XD STARTUP-Review

6 10 2016

 

imageA XD é uma empresa portuguesa, sediada no Porto, com filiais em Espanha e no Brasil, marcando presença no mercado dos PALOP. Desenvolve software de gestão e está focada nos sectores do retalho, restauração e similares, apostando igualmente em outras áreas de negócio (stands, oficinas, empresas de informática e reparações).

Procurando constantemente a inovação, algumas aplicações estão disponíveis para vários sistemas operativos, como Windows, Linux e OS X, Android e iOS.

Ao nível da tecnologia de bases de dados as soluções da XD estão preparadas para utilizar Sqlite, MySQL e MariaDB.

 

Uma das soluções disponibilizadas pela XD é o XD STARTUP, versão gratuita para empresários com faturação trimestral até 7.500€  e máximo de 30.000€ / ano.

Trata-se de uma aplicação monoposto, mono-utilizador e funciona exclusivamente com base de dados local.

Ao nível das funcionalidades não inclui Avenças, Configurador de Documentos, Comissões e Séries de Documentos. Em contrapartida, e em comparação com outras aplicações gratuitas, gere Fornecedores e Compras.

Faça o download do software aqui. Poderá também solicitar a licença, através de preenchimento do formulário. A licença é necessária para a utilização da aplicação em modo “real”. Após o download, a instalação da aplicação é muito simples, até porque instala de forma integrada o motor da base de dados. No assistente de instalação, para utilizadores menos experientes, todas as opções apresentadas não devem ser alteradas.

 

 

 

Passo 1

Após a instalação escolher o idioma da aplicação.

image

 

 

Passo 2

Escolher o template da empresa.

image

 

 

Passo 3

Partindo do principio que não existiram alterações às opções presentes no assistente de instalação, é efetuada a conexão com o servidor de base de dados.

image

 

 

Passo 4

Escolher um utilizador e alterar a password.

image

 

 

Passo 5

Deve permitir o acesso caso surja uma mensagem da Firewall do Windows.

image

 

 

Passo 6

Poderá surgir uma outra mensagem relacionada com o facto de o Active Protection não estar ativo, uma vez que a aplicação ainda não está licenciada. Basta fechar este aviso no canto superior direito.

image

Assim que a licença for importada, o serviço XD ACTIVE PROTECION ficará ativo por um ano, o que permitirá atualizar a aplicação, quer para receber novas funcionalidades “funcionais” e fiscais, assim como atualizações que incorporam resolução de anomalias e melhorias.

 

Por fim, tem agora acesso ao ambiente de trabalho da aplicação, que de resto é muito agradável e intuitivo.

image

  

 

Passo 7

Recebendo a licença por email, basta indicar o caminho da mesma no ecrã inicial de login.

image

 

 

Passo 8

No primeiro acesso após o licenciamento deverá surgir uma mensagem relacionada com o facto de o limite de faturação ter sido excedido na empresa de demonstração. Se pretende utilizar a aplicação em “modo real”, deverá criar uma nova base de dados (instruções em baixo).

image

 

 

Passo 9

Se o objetivo é testar a aplicação a 100% (com a possibilidade de registar novos documentos de venda), sem ter que criar uma nova base de dados, poderá eliminar os movimentos mantendo intactas as tabelas e configurações.

image

Execute a opção Limpar Movimentos e introduza a senha, que é constituída por xdpartner+data atual, no formato ddmmaaaa (exemplo: “xdpartner27082016”).

 

 

Passo 10

Os dados existentes na aplicação são fictícios e servem para explorar a aplicação sem a necessidade de criar uma nova empresa, para utilização real. No entanto, se o propósito for esse mesmo, criar uma empresa real, será necessário criar uma nova base de dados. Para o efeito, deve fechar a aplicação, aceder à pasta onde a aplicação está instalada e editar, com o Bloco de Notas, o ficheiro xd.ini, que se encontra na pasta cfg. Em DBNAME é necessário colocar o nome da nova base de dados, à escolha do utilizador. É aconselhável colocar um nome curto, sem espaços, acentuação ou caracteres especiais.

image

Existe um segundo método para criar uma nova base de dados, que passa por aceder a Sistema > BD Sistema > alterar o campo Nome BD > Testar > Confirmar.

image

 

 

Passo 11

Após gravar a alteração e iniciar a aplicação, será mostrado um assistente onde é necessário indicar que pretendemos criar uma nova base de dados vazia. Para empresas sediadas nos Açores e na Madeira é necessário alterar o campo que tem PT selecionado, para a opção correspondente.

image

 

 

Passo 12

Seguidamente aparece uma mensagem relacionada com o licenciamento, que deve aceitar carregando no botão continuar.

image

 

 

Passo 13

No canto inferior direito poderá surgir uma mensagem a indicar que existem atualizações. Se anteriormente não licenciou a aplicação, e até isso ser feito, não deve avançar com atualizações, pois poderá ficar impedido de aceder à aplicação até licenciar a mesma.

image

image

 

 

 

 

Algumas imagens da aplicação

Ficha de entidade

image

 

 

Ficha de artigo

image

 

 

Emissão de documento de venda

image

image

image

 

 

Agenda

image

 

 

Campanhas de promoções (em que é possível definir que após a compra de X unidades é aplicado X% de desconto)

image

 

 

Editor de Reporting

SNAGHTML8635b35

 

 

Utilização de um webservice para obter dados de entidades, após preencher o NIF

image

 

 

Dashboards

image

 

 

Business Intelligence

image

 

 

Integração com mapas

image

 

 

 

O site da XD tem muitos recursos que podem ser descarregados sem registo, como instaladores das diversas aplicações, manuais diversos, documentação relacionada, vídeo-tutoriais, etc.

 

A aplicação cumpre com as atuis regras em vigor quer ao nível do SAFT, comunicação de inventário e documentos de transporte à AT, ecotaxas, RAL (Resolução Alternativa de Litígios de Consumo), etc..

 

 

O XD STARTUP conta com algumas funcionalidades avançadas e diferenciadoras que não é comum ver neste tipo de soluções, tais como:

  • Possibilidade de extensibilidade recorrendo a desenvolvimento em código C#, criação de tabelas e campos adicionais.
  • Possibilidade de importação de dados de clientes e artigos através de ficheiro SAFT.
  • Possibilidade de importar dados de aplicações da SAGE.
  • Dashboards personalizáveis.
  • Agenda.
  • Integração com Google Maps.
  • Importação de dados de PDT (terminal de recolha de dados).
  • Emissão de talões de oferta.
  • Possibilidade de assinar documentos com um certificado digital (faturação electrónica).
  • Arquivo digital que permite guardar documentos e ficheiros.
  • Comunicação com um webservice para obter dados de entidades através do seu NIF.
  • IVA de Caixa.
  • Tratamento de bens usados ao nível da formula de apuramento do IVA.
  • CRM.
  • Business Intelligence.
  • Acesso a suporte remoto direto, dentro da aplicação.
  • Atualizações automáticas.
  • Calculadora.

 

 

 

O XD STARTUP é uma aplicação tecnologicamente muito avançada que oferece um conjunto de funcionalidades muito interessantes. É um excelente começo para quem está a criar uma nova empresa e não tem recursos para fazer um investimento inicial. Posteriormente poderá evoluir para a versão UNLIMITED mantendo toda a informação, adquirindo apenas uma nova licença.

Recomenda-se que a aplicação seja executada num sistema com alguma capacidade de processamento e que seja utilizado um ecrã e resolução de dimensões acima da média para uma melhor experiencia de utilização.

 

 

 

Recursos XD

http://xdsoftware.com/xdgc/manuais-videos.php#prettyPhoto

http://xdsoftware.com/xdgc/caracteristicas.php

https://www.facebook.com/XDportugal

www.xd.pt

 

 

Artigos relacionados:

https://invisibleflamelight.wordpress.com/2015/01/10/xd-startup-software-de-faturao-gratuito/

https://invisibleflamelight.wordpress.com/2012/07/15/xdpos-e-xdrestaplicaes-para-ponto-de-venda-multiplataforma/


Ações

Information

8 responses

6 10 2016
Eu sou ninguem

A oferecer software devem ir longe, aliás já ouvi falar de que estão á venda.

6 10 2016
JC

Várias empresas têm versões gratuitas, como por exemplo: Primavera, Inforlider, etc.
A ideia é permitir que as pessoas possam ver como o software funciona em cenários reais, e depois, caso as pessoas gostem do software, esperar que elas comprem as versões com mais funcionalidades.

As demonstrações que algumas empresas fazem não chegam, de forma alguma, para verificar se o software é o mais apropriado para a empresa.
Nós só conseguimos descobrir aquelas pequenas coisas irritantes depois de usar um software durante algumas semanas…

6 10 2016
JC

Olá outra vez…
Posso dar uma sugestão para um artigo?

Eu penso que seria interessante e informativo escrever um artigo sobre os chamados contratos de “manutenção/actualização”.

Eu coloco manutenção/actualização entre aspas porque na realidade as empresas estão a associar funcionalidades a este contratos.
Muitas empresas de software ligam a comunicação de documentos de transporte via Webservice à existência de um contracto de “manutenção/actualização” em vigor.

Esta mistura de conceitos ligada à falta de informação dos clientes gera vários problemas para todos os envolvidos. Muitas os clientes sentem-se enganados, revoltados porque não se aperceberam disto quando compraram o software.

JC

6 10 2016

Não é uma imposição legal o soficarei comunicar via Web services os documentos de transporte, logo é perfeitamente natural cobrar por uma funcionalidade que facilita o trabalho. Outra coisa já seria a aplicação não gerar o SAF-T se não tiver contrato de manutenção …

7 10 2016
XpecialGUEST

Bom dia,
Não creio que este assunto seja motivo para um artigo :)
São práticas comerciais e cada empresa tem as suas. Desde que o cliente tenha conhecimento prévio do que está a comprar e/ou subscrever, dos contratos e respetivos detalhes, tal não deveria constituir um problema.

7 10 2016
JC

Sim, concordo consigo quando diz que são práticas comerciais.
Mas o problema é que demasiadas pessoas desconhecem o que está associado aos contratos.
Eu já foi abordado por vários conhecidos que me perguntavam porque carga d’água o revendedor iria a cobrar um valor anual.

Com base na minha experiência, pagar primeiro e perguntar depois é muito comum no que toca ao software.

Dêem um olhadela às críticas que aparecem nas páginas do Facebook das empresas de software.

Seja como for, era apenas uma sugestão.

JC

7 10 2016
JC

Alguém sabe como é que se edita os comentários.
Detectei dois erros nos meus comentários que me estão a deixar doido :))

7 10 2016
XpecialGUEST

Como assim?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: