Redes Wireless – 5 Formas de Aumentar a Protecção

20 02 2009

Untitled

Redes Wireless, também conhecidas pelo acrónimo WLAN, são cada vez mais uma opção para interligação de dispositivos em rede. Com o aumento da velocidade e  estabilidade desta tecnologia, e com a descida de preços e custos de implementação, faz com que  as redes Ethernet sejam substituídas por redes WiFi, quer a nível domestico quer a nível empresarial.

As vantagens são imensas. Desde o aumento da produtividade e comodidade, resultado de um aumento da mobilidade, redução de custos dado que não são mais necessários cabos, flexibilidade porque permite levar a rede, onde não seria possível colocar cabos, e por último, mas não menos importante a interoperabilidade, que, permite a interligação de dispositivos de diferentes marcas e modelos desde que obedeçam as padrões impostos pela Wi-Fi Alliance.

Actualmente a norma mais recente mas pouco utilizada ainda é a 802.11n que permite teoricamente velocidades até 600 Mbit/s e uma cobertura de rede até 300 metros em campo aberto. A normal anterior e a mais comum é a norma g que permite velocidades máximas de 54Mbit/s e até 100 metros m linha de visão.

Uma das características deste tipo de redes, é o facto de serem bastante configuráveis do ponto de vista da segurança. O que acontece actualmente é que muitas pessoas, ou por desconhecimento técnico, ou por não terem a noção exacta da situação, não fazem qualquer alteração aos parâmetros de fábrica dos seus Routers e Access Points, deixando assim “uma porta aberta” à visita de estranhos na nossa rede, principalmente se esta estiver localizada em zonas Leia o resto deste artigo »








%d bloggers like this: