduzidos pelo utilizador.

 

image

Leia o resto deste artigo »





Validar o ficheiro SAF-T PT

1 09 2012

 

O SAF-T, amplamente conhecido e documentado, inclusive neste blog (ver este, este e este artigo), tem como objectivo inicial permitir a exportação de dados, num formato normalizado, independentemente da aplicação de facturação utilizada. Para além de permitir e facilitar a obtenção de informação por parte dos serviços de inspecção das autoridades competentes, num processo de auditoria, poderá em breve ter uma nova função pois, será através deste que funcionará uma das alternativas para comunicar à Administração Fiscal os dados relativos à facturação. Segundo a legislação que entrará em vigor no dia 1 de Janeiro de 2003, será disponibilizada uma aplicação que terá como função extrair os dados relevantes do ficheiro SAF-T e proceder ao envio para as finanças (veja este artigo para mais detalhes).

 

 

Para garantir que o ficheiro exportado pelo seu sistema está conforme a estrutura definida pela legislação em vigor, existem validadores que se encarregam de analisar o ficheiro e efectuar essa confirmação. Alguns fabricantes de software têm validadores próprios, incorporados dentro das aplicações, ou externos. Uma busca no Google revela que existem também validadores criados por independentes, que funcionam directamente online, no navegador web, ou através de aplicações que são instaladas no computador. É importante referir que nunca deverá submeter o seu ficheiro SAF-T a uma aplicação, ou site, no qual não confie, pois existe sempre a possibilidade de alguém se poder vir a apoderar dos seus dados.

 

Para gerar o ficheiro SAF-T na sua aplicação de facturação, ou ERP, deverá consultar a documentação do produto, ou contactar o respectivo fabricante. Se utiliza o Primavera Express, este artigo exemplifica como proceder.

 

A AT (Autoridade Tributária) disponibiliza no seu portal, na página dedicada ao SAF-T, uma aplicação que poderá ser descarregada, e que após a instalação (apenas disponível para Windows) permite efectuar a validação de qualquer ficheiro SAF-T. Sendo este o validador “oficial” é aconselhável que opte pela sua utilização em detrimento dos restantes.

image

Actualmente, e de acordo com a portaria 1192/2009, a versão da estrutura é: 1.01_01.

Leia o resto deste artigo »





Como Actualizar o Primavera Express – Nova Versão 06.4001.1073 (SAFT 1.01)

29 01 2010

 

Tal como divulgado anteriormente pela Primavera, a versão Express sofreu uma actualização para dar resposta às novas imposições legais relativas ao SAFT-PT.

 

image

 

A nova versão (06.4001.1073) foi lançada hoje, dia 29 de Janeiro de 2010. O download poderá ser feito no site da Primavera utilizando os mesmos dados que utilizou para download da versão anterior, ou registando-se novamente.

 

Como em qualquer outra actualização de software, a actualização do Primavera não implica a perda de dados existentes, no entanto as boas práticas mandam que alguns cuidados sejam tidos em conta para evitar possíveis problemas, nomeadamente fazer cópias de segurança das bases de dados e de mapas, no caso de ter alterado ou criado algum novo.

 

Leia o resto deste artigo »





Nova Versão do Primavera Express a 29 de Janeiro

20 01 2010

 

Fonte: PrimaveraBSS

 

A PRIMAVERA, antecipando as necessidades dos seus Utilizadores, disponibilizará em breve, em todas as suas aplicações, as actualizações à ferramenta que permite gerar o ficheiro SAF-T-PT em total conformidade com as novas exigências legais, que entram em vigor em 2010.

 

Desde Janeiro de 2008 que todos os sujeitos passivos de IRC que exerçam, a título principal, uma actividade de natureza comercial, industrial ou agrícola e que organizem a sua contabilidade com recurso a meios informáticos, ficaram obrigados a produzir o ficheiro SAF-T-PT (Standard Audit File for Tax Purposes) e a disponibilizá-lo, sempre que solicitado, aos serviços de inspecção tributária.
A publicação da Portaria nº 1192/2009 de 8/10 veio, agora, introduzir diversas alterações à estrutura de dados do ficheiro SAF-T (PT).
De entre as principais alterações introduzidas ao ficheiro SAF-T (PT),
destacam-se:

 

Leia o resto deste artigo »





Primavera Express – SAFT 1.01 em Janeiro

30 12 2009

 

Novo ficheiro SAF-T (PT)

A PRIMAVERA vai disponibilizar, até ao final do mês de Janeiro, uma versão do EXPRESS que dá resposta às novas exigências do SAF-T (PT), que entram em vigor em 2010.

 

Fonte: Primavera Express

http://www.primaverabss.com/pt/PortalRender.aspx?PageID=906727d5-b773-491d-b5e6-5d089089d110








%d bloggers like this: